Isaías 57



1 Perece o justo, e não há quem considere isso em seu coração, e os homens compassivos são recolhidos, sem que alguém considere que o justo é levado antes do mal.

1 Perece o justo, e não há quem se importe com isso; os homens compassivos são arrebatados, e não há ninguém que entenda. Pois o justo é arrebatado da calamidade,

1 Ora, o justo perece e ninguém reflete sobre isso em seu íntimo; homens piedosos são arrebatados, e ninguém compreende que os justos são tirados a fim de serem livrados do mal.

1 The righteous man perishes, and no man takes it to heart; And devout men are taken away, while no one understands For the righteous man is taken away from evil,

2 Entrará em paz; descansarão nas suas camas, os que houverem andado na sua retidão.

2 entra em paz; descansam nas suas camas todos os que andam na retidão.

2 Aqueles que praticam a justiça usufruirão da paz, encontrarão pleno descanso na morte.

2 He enters into peace; They rest in their beds, Each one who walked in his upright way.

3 Mas chegai-vos aqui, vós os filhos da agoureira, descendência adulterina, e de prostituição.

3 Mas chegai-vos aqui, vós os filhos da agoureira, linhagem do adúltero e da prostituta.

3 “Quanto a vós, entretanto, filhos de feiticeiras, chegai-vos aqui; geração adúltera, que te prostituíste!

3 "But come here, you sons of a sorceress, Offspring of an adulterer and a prostitute.

4 De quem fazeis o vosso passatempo? Contra quem escancarais a boca, e deitais para fora a língua? Porventura não sois filhos da transgressão, descendência da falsidade,

4 De quem fazeis escárnio? Contra quem escancarais a boca, e deitais para fora a língua? Porventura não sois vós filhos da transgressão, estirpe da falsidade,

4 De quem zombais? Para quem fazeis cara de indiferença? Para quem mostrais a língua? Porventura não sois apenas uma ninhada de rebeldes? Uma prole de mentirosos?

4 "Against whom do you jest? Against whom do you open wide your mouth And stick out your tongue? Are you not children of rebellion, Offspring of deceit,

5 Que vos inflamais com os deuses debaixo de toda a árvore verde, e sacrificais os filhos nos ribeiros, nas fendas dos penhascos?

5 que vos inflamais junto aos terebintos, debaixo de toda árvore verde, e sacrificais os filhos nos vales, debaixo das fendas dos penhascos?

5 Vós que vos deixais inflamar pela incontinência dos desejos entre os carvalhos e debaixo de toda árvore frondosa; que sacrificais vossos próprios filhos nos vales e debaixo de penhascos e fendas de rochas.

5 Who inflame yourselves among the oaks, Under every luxuriant tree, Who slaughter the children in the ravines, Under the clefts of the crags?

6 Nas pedras lisas dos ribeiros está a tua parte; estas, estas são a tua sorte; sobre elas também derramaste a tua libação, e lhes ofereceste ofertas; contentar-me-ia eu com estas coisas?

6 Por entre as pedras lisas do vale está o teu quinhão; estas, estas são a tua sorte; também a estas derramaste a tua libação e lhes ofereceste uma oblação. Contentar-me-ia com estas coisas?

6 Portanto, vossos ídolos, feitos de pedras lisas dos vales são toda a vossa porção; são essas pedras que te cabem por sorte. Sim, pois fora a estes ídolos que ofereceste tuas libações, que derramaste ofertas de bebidas e apresentaste tuas oblações, ofertas de cereais. Ora, poderei Eu contentar-me com esta atitude?

6 "Among the smooth stones of the ravine Is your portion, they are your lot; Even to them you have poured out a drink offering, You have made a grain offering Shall I relent concerning these things?

7 Sobre o monte alto e levantado pões a tua cama; e lá subiste para oferecer sacrifícios.

7 sobre um monte alto e levantado puseste a tua cama; e lá subiste para oferecer sacrifícios.

7 Sobre um monte alto e soberbo construíste o teu leito; ali subiste para oferecer sacrifícios.

7 "Upon a high and lofty mountain You have made your bed. You also went up there to offer sacrifice.

8 E detrás das portas, e dos umbrais puseste o teu memorial; pois te descobriste a outros que não a mim, e subiste, alargaste a tua cama, e fizeste aliança com alguns deles; amaste a sua cama, onde quer que a viste.

