Jó 21



1 Respondeu, porém, Jó e disse:

1 Então Jó respondeu:

1 Então Jó tomou a palavra e rogou:

1 Then Job answered,

2 Ouvi atentamente as minhas razões; e isto vos sirva de consolação.

2 Ouvi atentamente as minhas palavras; seja isto a vossa consolação.

2 “Escutai, pois, atentamente minhas ponderações, seja este o consolo a mim concedido de vossa parte.

2 "Listen carefully to my speech, And let this be your way of consolation.

3 Sofrei-me, e eu falarei; e, havendo eu falado, zombai.

3 Sofrei-me, e eu falarei; e, havendo eu falado, zombai.

3 Permiti, portanto, que eu fale livremente, e, quando tiver encerrado minha tese, zombai à vontade de minha pessoa.

3 "Bear with me that I may speak; Then after I have spoken, you may mock.

4 Porventura, eu me queixo a algum homem? Mas, ainda que assim fosse, por que se não angustiaria o meu espírito?

4 É porventura do homem que eu me queixo? Mas, ainda que assim fosse, não teria motivo de me impacientar?

4 Porventura a minha queixa é em relação ao ser humano? Contudo, ainda que fosse, não teria eu motivos para perder a paciência?

4 "As for me, is my complaint to man? And why should I not be impatient?

5 Olhai para mim e pasmai; e ponde a mão sobre a boca,

5 Olhai para mim, e pasmai, e ponde a mão sobre a boca.

5 Olhai, pois, para minha pessoa e ficai perplexos; ponde a mão sobre a vossa boca.

5 "Look at me, and be astonished, And put your hand over your mouth.

6 Porque, quando me lembro disto, me perturbo, e a minha carne é sobressaltada de horror.

6 Quando me lembro disto, me perturbo, e a minha carne estremece de horror.

6 Só de pensar sobre isso, fico aterrorizado; todo o meu corpo estremece.

6 "Even when I remember, I am disturbed, And horror takes hold of my flesh.

7 Por que razão vivem os ímpios, envelhecem, e ainda se esforçam em poder?

7 Por que razão vivem os ímpios, envelhecem, e ainda se robustecem em poder?

7 Afinal, por que vivem os maus e ímpios? Por que chegam à velhice e ainda se tornam mais poderosos?

7 "Why do the wicked still live, Continue on, also become very powerful?

8 A sua semente se estabelece com eles perante a sua face; e os seus renovos, perante os seus olhos.

8 Os seus filhos se estabelecem à vista deles, e os seus descendentes perante os seus olhos.

8 Eles têm a felicidade de ver os seus filhos estabelecidos ao seu redor, e os seus descendentes diante dos seus olhos.

8 "Their descendants are established with them in their sight, And their offspring before their eyes,

9 As suas casas têm paz, sem temor; e a vara de Deus não está sobre eles.

9 As suas casas estão em paz, sem temor, e a vara de Deus não está sobre eles.

9 Suas casas vivem em paz e segurança, absolutamente livres do medo; a vara da repreensão divina não os vem castigar.

9 Their houses are safe from fear, And the rod of God is not on them.

10 O seu touro gera e não falha; pare a sua vaca e não aborta.

10 O seu touro gera, e não falha; pare a sua vaca, e não aborta.

10 Seus touros jamais cessam de reproduzir; suas vacas dão crias de tempo em tempo sem nunca abortar.

10 "His ox mates without fail; His cow calves and does not abort.

11 Fazem sair as suas crianças como a um rebanho, e seus filhos andam saltando.

11 Eles fazem sair os seus pequeninos, como a um rebanho, e suas crianças andam saltando.

11 Sentem-se à vontade para deixar que seus filhos corram como cabritos pelos montes, os seus e todos põem-se a dançar.

11 "They send forth their little ones like the flock, And their children skip about.

12 Levantam a voz ao som do tamboril e da harpa e alegram-se ao som das flautas.

12 Levantam a voz, ao som do tamboril e da harpa, e regozijam-se ao som da flauta.

12 Cantam, acompanhando a música do tamboril e da harpa; alegram-se ao som da flauta.

12 "They sing to the timbrel and harp And rejoice at the sound of the flute.

13 Na prosperidade gastam os seus dias e num momento descem à sepultura.

13 Na prosperidade passam os seus dias, e num momento descem ao Seol.

13 Os ímpios desfrutam seu tempo de vida no conforto da prosperidade, e, no tempo certo, descem em paz ao Sheol, à sepultura.

