Jó 31



1 Fiz concerto com os meus olhos; como, pois, os fixaria numa virgem?

1 Fiz pacto com os meus olhos; como, pois, os fixaria numa virgem?

1 “Estabeleci um pacto com meus olhos de não atentar com cobiça por donzela alguma.

1 "I have made a covenant with my eyes; How then could I gaze at a virgin?

2 Porque qual seria a parte de Deus vinda de cima, ou a herança do Todo-poderoso desde as alturas?

2 Pois que porção teria eu de Deus lá de cima, e que herança do Todo-Poderoso lá do alto?

2 Porquanto que porção eu teria de Deus, lá dos céus, e que herança do Todo-Poderoso, lá das alturas?

2 "And what is the portion of God from above Or the heritage of the Almighty from on high?

3 Porventura, não é a perdição para o perverso, e o desastre, para os que praticam iniquidade?

3 Não é a destruição para o perverso, e o desastre para os obradores da iniqüidade?

3 Ora, não está destinada a ruína para os perversos, e o desastre para os que praticam o mal?

3 "Is it not calamity to the unjust And disaster to those who work iniquity?

4 Ou não vê ele os meus caminhos e não conta todos os meus passos?

4 Não vê ele os meus caminhos, e não conta todos os meus passos?

4 Não observa Deus todos os meus caminhos e não avalia cada um de meus passos?

4 "Does He not see my ways And number all my steps?

5 Se andei com vaidade, e se o meu pé se apressou para o engano

5 Se eu tenho andado com falsidade, e se o meu pé se tem apressado após o engano

5 Se tenho agido com alguma falsidade, e se os meus pés têm se apressado a enganar,

5 "If I have walked with falsehood, And my foot has hastened after deceit,

6 (pese-me em balanças fiéis, e saberá Deus a minha sinceridade);

6 (pese-me Deus em balanças fiéis, e conheça a minha integridade);

6 Deus me pese em balanças fiéis e bem equilibradas e concluirá que nada devo.

6 Let Him weigh me with accurate scales, And let God know my integrity.

7 se os meus passos se desviaram do caminho, e se o meu coração segue os meus olhos, e se às minhas mãos se apegou alguma coisa,

7 se os meus passos se têm desviado do caminho, e se o meu coraçao tem seguido os meus olhos, e se qualquer mancha se tem pegado às minhas mãos;

7 Se tenho desviado os meus passos do caminho, e se o meu coração tem seguido os meus olhos, e se as minhas mãos estão manchadas de culpa;

7 "If my step has turned from the way, Or my heart followed my eyes, Or if any spot has stuck to my hands,

8 então, semeie eu, e outro coma, e seja a minha descendência arrancada até à raiz.

8 então semeie eu e outro coma, e seja arrancado o produto do meu campo.

8 então que outros comam o que semeei, e que minhas plantações sejam arrancadas pelas raízes.

8 Let me sow and another eat, And let my crops be uprooted.

9 Se o meu coração se deixou seduzir por uma mulher, ou se eu andei rondando à porta do meu próximo,

9 Se o meu coração se deixou seduzir por causa duma mulher, ou se eu tenho armado traição à porta do meu próximo,

9 Se o meu coração se deixou apaixonar por outra mulher, ou se fiquei à espreita na porta do meu próximo,

9 "If my heart has been enticed by a woman, Or I have lurked at my neighbor's doorway,

10 então, moa minha mulher para outro, e outros se encurvem sobre ela.

10 então moa minha mulher para outro, e outros se encurvem sobre ela.

10 então que minha esposa seja obrigada a moer cereal para outro homem, e outros ainda se deitem com ela.

10 May my wife grind for another, And let others kneel down over her.

11 Porque isso seria uma infâmia e delito, pertencente aos juízes.

11 Pois isso seria um crime infame; sim, isso seria uma iniqüidade para ser punida pelos juízes;

11 Pois proceder assim seria um crime hediondo; sim, em verdade, seria uma maldade a ser punida pelos juízes;

11 "For that would be a lustful crime; Moreover, it would be an iniquity punishable by judges.