8 Detrás das portas e dos umbrais colocaste o teu memorial; pois te descobriste a outro que não a mim, e subiste, e alargaste a tua cama; e fizeste para ti um pacto com eles; amaste a sua cama, onde quer que a viste.

8 Atrás da porta e as ombreiras puseste o teu memorial. Longe de mim te descobriste, subiste ao teu leito, alargaste-o. Praticaste o teu comércio com aquele cujo leito te seduz, e dos quais contemplaste a nudez.

8 "Behind the door and the doorpost You have set up your sign; Indeed, far removed from Me, you have uncovered yourself, And have gone up and made your bed wide. And you have made an agreement for yourself with them, You have loved their bed, You have looked on their manhood.

9 E foste ao rei com óleo, e multiplicaste os teus perfumes e enviaste os teus embaixadores para longe, e te abateste até ao inferno.

9 E foste ao rei com óleo, e multiplicaste os teus perfumes, e enviaste os teus embaixadores para longe, e te abateste até o Seol.

9 Procuraste Moloque com azeite de oliva e multiplicaste os seus perfumes. Enviaste teus embaixadores a lugares distantes; desceste ao mais profundo da fossa!

9 "You have journeyed to the king with oil And increased your perfumes; You have sent your envoys a great distance And made them go down to Sheol.

10 Na tua comprida viagem te cansaste; porém não disseste: Não há esperança; achaste novo vigor na tua mão; por isso não adoeceste.

10 Na tua comprida viagem te cansaste; contudo não disseste: Não há esperança; achaste com que renovar as tuas forças; por isso não enfraqueceste.

10 De tanto perambular ficaste exausta; todavia, nem por isto reclamaste: ‘Isto é de desanimar!’ Recuperaste o vigor de teus braços e as tuas forças, e assim não esmoreceste.

10 "You were tired out by the length of your road, Yet you did not say, 'It is hopeless.' You found renewed strength, Therefore you did not faint.

11 Mas de quem tiveste receio, ou temor, para que mentisses, e não te lembrasses de mim, nem no teu coração me pusesses? Não é porventura porque eu me calei, e isso há muito tempo, e não me temes?

11 Mas de quem tiveste receio ou medo, para que mentisses, e não te lembrasses de mim, nem te importasses? Não é porventura porque eu me calei, e isso há muito tempo, e não me temes?

11 De quem tiveste receio e até pavor ao ponto de agir com falsidade para comigo, não se lembrar de mim e nem ao menos refletir sobre isso em teu coração? Não será porque há muito tempo ando calado para contigo que perdeste o teu temor para comigo?

11 "Of whom were you worried and fearful When you lied, and did not remember Me Nor give Me a thought? Was I not silent even for a long time So you do not fear Me?

12 Eu publicarei a tua justiça, e as tuas obras, que não te aproveitarão.

12 Eu publicarei essa justiça tua; e quanto às tuas obras, elas não te aproveitarão.

12 Ora, teu conceito de justiça e tuas atitudes tornarei públicas, mas certamente isto nada te aproveitará.

12 "I will declare your righteousness and your deeds, But they will not profit you.

13 Quando clamares, livrem-te os ídolos que ajuntaste; mas o vento a todos levará, e um sopro os arrebatará; mas o que confia em mim possuirá a terra, e herdará o meu santo monte.

13 Quando clamares, livrem-te os ídolos que ajuntaste; mas o vento a todos levará, e um assopro os arrebatará; mas o que confia em mim possuirá a terra, e herdarão o meu santo monte.

13 Quando clamares para que te livrem aqueles que estão junto de ti, que tua coleção de ídolos te salve! Entretanto, o vento os arrebatará a todos, um sopro os levará embora, mas aquele que põe a sua confiança em mim herdará a terra, possuirá o meu santo monte.”

13 "When you cry out, let your collection of idols deliver you But the wind will carry all of them up, And a breath will take them away But he who takes refuge in Me will inherit the land And will possess My holy mountain."

14 E dir-se-á: Aplainai, aplainai a estrada, preparai o caminho; tirai os tropeços do caminho do meu povo.

14 E dir-se-á: Aplanai, aplanai, preparai e caminho, tirai os tropeços do caminho do meu povo.

14 Então o Eterno exclamará: “Aterrai, aterrai, abri um caminho, removei os obstáculos para que o meu povo tenha acesso ao Caminho!”