13 "They spend their days in prosperity, And suddenly they go down to Sheol.

14 E, todavia, dizem a Deus: Retira-te de nós; porque não desejamos ter conhecimento dos teus caminhos.

14 Eles dizem a Deus: retira-te de nós, pois não desejamos ter conhecimento dos teus caminhos.

14 Ainda assim, declaram eles a Deus: ‘Afasta-te de nós, deixa-nos! Não temos o menor interesse em conhecer os teus princípios de vida!

14 "They say to God, 'Depart from us! We do not even desire the knowledge of Your ways.

15 Quem é o Todo-poderoso, para que nós o sirvamos? E que nos aproveitará que lhe façamos orações?

15 Que é o Todo-Poderoso, para que nós o sirvamos? E que nos aproveitará, se lhe fizermos orações?

15 Afinal, quem é o Todo-Poderoso, para que o sirvamos? Que ganho ou recompensa teremos se lhe fizermos orações?’

15 'Who is the Almighty, that we should serve Him, And what would we gain if we entreat Him?'

16 Vede, porém, que o seu bem não está na mão deles; esteja longe de mim o conselho dos ímpios!

16 Vede, porém, que eles não têm na mão a prosperidade; esteja longe de mim o conselho dos ímpios!

16 Entretanto, a prosperidade e a felicidade que possuem não dependem deles, tampouco está segura em suas mãos. Portanto, longe de mim o conselho dos ímpios!

16 "Behold, their prosperity is not in their hand; The counsel of the wicked is far from me.

17 Quantas vezes sucede que se apaga a candeia dos ímpios, e lhes sobrevém a sua destruição? E Deus, na sua ira, lhes reparte dores!

17 Quantas vezes sucede que se apague a lâmpada dos ímpios? que lhes sobrevenha a sua destruição? que Deus na sua ira lhes reparta dores?

17 Ora, quantas vezes se vê apagar a lâmpada do ímpio e se contempla a sua morte? Quantas vezes a desgraça cai sobre eles ou que Deus, em sua ira justa, lhes envie dores e sofrimento?

17 "How often is the lamp of the wicked put out, Or does their calamity fall on them? Does God apportion destruction in His anger?

18 Porque são como a palha diante do vento, e como a pragana, que arrebata o redemoinho.

18 que eles sejam como a palha diante do vento, e como a pragana, que o redemoinho arrebata?

18 Quantas ocorre que eles sejam levados de um lado para o outro como palha ao vento, ou um furacão os arrebata como pó da terra?

18 "Are they as straw before the wind, And like chaff which the storm carries away?

19 Deus guarda a sua violência para os filhos deles, e aos ímpios dá o pago, para que o conheçam.

19 Deus, dizeis vós, reserva a iniqüidade do pai para seus filhos, mas é a ele mesmo que Deus deveria punir, para que o conheça.

19 Segundo o dito popular: ‘Deus castiga nos filhos os pecados do pai!’ Ora, mas é o próprio pai faltoso que deveria pagar por seu erro a fim de que aprendesse a lição!

19 "You say, 'God stores away a man's iniquity for his sons.' Let God repay him so that he may know it.

20 Seus olhos vêem a sua ruína, e ele bebe do furor do Todo-poderoso.

20 Vejam os seus próprios olhos a sua ruina, e beba ele do furor do Todo-Poderoso.

20 Portanto, que o pecador receba a sua própria condenação; que seus olhos vejam a sua ruína; que o próprio ímpio beba da ira do Todo-Poderoso!

20 "Let his own eyes see his decay, And let him drink of the wrath of the Almighty.

21 Porque, que prazer teria na sua casa depois de si, cortando-se-lhe o número dos seus meses?

21 Pois, que lhe importa a sua casa depois de morto, quando lhe for cortado o número dos seus meses?

21 Afinal, se ele já está morto e nada sente; se já está no Sheol, o mundo dos mortos, que lhe importará que a sua família sofra?

21 "For what does he care for his household after him, When the number of his months is cut off?

22 Porventura, a Deus se ensinaria ciência, a ele que julga os excelsos?

22 Acaso se ensinará ciência a Deus, a ele que julga os excelsos?

22 Ora, será possível que alguém possa acrescentar algum conhecimento ao Todo-Poderoso, que julga também os seres celestiais?