12 Porque é fogo que consome até à perdição e desarraigaria toda a minha renda.

12 porque seria fogo que consome até Abadom, e desarraigaria toda a minha renda.

12 porquanto seria fogo que consome até o Abadom, a destruição infernal, e consumiria toda a minha colheita.

12 "For it would be fire that consumes to Abaddon, And would uproot all my increase.

13 Se desprezei o direito do meu servo ou da minha serva, quando eles contendiam comigo,

13 Se desprezei o direito do meu servo ou da minha serva, quando eles pleitearam comigo,

13 Se desprezei o direito e a justiça do meu servo ou da minha serva, quando eles defenderam sua causa para comigo,

13 "If I have despised the claim of my male or female slaves When they filed a complaint against me,

14 então, que faria eu quando Deus se levantasse? E, inquirindo a causa, que lhe responderia?

14 então que faria eu quando Deus se levantasse? E quando ele me viesse inquirir, que lhe responderia?

14 então que faria eu quando Deus me confrontasse? Que lhe diria quando chamado a prestar contas?

14 What then could I do when God arises? And when He calls me to account, what will I answer Him?

15 Aquele que me formou no ventre não o fez também a ele? Ou não nos formou do mesmo modo na madre?

15 Aquele que me formou no ventre não o fez também a meu servo? E não foi um que nos plasmou na madre?

15 Aquele que me teceu no ventre materno de igual modo não criou os meus servos? Não foi o mesmo Deus que formou a mim e a eles, no útero de nossas mães?

15 "Did not He who made me in the womb make him, And the same one fashion us in the womb?

16 Se retive o que os pobres desejavam ou fiz desfalecer os olhos da viúva;

16 Se tenho negado aos pobres o que desejavam, ou feito desfalecer os olhos da viúva,

16 Se não consegui atender os desejos dos pobres, ou se fiz desfalecer os olhos da viúva que aguardava minha ajuda;

16 "If I have kept the poor from their desire, Or have caused the eyes of the widow to fail,

17 ou sozinho comi o meu bocado, e o órfão não comeu dele

17 ou se tenho comido sozinho o meu bocado, e não tem comido dele o órfão também

17 ou se tenho saboreado sozinho o meu alimento, mas ao órfão não permiti que compartilhasse dele,

17 Or have eaten my morsel alone, And the orphan has not shared it

18 (porque desde a minha mocidade cresceu comigo como com seu pai, e o guiei desde o ventre da minha mãe);

18 (pois desde a minha mocidade o órfão cresceu comigo como com seu pai, e a viúva, tenho-a guiado desde o ventre de minha mãe);

18 considerando que desde a minha juventude o criei como se fosse seu pai, e desde o meu nascimento tenho protegido a viúva;

18 (But from my youth he grew up with me as with a father, And from infancy I guided her),

19 se a alguém vi perecer por falta de veste e, ao necessitado, por não ter coberta;

19 se tenho visto alguém perecer por falta de roupa, ou o necessitado não ter com que se cobrir;

19 se vi alguém morrer por falta de roupa ou agasalho, ou o necessitado sem cobertor,

19 If I have seen anyone perish for lack of clothing, Or that the needy had no covering,

20 se os seus lombos me não abençoaram, se ele não se aquentava com as peles dos meus cordeiros;

20 se os seus lombos não me abençoaram, se ele não se aquentava com os velos dos meus cordeiros;

20 e o seu coração não me abençoou porque o aqueci com a lã de minhas ovelhas,

20 If his loins have not thanked me, And if he has not been warmed with the fleece of my sheep,

21 se eu levantei a mão contra o órfão, porque na porta via a minha ajuda,

21 se levantei a minha mão contra o órfao, porque na porta via a minha ajuda;

21 se ergui a mão contra o órfão, valendo-me da influência que exerço no tribunal;

21 If I have lifted up my hand against the orphan, Because I saw I had support in the gate,

22 então, caia do ombro a minha espádua, e quebre-se o meu braço desde o osso.

