Jeremias 18



1 A palavra do SENHOR, que veio a Jeremias, dizendo:

1 A palavra que veio do Senhor a Jeremias, dizendo:

1 Palavra de Yahweh, o SENHOR, que veio a Jeremias, orientando:

1 The word which came to Jeremiah from the LORD saying,

2 Levanta-te, e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas palavras.

2 Levanta-te, e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas palavras.

2 “Dispõe-te, e desce à casa do oleiro e lá receberás a minha mensagem!”

2 "Arise and go down to the potter's house, and there I will announce My words to you."

3 E desci à casa do oleiro, e eis que ele estava fazendo a sua obra sobre as rodas,

3 Desci, pois, à casa do oleiro, e eis que ele estava ocupado com a sua obra sobre as rodas.

3 Desci à casa do oleiro e eis que lá estava ele: concentrado na confecção de sua obra sobre uma roda de madeira.

3 Then I went down to the potter's house, and there he was, making something on the wheel.

4 Como o vaso, que ele fazia de barro, quebrou-se na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos olhos do oleiro fazer.

4 Como o vaso, que ele fazia de barro, se estragou na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme pareceu bem aos seus olhos fazer.

4 Contudo, o vaso de barro que ele estava formando estragou-se em suas mãos; e ele o refez, moldando outro vaso de acordo com o seu desejo.

4 But the vessel that he was making of clay was spoiled in the hand of the potter; so he remade it into another vessel, as it pleased the potter to make.

5 Então veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:

5 Então veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:

5 Então Yahweh dirigiu-me sua Palavra, dizendo:

5 Then the word of the LORD came to me saying,

6 Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o SENHOR. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel.

6 Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o Senhor. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel.

6 “Por acaso não poderei Eu fazer de vós como fez este modesto oleiro com sua obra de barro?”, indaga o SENHOR. “Eis que, como barro nas mãos do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó Casa de Israel!

6 "Can I not, O house of Israel, deal with you as this potter does?" declares the LORD. "Behold, like the clay in the potter's hand, so are you in My hand, O house of Israel.

7 No momento em que falar contra uma nação, e contra um reino para arrancar, e para derrubar, e para destruir,

7 Se em qualquer tempo eu falar acerca duma nação, e acerca dum reino, para arrancar, para derribar e para destruir,

7 Se em algum momento Eu determinar que uma nação ou um reino qualquer seja arrancado de suas terras, despedaçado e arruinado,

7 "At one moment I might speak concerning a nation or concerning a kingdom to uproot, to pull down, or to destroy it;

8 Se a tal nação, porém, contra a qual falar se converter da sua maldade, também eu me arrependerei do mal que pensava fazer-lhe.

8 e se aquela nação, contra a qual falar, se converter da sua maldade, também eu me arrependerei do mal que intentava fazer-lhe.

8 e se esta nação que Eu adverti converter-se da sua infidelidade e malignidade, então Eu voltarei atrás e mudarei a ordem de punição que houvera previsto e decretado impor-lhe.

8 if that nation against which I have spoken turns from its evil, I will relent concerning the calamity I planned to bring on it.

9 No momento em que falar de uma nação e de um reino, para edificar e para plantar,

9 E se em qualquer tempo eu falar acerca duma nação e acerca dum reino, para edificar e para plantar,

9 E, no momento em que Eu falar acerca de uma nação ou de um reino, para o edificar e estabelecer,

9 "Or at another moment I might speak concerning a nation or concerning a kingdom to build up or to plant it;

10 Se fizer o mal diante dos meus olhos, não dando ouvidos à minha voz, então me arrependerei do bem que tinha falado que lhe faria.

10 se ela fizer o mal diante dos meus olhos, não dando ouvidos à minha voz, então me arrependerei do bem que lhe intentava fazer.

10 se ele fizer o que é mal perante mim e não der ouvidos à minha voz, então, do mesmo modo me arrependerei do bem que previra e determinara fazer-lhe.

10 if it does evil in My sight by not obeying My voice, then I will think better of the good with which I had promised to bless it.

11 Ora, pois, fala agora aos homens de Judá, e aos moradores de Jerusalém, dizendo: Assim diz o SENHOR: Eis que estou forjando mal contra vós; e projeto um plano contra vós; convertei-vos, pois, agora cada um do seu mau caminho, e melhorai os vossos caminhos e as vossas ações.

11 Ora pois, fala agora aos homens de Judá, e aos moradores de Jerusalém, dizendo: Assim diz o senhor: Eis que estou forjando mal contra vós, e projeto um plano contra vós; convertei-vos pois agora cada um do seu mau caminho, e emendai os vossos caminhos e as vossas ações.

11 Agora, pois, fala às pessoas de Judá e a todos os moradores de Jerusalém: Assim diz o SENHOR: Eis que estou preparando uma calamidade e desenhando um plano contra vós. Sendo assim, melhor será que cada um de vós se arrependa e se converta de seu mau procedimento e corrija a sua atitude pessoal e todas as suas ações.

