Jó 29



1 E, prosseguindo Jó em sua parábola, disse:

1 E prosseguindo Jó no seu discurso, disse:

1 Retomando suas ponderações, acrescentou Jó:

1 And Job again took up his discourse and said,

2 Ah! Quem me dera ser como eu fui nos meses passados, como nos dias em que Deus me guardava!

2 Ah! quem me dera ser como eu fui nos meses do passado, como nos dias em que Deus me guardava;

2 “Ah! Quanta saudade tenho dos meses do passado, dos bons dias em que Deus me protegia do mal;

2 "Oh that I were as in months gone by, As in the days when God watched over me;

3 Quando fazia resplandecer a sua candeia sobre a minha cabeça, e eu, com a sua luz, caminhava pelas trevas;

3 quando a sua lâmpada luzia sobre o minha cabeça, e eu com a sua luz caminhava através das trevas;

3 quando a sua lâmpada brilhava sobre a minha cabeça, e mediante a sua luz eu caminhava seguro em meio à mais densa escuridão.

3 When His lamp shone over my head, And by His light I walked through darkness;

4 como era nos dias da minha mocidade, quando o segredo de Deus estava sobre a minha tenda;

4 como era nos dias do meu vigor, quando o íntimo favor de Deus estava sobre a minha tenda;

4 Como tenho saudade dos dias de plena saúde, quando a amizade de Deus abençoava a minha casa!

4 As I was in the prime of my days, When the friendship of God was over my tent;

5 quando o Todo-poderoso ainda estava comigo, e os meus meninos, em redor de mim;

5 quando o Todo-Poderoso ainda estava comigo, e os meus filhos em redor de mim;

5 Quando o Todo-Poderoso permanecia junto a mim enquanto caminhávamos, e meus filhos estavam ao meu redor;

5 When the Almighty was yet with me, And my children were around me;

6 quando lavava os meus passos em manteiga, e da rocha me corriam ribeiros de azeite;

6 quando os meus passos eram banhados em leite, e a rocha me deitava ribeiros de azeite!

6 quando os meus passos eram banhados em leite, e da rocha fluía torrentes de azeite puro sobre a minha cabeça.

6 When my steps were bathed in butter, And the rock poured out for me streams of oil!

7 quando saía para a porta da cidade e na praça fazia preparar a minha cadeira.

7 Quando eu saía para a porta da cidade, e na praça preparava a minha cadeira,

7 Quando eu saía para a porta da cidade, e na praça pública me era dado sentar-me entre os líderes,

7 "When I went out to the gate of the city, When I took my seat in the square,

8 Os moços me viam e se escondiam; e os idosos se levantavam e se punham em pé;

8 os moços me viam e se escondiam, e os idosos se levantavam e se punham em pé;

8 os jovens, respeitosamente, me davam passagem; assim como os idosos se colocavam em pé;

8 The young men saw me and hid themselves, And the old men arose and stood.

9 os príncipes continham as suas palavras e punham a mão sobre a boca;

9 os príncipes continham as suas palavras, e punham a mão sobre a sua boca;

9 os príncipes tomavam todo o cuidado ao falar, e chegavam a cobrir a boca com a mão.

9 "The princes stopped talking And put their hands on their mouths;

10 a voz dos chefes se escondia, e a sua língua se pegava ao seu paladar;

10 a voz dos nobres emudecia, e a língua se lhes pegava ao paladar.

10 As vozes dos nobres e anciãos silenciavam, e suas línguas grudavam-se ao céu da boca.

10 The voice of the nobles was hushed, And their tongue stuck to their palate.

11 ouvindo-me algum ouvido, me tinha por bem-aventurado; vendo-me algum olho, dava testemunho de mim;

11 Pois, ouvindo-me algum ouvido, me tinha por bem-aventurado; e vendo-me algum olho, dava testemunho de mim;

11 Todos os que me ouviam, consideravam-me feliz e quem me observava dava bom testemunho sobre meu modo de ser e agir;

11 "For when the ear heard, it called me blessed, And when the eye saw, it gave witness of me,

12 porque eu livrava o miserável, que clamava, como também o órfão que não tinha quem o socorresse.

12 porque eu livrava o miserável que clamava, e o órfão que não tinha quem o socorresse.

12 pois eu socorria e ajudava a todo necessitado que clamava por cooperação, e ao órfão que não tinha quem o amparasse.

12 Because I delivered the poor who cried for help, And the orphan who had no helper.

13 A bênção do que ia perecendo vinha sobre mim, e eu fazia que rejubilasse o coração da viúva.

13 A bênção do que estava a perecer vinha sobre mim, e eu fazia rejubilar-se o coração da viúva.

13 O que estava à beira da morte me abençoava, e eu conseguia consolar o coração da viúva.

13 "The blessing of the one ready to perish came upon me, And I made the widow's heart sing for joy.