22 "Can anyone teach God knowledge, In that He judges those on high?

23 Um morre na força da sua plenitude, estando todo quieto e sossegado.

23 Um morre em plena prosperidade, inteiramente sossegado e tranqüilo;

23 Alguns homens levam uma vida feliz e tranquila e morrem abastados,

23 "One dies in his full strength, Being wholly at ease and satisfied;

24 Os seus baldes estão cheios de leite, e os seus ossos estão regados de tutanos.

24 com os seus baldes cheios de leite, e a medula dos seus ossos umedecida.

24 com saúde e cheios de vigor.

24 His sides are filled out with fat, And the marrow of his bones is moist,

25 E outro morre, ao contrário, na amargura do seu coração, não havendo provado do bem.

25 Outro, ao contrário, morre em amargura de alma, não havendo provado do bem.

25 Outros, entretanto, nunca provaram um momento de alegria e morrem com o coração repleto de amargura.

25 While another dies with a bitter soul, Never even tasting anything good.

26 Juntamente jazem no pó, e os bichos os cobrem.

26 Juntamente jazem no pó, e os vermes os cobrem.

26 Todavia, uns e outros jazem no pó, e serão tomados e consumidos pelos vermes da terra.

26 "Together they lie down in the dust, And worms cover them.

27 Eis que conheço bem os vossos pensamentos; e os maus intentos com que injustamente me fazeis violência.

27 Eis que conheço os vossos pensamentos, e os maus intentos com que me fazeis injustiça.

27 Conheço muito bem os vossos pensamentos e as más intenções de me fazer justiça.

27 "Behold, I know your thoughts, And the plans by which you would wrong me.

28 Porque direis: Onde está a casa do príncipe e onde a tenda em que morava o ímpio?

28 Pois dizeis: Onde está a casa do príncipe, e onde a tenda em que morava o ímpio?

28 Porquanto alegais: ‘Onde está a casa do príncipe, o grande homem? Onde está a morada do ímpio?’

28 "For you say, 'Where is the house of the nobleman, And where is the tent, the dwelling places of the wicked?'

29 Porventura, o não perguntastes aos que passam pelo caminho e não conheceis os seus sinais?

29 Porventura não perguntastes aos viandantes? e não aceitais o seu testemunho,

29 Ora, nunca fizestes estas perguntas aos viajantes? Não aceitais o que disseram,

29 "Have you not asked wayfaring men, And do you not recognize their witness?

30 Que o mau é preservado para o dia da destruição e arrebatado no dia do furor?

30 de que o mau é preservado no dia da destruição, e poupado no dia do furor?

30 que o mau é preservado no dia da destruição e poupado no dia da ira de Deus?

30 "For the wicked is reserved for the day of calamity; They will be led forth at the day of fury.

31 Quem acusará diante dele o seu caminho? E quem lhe dará o pago do que faz?

31 Quem acusará diante dele o seu caminho? e quem lhe dará o pago do que fez?

31 Ninguém se levanta para os acusar das maldades que comete; ninguém o faz pagar pelos seus atos injustos.

31 "Who will confront him with his actions, And who will repay him for what he has done?

32 Finalmente, é levado à sepultura e vigia no túmulo.

32 Ele é levado para a sepultura, e vigiam-lhe o túmulo.

32 Ele é conduzido para a sepultura, e vigiam-lhe o túmulo.

32 "While he is carried to the grave, Men will keep watch over his tomb.

33 Os torrões do vale lhe são doces, e ele arrasta após si a todos os homens; e antes dele havia inumeráveis.

33 Os torrões do vale lhe são doces, e o seguirão todos os homens, como ele o fez aos inumeráveis que o precederam.

33 Para ele é macio o terreno do vale; assim como uma multidão inumerável o precedeu.

33 "The clods of the valley will gently cover him; Moreover, all men will follow after him, While countless ones go before him.

34 Como, pois, me consolais em vão? Pois nas vossas respostas só há falsidade.

34 Como, pois, me ofereceis consolações vãs, quando nas vossas respostas só resta falsidade?

34 Portanto, como quereis oferecer-me consolo, se vossa doutrina é falsa e nas vossas afirmações há mentira!

34 "How then will you vainly comfort me, For your answers remain full of falsehood?"



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org