14 And it will be said, "Build up, build up, prepare the way, Remove every obstacle out of the way of My people."

15 Porque assim diz o Alto e o Sublime, que habita na eternidade, e cujo nome é Santo: Num alto e santo lugar habito; como também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos, e para vivificar o coração dos contritos.

15 Porque assim diz o Alto e o Excelso, que habita na eternidade e cujo nome é santo: Num alto e santo lugar habito, e também com o contrito e humilde de espírito, para vivificar o espírito dos humildes, e para vivificar o coração dos contritos.

15 Porquanto assim afirma o Alto e Sublime, Aquele que vive para sempre, e cujo Nome é Santíssimo: “Habito no lugar mais majestoso e santo do universo; contudo, estou presente com o contrito e humilde de espírito, a fim de proporcionar um novo ânimo ao quebrantado de coração e um novo alento ao coração arrependido!

15 For thus says the high and exalted One Who lives forever, whose name is Holy, "I dwell on a high and holy place, And also with the contrite and lowly of spirit In order to revive the spirit of the lowly And to revive the heart of the contrite.

16 Porque não contenderei para sempre, nem continuamente me indignarei; porque o espírito perante a minha face se desfaleceria, e as almas que eu fiz.

16 Pois eu não contenderei para sempre, nem continuamente ficarei irado; porque de mim procede o espírito, bem como o fôlego da vida que eu criei.

16 Em verdade, não contenderei para sempre, nem estarei perpetuamente encolerizado, pois à minha presença desfaleceria o espírito humano, a alma que eu mesmo criei!

16 "For I will not contend forever, Nor will I always be angry; For the spirit would grow faint before Me, And the breath of those whom I have made.

17 Pela iniquidade da sua avareza me indignei, e o feri; escondi-me, e indignei-me; contudo, rebelde, seguiu o caminho do seu coração.

17 Por causa da iniqüidade da sua avareza me indignei e o feri; escondi-me, e indignei-me; mas, rebelando-se, ele seguiu o caminho do seu coração.

17 Por causa da tua cobiça maligna fiquei indignado e te feri seriamente, fiquei irado e te virei a minha face. No entanto, ele continuou extraviado, perambulando pelos caminhos que escolheu.

17 "Because of the iniquity of his unjust gain I was angry and struck him; I hid My face and was angry, And he went on turning away, in the way of his heart.

18 Eu vejo os seus caminhos, e o sararei, e o guiarei, e lhe tornarei a dar consolação, a saber, aos seus pranteadores.

18 Tenho visto os seus caminhos, mas eu o sararei; também o guiarei, e tornarei a dar-lhe consolação, a ele e aos que o pranteiam.

18 Eu observei os caminhos, mas hei de curá-lo; Eu o guiarei e tornarei a dar-lhe consolo.

18 "I have seen his ways, but I will heal him; I will lead him and restore comfort to him and to his mourners,

19 Eu crio os frutos dos lábios: paz, paz, para o que está longe; e para o que está perto, diz o SENHOR, e eu o sararei.

19 Eu crio o fruto dos lábios; paz, paz, para o que está longe, e para o que está perto diz o Senhor; e eu o sararei.

19 Farei brotar o louvor dos seus lábios dos pranteadores de Israel: Paz! Paz ao que está longe e ao que está perto!” Declara, Yahweh: “Quanto a ele, eu mesmo o curarei!”

19 Creating the praise of the lips Peace, peace to him who is far and to him who is near," Says the LORD, "and I will heal him."

20 Mas os ímpios são como o mar bravo, porque não se pode aquietar, e as suas águas lançam de si lama e lodo.

20 Mas os ímpios são como o mar agitado; pois não pode estar quieto, e as suas águas lançam de si lama e lodo.

20 Porém os ímpios são como o mar agitado, incapaz de sossegar, e cujas águas expelem lama e lodo para todo lado!

20 But the wicked are like the tossing sea, For it cannot be quiet, And its waters toss up refuse and mud.

21 Não há paz para os ímpios, diz o meu Deus.

21 Não há paz para os ímpios, diz o meu Deus.

21 “Para os ímpios não há paz!” Palavra do meu Deus.

21 "There is no peace," says my God, "for the wicked."



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org