Cantares 6



1 Para onde foi o teu amado, ó mais formosa entre as mulheres? Para onde virou a vista o teu amado, e o buscaremos contigo?

1 Para onde foi o teu amado, ó tu, a mais formosa entre as mulheres? para onde se retirou o teu amado, a fim de que o busquemos juntamente contigo?

1 Para onde foi o teu amado, ó mais formosa das mulheres? Dizei-nos aonde foi o teu amado, a fim de que o procuremos contigo?

1 "Where has your beloved gone, O most beautiful among women? Where has your beloved turned, That we may seek him with you?"

2 O meu amado desceu ao seu jardim, aos canteiros de bálsamo, para se alimentar nos jardins e para colher os lírios.

2 O meu amado desceu ao seu jardim, aos canteiros de bálsamo, para apascentar o rebanho nos jardins e para colher os lírios.

2 O meu amado desceu ao seu jardim, aos canteiros perfumados pelas especiarias, para descansar e colher lírios.

2 "My beloved has gone down to his garden, To the beds of balsam, To pasture his flock in the gardens And gather lilies.

3 Eu sou do meu amado, e o meu amado é meu; ele se alimenta entre os lírios.

3 Eu sou do meu amado, e o meu amado é meu; ele apascenta o rebanho entre os lírios.

3 Eu pertenço ao meu amado e o meu amado é meu; ele descansa satisfeito entre os lírios.

3 "I am my beloved's and my beloved is mine, He who pastures his flock among the lilies."

4 Formosa és, amiga minha, como Tirza, aprazível como Jerusalém, formidável como um exército com bandeiras.

4 Formosa és, amada minha, como Tirza, aprazível como Jerusalém, imponente como um exército com bandeiras.

4 És toda linda, minha querida, és tão bela como Tirza, maravilhosa como Jerusalém, admirável como um exército desfilando com suas bandeiras.

4 "You are as beautiful as Tirzah, my darling, As lovely as Jerusalem, As awesome as an army with banners.

5 Desvia de mim os teus olhos, porque eles me perturbam. O teu cabelo é como o rebanho das cabras que pastam em Gileade.

5 Desvia de mim os teus olhos, porque eles me perturbam. O teu cabelo é como o rebanho de cabras que descem pelas colinas de Gileade.

5 Afasta por um pouco os teus olhos dos meus, pois eles me provocam. Tuas tranças negras ao vento são com um jovem rebanho de cabras descendo em fila das boas pastagens de Gileade!

5 "Turn your eyes away from me, For they have confused me; Your hair is like a flock of goats That have descended from Gilead.

6 Os teus dentes são como o rebanho de ovelhas que sobem do lavadouro, e das quais todas produzem gêmeos, e não há estéril entre elas.

6 Os teus dentes são como o rebanho de ovelhas que sobem do lavadouro, e das quais cada uma tem gêmeos, e nenhuma delas é desfilhada.

6 Teus dentes são como um rebanho de ovelhas brancas que sobem do lavadouro. Cada uma tem seu par e não há nenhuma sem crias.

6 "Your teeth are like a flock of ewes Which have come up from their washing, All of which bear twins, And not one among them has lost her young.

7 Como um pedaço de romã, assim são as tuas faces entre as tuas tranças.

7 As tuas faces são como as metades de uma romã, por detrás do teu véu.

7 Tuas faces, por trás do véu suave, são como as metades de uma romã.

7 "Your temples are like a slice of a pomegranate Behind your veil.

8 Sessenta são as rainhas, e oitenta, as concubinas, e as virgens, sem número.

8 Há sessenta rainhas, oitenta concubinas, e virgens sem número.

8 Ainda que sejam sessenta rainhas, oitenta concubinas e um número incontável de donzelas,

8 "There are sixty queens and eighty concubines, And maidens without number;

9 Mas uma é a minha pomba, a minha imaculada, a única de sua mãe e a mais querida daquela que a deu à luz; vendo-a, as filhas lhe chamarão bem-aventurada, as rainhas e as concubinas a louvarão.

9 Mas uma só é a minha pomba, a minha imaculada; ela e a única de sua mãe, a escolhida da que a deu à luz. As filhas viram-na e lhe chamaram bem-aventurada; viram-na as rainhas e as concubinas, e louvaram-na.

9 uma só é minha pomba amada e sem mácula. Ela é a filha favorita de sua mãe, a predileta daquela que a gerou. Quando outras jovens a veem, exclamam o quanto ela é feliz; rainhas e concubinas muito a elogiam.

9 But my dove, my perfect one, is unique: She is her mother's only daughter; She is the pure child of the one who bore her The maidens saw her and called her blessed, The queens and the concubines also, and they praised her, saying,

10 Quem é esta que aparece como a alva do dia, formosa como a lua, brilhante como o sol, formidável como um exército com bandeiras?

10 Quem é esta que aparece como a alva do dia, formosa como a lua, brilhante como o sol, imponente como um exército com bandeiras?

10 Que é essa que desponta nas alturas como a luz do alvorecer, linda como a lua, brilhante como o sol, magnífica como um exército desfilando com suas bandeiras?

10 'Who is this that grows like the dawn, As beautiful as the full moon, As pure as the sun, As awesome as an army with banners?'

11 Desci ao jardim das nogueiras, para ver os novos frutos do vale, a ver se floresciam as vides, se brotavam as romeiras.

11 Desci ao jardim das nogueiras, para ver os renovos do vale, para ver se floresciam as vides e se as romanzeiras estavam em flor.

11 Desci ao bosque das nogueiras para constatar o surgimento das novas plantas no vale, para confirmar se as videiras já haviam brotado e se as romãs estavam em flor.

11 "I went down to the orchard of nut trees To see the blossoms of the valley, To see whether the vine had budded Or the pomegranates had bloomed.

12 Antes de eu o sentir, me pôs a minha alma nos carros do meu povo excelente.

12 Antes de eu o sentir, pôs-me a minha alma nos carros do meu nobre povo.

12 Entretanto, antes mesmo que me apercebesse, meus pensamentos já haviam me colocado entre os carros do meu nobre povo!

12 "Before I was aware, my soul set me Over the chariots of my noble people."

13 Volta, volta, ó sulamita, volta, volta, para que nós te vejamos. Por que olhas para a sulamita como para as fileiras de dois exércitos?

13 Volta, volta, ó Sulamita; volta, volta, para que nós te vejamos. Por que quereis olhar para a Sulamita como para a dança de Maanaim?

13 Volta Sulamita! Volta por favor! Retorna para que possamos contemplar teu esplendor!

13 "Come back, come back, O Shulammite; Come back, come back, that we may gaze at you!" "Why should you gaze at the Shulammite, As at the dance of the two companies?



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org