22 então caia do ombro a minha espádua, e separe-se o meu braço da sua juntura.

22 então que o meu braço se rasgue do ombro, e se rompa da articulação.

22 Let my shoulder fall from the socket, And my arm be broken off at the elbow.

23 Porque o castigo de Deus era para mim um assombro, e eu não podia suportar a sua grandeza.

23 Pois a calamidade vinda de Deus seria para mim um horror, e eu não poderia suportar a sua majestade.

23 Porquanto grande era meu medo que Deus viesse a destruir-me, e temendo o esplendor da sua majestade jamais poderia cometer tais ofensas.

23 "For calamity from God is a terror to me, And because of His majesty I can do nothing.

24 Se no ouro pus a minha esperança ou disse ao ouro fino: Tu és a minha confiança;

24 Se do ouro fiz a minha esperança, ou disse ao ouro fino: Tu és a minha confiança;

24 Se depositei no ouro a minha segurança, ou cheguei a pensar em relação ao ouro refinado: ‘Tu és a minha confiança e a minha esperança!’

24 "If I have put my confidence in gold, And called fine gold my trust,

25 se me alegrei de que era muita a minha fazenda e de que a minha mão tinha alcançado muito;

25 se me regozijei por ser grande a minha riqueza, e por ter a minha mão alcança o muito;

25 Se me alegrei por ser muito rico, e por ter conquistado bens e riquezas;

25 If I have gloated because my wealth was great, And because my hand had secured so much;

26 se olhei para o sol, quando resplandecia, ou para a lua, caminhando gloriosa;

26 se olhei para o sol, quando resplandecia, ou para a lua, quando ela caminhava em esplendor,

26 se olhei para o sol, quando brilhava, ou para a lua, quando ela caminhava alta e esplendorosa ,

26 If I have looked at the sun when it shone Or the moon going in splendor,

27 e o meu coração se deixou enganar em oculto, e a minha boca beijou a minha mão,

27 e o meu coração se deixou enganar em oculto, e a minha boca beijou a minha mão;

27 e o meu coração foi enganado em segredo, e a minha mão mandou beijos de adoração;

27 And my heart became secretly enticed, And my hand threw a kiss from my mouth,

28 também isto seria delito pertencente ao juiz; pois assim negaria a Deus, que está em cima.

28 isso também seria uma iniqüidade para ser punida pelos juízes; pois assim teria negado a Deus que está lá em cima.

28 da mesma forma esses seriam pecados merecedores de condenação e castigo, pois eu teria sido desleal para com Deus, que está nas mais elevadas alturas.

28 That too would have been an iniquity calling for judgment, For I would have denied God above.

29 Se me alegrei da desgraça do que me tem ódio, e se eu exultei quando o mal o achou

29 Se me regozijei com a ruína do que me tem ódio, e se exultei quando o mal lhe sobreveio

29 Se a desgraça do meu inimigo me fez sorrir ou me alegrou intimamente, ou ainda se as provações pelas quais passou me geraram algum prazer;

29 "Have I rejoiced at the extinction of my enemy, Or exulted when evil befell him?

30 (também não deixei pecar o meu paladar, desejando a sua morte com maldição);

30 (mas eu não deixei pecar a minha boca, pedindo com imprecação a sua morte);

30 eu, que jamais permiti que minha boca pecasse, lançando maldição sobre ele;

30 "No, I have not allowed my mouth to sin By asking for his life in a curse.

31 se a gente da minha tenda não disse: Ah! Quem se não terá saciado com a sua carne!

31 se as pessoas da minha tenda não disseram: Quem há que não se tenha saciado com carne provida por ele?

