Jó 28



1 Na verdade, há veios de onde se extrai a prata, e, para o ouro, lugar em que o derretem.

1 Na verdade, há minas donde se extrai a prata, e também lugar onde se refina o ouro:

1 “Na realidade, existem minas de prata e muitos lugares onde se refina o ouro.

1 "Surely there is a mine for silver And a place where they refine gold.

2 O ferro tira-se da terra, e da pedra se funde o metal.

2 O ferro tira-se da terra, e da pedra se funde o cobre.

2 O ferro é tirado da própria terra, e da pedra se funde o cobre.

2 "Iron is taken from the dust, And copper is smelted from rock.

3 O homem pôs fim às trevas e até à extremidade ele esquadrinha, procurando as pedras na escuridão e na sombra da morte.

3 Os homens põem termo às trevas, e até os últimos confins exploram as pedras na escuridão e nas trevas mais densas.

3 Os homens põem limites às trevas e exploram até os confins as rochas na escuridão e nas mais densas trevas.

3 "Man puts an end to darkness, And to the farthest limit he searches out The rock in gloom and deep shadow.

4 Trasborda o ribeiro até ao que junto dele habita, de maneira que se não pode passar a pé; então, intervém o homem, e as águas se vão.

4 Abrem um poço de mina longe do lugar onde habitam; são esquecidos pelos viajantes, ficando pendentes longe dos homens, e oscilam de um lado para o outro.

4 Abrem um poço longe das regiões onde habitam, em lugares esquecidos pelo viajantes; distante dos homens, penduram-se e balançam de um lado para o outro.

4 "He sinks a shaft far from habitation, Forgotten by the foot; They hang and swing to and fro far from men.

5 A terra, de onde procede o pão, embaixo é revolvida como por fogo.

5 Quanto à terra, dela procede o pão, mas por baixo é revolvida como por fogo.

5 Da terra procede igualmente o pão, mas por baixo é remexida como que pelo fogo;

5 "The earth, from it comes food, And underneath it is turned up as fire.

6 As suas pedras são o lugar da safira e têm pós de ouro.

6 As suas pedras são o lugar de safiras, e têm pó de ouro.

6 das suas rochas saem safiras, e seu pó contém pepitas de ouro.

6 "Its rocks are the source of sapphires, And its dust contains gold.

7 Essa vereda, a ignora a ave de rapina, e não a viram os olhos da gralha.

7 A ave de rapina não conhece essa vereda, e não a viram os olhos do falcão.

7 Nenhuma ave de rapina conhece aquele caminho secreto, e os olhos de nenhum falcão o vislumbraram.

7 "The path no bird of prey knows, Nor has the falcon's eye caught sight of it.

8 Nunca a pisaram filhos de animais altivos, nem o feroz leão passou por ela.

8 Nunca a pisaram feras altivas, nem o feroz leão passou por ela.

8 Os animais altivos jamais o pisaram, e nenhum leão caminhou por ali.

8 "The proud beasts have not trodden it, Nor has the fierce lion passed over it.

9 Ele estende a sua mão contra o rochedo, e revolve os montes desde as suas raízes.

9 O homem estende a mão contra a pederneira, e revolve os montes desde as suas raízes.

9 As mãos dos homens atacam os duros rochedos e revolvem as raízes das montanhas.

9 "He puts his hand on the flint; He overturns the mountains at the base.

10 Dos rochedos faz sair rios, e o seu olho descobre todas as coisas preciosas.

10 Corta canais nas pedras, e os seus olhos descobrem todas as coisas preciosas.

10 Fazem túneis através das rochas e os seus olhos descobrem todos os tesouros da região.

10 "He hews out channels through the rocks, And his eye sees anything precious.

11 Os rios tapa, e nem uma gota sai deles, e tira para a luz o que estava escondido.

11 Ele tapa os veios d`água para que não gotejem; e tira para a luz o que estava escondido.

11 Tapa as nascentes de água, e nem uma gota vaza delas; traz à luz o que estava escondido.

11 "He dams up the streams from flowing, And what is hidden he brings out to the light.

12 Mas onde se achará a sabedoria? E onde está o lugar da inteligência?

12 Mas onde se achará a sabedoria? E onde está o lugar do entendimento?

12 Contudo, onde se poderá encontrar a sabedoria? Onde habita o entendimento?

12 "But where can wisdom be found? And where is the place of understanding?

13 O homem não lhe conhece o valor; não se acha na terra dos viventes.

13 O homem não lhe conhece o caminho; nem se acha ela na terra dos viventes.

13 O ser humano não é capaz de perceber o valor do saber; afinal, a sabedoria não se encontra na terra dos viventes.

13 "Man does not know its value, Nor is it found in the land of the living.

14 O abismo diz: Não está em mim; e o mar diz: Ela não está comigo.

14 O abismo diz: Não está em mim; e o mar diz: Ela não está comigo.

14 O Abismo declara: ‘Não está em minhas entranhas!’ e o Mar afirma: ‘Em meu interior também não se encontra!’.

14 "The deep says, 'It is not in me'; And the sea says, 'It is not with me.'