14 Cobria-me de justiça, e ela me servia de veste; como manto e diadema era o meu juízo.

14 vestia-me da retidão, e ela se vestia de mim; como manto e diadema era a minha justiça.

14 Eu me vestia de dignidade; minha roupa era a retidão e a justiça meu manto e meu turbante.

14 "I put on righteousness, and it clothed me; My justice was like a robe and a turban.

15 Eu era o olho do cego e os pés do coxo;

15 Fazia-me olhos para o cego, e pés para o coxo;

15 Eu enxergava pelos cegos; era os pés dos que tinham dificuldade para andar.

15 "I was eyes to the blind And feet to the lame.

16 dos necessitados era pai e as causas de que não tinha conhecimento inquiria com diligência;

16 dos necessitados era pai, e a causa do que me era desconhecido examinava com diligência.

16 Era pai dos pobres e advogava com dedicação a causa dos desconhecidos.

16 "I was a father to the needy, And I investigated the case which I did not know.

17 e quebrava os queixais do perverso e dos seus dentes tirava a presa.

17 E quebrava os caninos do perverso, e arrancava-lhe a presa dentre os dentes.

17 Quebrava os caninos dos ímpios e arrancava a presa dos dentes dos perversos.

17 "I broke the jaws of the wicked And snatched the prey from his teeth.

18 E dizia: no meu ninho expirarei e multiplicarei os meus dias como a areia.

18 Então dizia eu: No meu ninho expirarei, e multiplicarei os meus dias como a areia;

18 E então imaginava eu: ‘Morrerei no aconchego da minha casa, e os meus dias serão numerosos como os grãos de areia!

18 "Then I thought, 'I shall die in my nest, And I shall multiply my days as the sand.

19 A minha raiz se estendia junto às águas, e o orvalho fazia assento sobre os meus ramos;

19 as minhas raízes se estendem até as águas, e o orvalho fica a noite toda sobre os meus ramos;

19 As minhas raízes chegarão até as águas, e o revigorante orvalho passará a noite nos meus ramos.

19 'My root is spread out to the waters, And dew lies all night on my branch.

20 a minha honra se renovava em mim, e o meu arco se reforçava na minha mão.

20 a minha honra se renova em mim, e o meu arco se revigora na minhã mão.

20 Minha honra se renovará em mim, a cada dia meu arco se fortalecerá na minha mão!’

20 'My glory is ever new with me, And my bow is renewed in my hand.'

21 Ouvindo-me, esperavam e em silêncio atendiam ao meu conselho.

21 A mim me ouviam e esperavam, e em silêncio atendiam ao meu conselho.

21 Assim, os homens me escutavam com todo respeito, e sem reclamações, em silêncio, atendiam o meu conselho.

21 "To me they listened and waited, And kept silent for my counsel.

22 Acabada a minha palavra, não replicavam, e minhas razões destilavam sobre eles;

22 Depois de eu falar, nada replicavam, e minha palavra destilava sobre eles;

22 Havendo eu falado, não replicavam; as minhas palavras caíam sobre eles como doce e suave orvalho.

22 "After my words they did not speak again, And my speech dropped on them.

23 porque me esperavam como à chuva; e abriam a boca como à chuva tardia.

23 esperavam-me como à chuva; e abriam a sua boca como à chuva tardia.

23 Esperavam por mim com grande expectativa, como quem espera por uma boa chuvarada, e bebiam minhas palavras como quem abre a boca para apreciar as primeiras chuvas da primavera.

23 "They waited for me as for the rain, And opened their mouth as for the spring rain.

24 Se me ria para eles, não o criam e não faziam abater a luz do meu rosto;

24 Eu lhes sorria quando não tinham confiança; e não desprezavam a luz do meu rosto;

24 O meu sorriso era capaz de motivá-los quando estavam deprimidos; a luz do meu rosto lhes fazia recobrar a alegria de viver.

24 "I smiled on them when they did not believe, And the light of my face they did not cast down.

25 se eu escolhia o seu caminho, assentava-me como chefe; e habitava como rei entre as suas tropas, como aquele que consola os que pranteiam. 

25 eu lhes escolhia o caminho, assentava-me como chefe, e habitava como rei entre as suas tropas, como aquele que consola os aflitos.

25 Eu avaliava e escolhia o caminho que deveriam seguir, assentava-me como seu líder e habitava como rei entre suas tropas; era considerado como consolador dos que sofrem!”

25 "I chose a way for them and sat as chief, And dwelt as a king among the troops, As one who comforted the mourners.



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org