31 se os que vivem em minha casa jamais tivessem declarado: ‘Quem nunca recebeu de Jó um naco de carne?’,

31 "Have the men of my tent not said, 'Who can find one who has not been satisfied with his meat'?

32 O estrangeiro não passava a noite na rua; as minhas portas abria ao viandante.

32 O estrangeiro não passava a noite na rua; mas eu abria as minhas portas ao viandante;

32 considerando que nenhum estrangeiro teve que passar a noite na rua, pois a minha porta sempre esteve aberta ao peregrino;

32 "The alien has not lodged outside, For I have opened my doors to the traveler.

33 Se, como Adão, encobri as minhas transgressões, ocultando o meu delito no meu seio,

33 se, como Adão, encobri as minhas transgressões, ocultando a minha iniqüidade no meu seio,

33 se escondi o meu erro, como fez Ish, Adão, encobrindo em minhas entranhas o meu próprio pecado,

33 "Have I covered my transgressions like Adam, By hiding my iniquity in my bosom,

34 trema eu perante uma grande multidão, e o desprezo das famílias me apavore, e eu me cale, e não saia da porta.

34 porque tinha medo da grande multidão, e o desprezo das famílias me aterrorizava, de modo que me calei, e não saí da porta...

34 com tanto medo da multidão e do desprezo dos familiares que me calei e não saí da porta de casa para fora.

34 Because I feared the great multitude, And the contempt of families terrified me, And kept silent and did not go out of doors?

35 Ah! Quem me dera um que me ouvisse! Eis que o meu intento é que o Todo-poderoso me responda e que o meu adversário escreva um livro.

35 Ah! quem me dera um que me ouvisse! Eis a minha defesa, que me responda o Todo-Poderoso! Oxalá tivesse eu a acusação escrita pelo meu adversário!

35 Ah! Se alguém me desse ouvidos! Nesse momento assino a minha defesa. Que o Todo-Poderoso me responda; que qualquer que aponte os meus erros faça a sua denúncia por escrito.

35 "Oh that I had one to hear me! Behold, here is my signature; Let the Almighty answer me! And the indictment which my adversary has written,

36 Por certo que o levaria sobre o meu ombro, sobre mim o ataria como coroa.

36 Por certo eu a levaria sobre o ombro, sobre mim a ataria como coroa.

36 Eu bem que a carregaria nos ombros e a ataria sobre minha cabeça como coroa!

36 Surely I would carry it on my shoulder, I would bind it to myself like a crown.

37 O número dos meus passos lhe mostraria; como príncipe me chegaria a ele.

37 Eu lhe daria conta dos meus passos; como príncipe me chegaria a ele

37 Eu lhe prestaria conta de tudo quanto tenho feito; com a dignidade de um príncipe eu me apresentaria a Deus.

37 "I would declare to Him the number of my steps; Like a prince I would approach Him.

38 Se a minha terra clamar contra mim, e se os seus regos juntamente chorarem;

38 Se a minha terra clamar contra mim, e se os seus sulcos juntamente chorarem;

38 Se minha terra tiver qualquer reclamação da minha pessoa, e todos os seus sulcos se lamentarem,

38 "If my land cries out against me, And its furrows weep together;

39 se comi a sua novidade sem dinheiro e sufoquei a alma dos seus donos,

39 se comi os seus frutos sem dinheiro, ou se fiz que morressem os seus donos;

39 se consumi os seus produtos sem nada dar em troca, se causei desânimo aos seus habitantes,

39 If I have eaten its fruit without money, Or have caused its owners to lose their lives,

40 por trigo me produza cardos, e por cevada, joio. Acabaram-se as palavras de Jó. 

40 por trigo me produza cardos, e por cevada joio. Acabaram-se as palavras de Jó.

40 que me venham em pagamento espinhos em lugar de trigo e ervas daninhas em lugar de cevada!”

40 Let briars grow instead of wheat, And stinkweed instead of barley." The words of Job are ended.



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org