15 Não se dará por ela ouro fino, nem se pesará prata em câmbio dela.

15 Não pode ser comprada com ouro fino, nem a peso de prata se trocará.

15 O saber não pode ser comprado com o mais fino ouro, nem será trocado a peso de prata.

15 "Pure gold cannot be given in exchange for it, Nor can silver be weighed as its price.

16 Nem se pode comprar por ouro fino de Ofir, nem pelo precioso ônix, nem pela safira.

16 Nem se pode avaliar em ouro fino de Ofir, nem em pedras preciosas de berilo, ou safira.

16 Nem pode ser adquirido nem mesmo mediante o ouro puro de Ofir, tampouco com o precioso ônix ou safiras.

16 "It cannot be valued in the gold of Ophir, In precious onyx, or sapphire.

17 Com ela se não pode comparar o ouro ou o cristal; nem se trocará por jóia de ouro fino.

17 Com ela não se pode comparar o ouro ou o vidro; nem se trocara por jóias de ouro fino.

17 O ouro e o cristal não se comparam com a sabedoria e é impossível obtê-la em troca das mais finas joias incrustadas em ouro puro.

17 "Gold or glass cannot equal it, Nor can it be exchanged for articles of fine gold.

18 Ela faz esquecer o coral e as pérolas; porque a aquisição da sabedoria é melhor que a dos rubis.

18 Não se fará menção de coral nem de cristal; porque a aquisição da sabedoria é melhor que a das pérolas.

18 O coral e o jaspe tampouco merecem menção, porquanto o preço da sabedoria é muito maior do que os rubis mais puros.

18 "Coral and crystal are not to be mentioned; And the acquisition of wisdom is above that of pearls.

19 Não se lhe igualará o topázio da Etiópia, nem se pode comprar por ouro puro.

19 Não se lhe igualará o topázio da Etiópia, nem se pode comprar por ouro puro.

19 O topázio de Cuxe, isto é, da Etiópia, não se compara com ela; tampouco pode ser comparada com o ouro puro.

19 "The topaz of Ethiopia cannot equal it, Nor can it be valued in pure gold.

20 De onde, pois, vem a sabedoria, e onde está o lugar da inteligência?

20 Donde, pois, vem a sabedoria? Onde está o lugar do entendimento?

20 Ora, de onde vem, então, a sabedoria? Onde habita o entendimento?

20 "Where then does wisdom come from? And where is the place of understanding?

21 Porque está encoberta aos olhos de todo vivente e oculta às aves do céu.

21 Está encoberta aos olhos de todo vivente, e oculta às aves do céu.

21 Em verdade está encoberta aos olhos de todo ser vivo, oculta inclusive das aves que voam mais alto no céu.

21 "Thus it is hidden from the eyes of all living And concealed from the birds of the sky.

22 A perdição e a morte dizem: Ouvimos com os nossos ouvidos a sua fama.

22 O Abadom e a morte dizem: Ouvimos com os nossos ouvidos um rumor dela.

22 O Abadom, o Aniquilamento e a Morte, proclamam: ‘Eis que aos nossos ouvidos chegaram apenas rumores do que vem a ser sabedoria!’

22 "Abaddon and Death say, 'With our ears we have heard a report of it.'

23 Deus entende o seu caminho, e ele sabe o seu lugar.

23 Deus entende o seu caminho, e ele sabe o seu lugar.

23 Deus conhece o Caminho! Só ele sabe onde habita a sabedoria,

23 "God understands its way, And He knows its place.

24 Porque ele vê as extremidades da terra; e vê tudo o que há debaixo dos céus.

24 Porque ele perscruta até as extremidades da terra, sim, ele vê tudo o que há debaixo do céu.

24 pois Deus contempla os confins da terra e observa tudo o que existe debaixo dos céus.

24 "For He looks to the ends of the earth And sees everything under the heavens.

25 Quando deu peso ao vento e tomou a medida das águas;

25 Quando regulou o peso do vento, e fixou a medida das águas;

25 Quando ele determinou a força do vento e estabeleceu as fronteiras exatas para as águas do mar;

25 "When He imparted weight to the wind And meted out the waters by measure,

26 quando prescreveu uma lei para a chuva e caminho para o relâmpago dos trovões,

26 quando prescreveu leis para a chuva e caminho para o relâmpago dos trovões;

26 quando estipulou leis para a chuva e caminho para as tempestades trovejantes com seus relâmpagos;

26 When He set a limit for the rain And a course for the thunderbolt,

27 então, a viu e a manifestou; estabeleceu -a e também a esquadrinhou.

27 então viu a sabedoria e a manifestou; estabeleceu-a, e também a esquadrinhou.

27 então observou a sabedoria e a avaliou; confirmou-a e a submeteu à prova.

27 Then He saw it and declared it; He established it and also searched it out.

28 Mas disse ao homem: Eis que o temor do Senhor é a sabedoria, e apartar-se do mal é a inteligência.

28 E disse ao homem: Eis que o temor do Senhor é a sabedoria, e o apartar-se do mal é o entendimento.

28 Então asseverou ao ser humano: ‘No amor respeitoso ao Senhor está a sabedoria, e evitar o mal é ter entendimento!’

28 "And to man He said, 'Behold, the fear of the Lord, that is wisdom; And to depart from evil is understanding.'"



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org