11 "So now then, speak to the men of Judah and against the inhabitants of Jerusalem saying, 'Thus says the LORD, "Behold, I am fashioning calamity against you and devising a plan against you Oh turn back, each of you from his evil way, and reform your ways and your deeds."'

12 Mas eles dizem: Não há esperança, porque andaremos segundo as nossas imaginações; e cada um fará segundo o propósito do seu mau coração.

12 Mas eles dizem: Não há esperança; porque após os nossos projetos andaremos, e cada um fará segundo o propósito obstinado do seu mau coraçao.

12 Todavia, eles alegarão: ‘Não adianta! Eis que seguiremos nossos próprios planos; cada um de nós continuará obedecendo e praticando as rebeldias determinadas pelo seu próprio coração maligno!’”

12 "But they will say, 'It's hopeless! For we are going to follow our own plans, and each of us will act according to the stubbornness of his evil heart.'

13 Portanto, assim diz o SENHOR: Perguntai agora entre os gentios quem ouviu tal coisa? Coisa mui horrenda fez a virgem de Israel.

13 Portanto assim diz o Senhor: Perguntai agora entre as nações quem ouviu tais coisas? coisa mui horrenda fez a virgem de Israel!

13 Portanto, assim declara Yahweh: “Perguntai agora entre os gentios sobre quem já ouviu uma notícia dessas! Ação sobremodo horrenda cometeu a virgem, Israel!

13 "Therefore thus says the LORD, 'Ask now among the nations, Who ever heard the like of this? The virgin of Israel Has done a most appalling thing.

14 Porventura a neve do Líbano deixará a rocha do campo ou esgotar-se-ão as águas frias que correm de terras estranhas?

14 Acaso desaparece a neve do Líbano dos penhascos do Siriom? Serão esgotadas as águas frias que vêm dos montes?

14 Porventura pode a neve do Líbano desaparecer dos penhascos rochosos? Podem se esgotar as águas frias que descem dos montes?

14 'Does the snow of Lebanon forsake the rock of the open country? Or is the cold flowing water from a foreign land ever snatched away?

15 Contudo o meu povo se tem esquecido de mim, queimando incenso à vaidade, que os fez tropeçar nos seus caminhos, e nas veredas antigas, para que andassem por veredas afastadas, não aplainadas;

15 Contudo o meu povo se tem esquecido de mim, queimando incenso a deuses falsos; fizeram-se tropeçar nos seus caminhos, e nas veredas antigas, para que andassem por atalhos não aplainados;

15 Contudo o meu povo se esqueceu de mim, queimam incenso a ídolos inúteis, que os fazem tropeçar nos seus caminhos e nas trilhas antigas, para que andem por atalhos, em estradas não aterradas;

15 'For My people have forgotten Me, They burn incense to worthless gods And they have stumbled from their ways, From the ancient paths, To walk in bypaths, Not on a highway,

16 Para fazerem da sua terra objeto de espanto e de perpétuos assobios; todo aquele que passar por ela se espantará, e meneará a sua cabeça;

16 para fazerem da sua terra objeto de espanto e de perpétuos assobios; todo aquele que passa por ela se espanta, e meneia a cabeça.

16 para fazerem da sua terra uma desolação e um motivo de constante zombaria; toda pessoa que passar por ela ficará chocada e balançará a cabeça em sinal de desprezo.

16 To make their land a desolation, An object of perpetual hissing; Everyone who passes by it will be astonished And shake his head.

17 Com vento oriental os espalharei diante do inimigo; mostrar-lhes-ei as costas e não o rosto, no dia da sua perdição.

17 Com vento oriental os espalharei diante do inimigo; mostrar-lhes-ei as costas e não o rosto, no dia da sua calamidade.

17 Eu os espalharei com o vento oriental diante do inimigo; no dia da sua calamidade, Eu lhes mostrarei as costas e não a minha face.

17 'Like an east wind I will scatter them Before the enemy; I will show them My back and not My face In the day of their calamity.'"

18 Então disseram: Vinde, e maquinemos projetos contra Jeremias; porque não perecerá a lei do sacerdote, nem o conselho do sábio, nem a palavra do profe-ta; vinde e firamo-lo com a língua, e não atendamos a nenhuma das suas palavras.

18 Então disseram: Vinde, e maquinemos projetos contra Jeremias; pois não perecerá a lei do sacerdote, nem o conselho do sábio, nem a palavra do profeta. Vinde, e firâmo-lo com a língua, e não atendamos a nenhuma das suas palavras.

18 Então exclamaram: “Vinde e maquinemos planos contra Jeremias; porque nem a instrução do sacerdote, nem o conselho do sábio, nem a palavra do profeta deixarão de existir. Vinde e levantemos acusações contra ele; não atendamos a nenhuma das suas palavras!”

18 Then they said, "Come and let us devise plans against Jeremiah Surely the law is not going to be lost to the priest, nor counsel to the sage, nor the divine word to the prophet! Come on and let us strike at him with our tongue, and let us give no heed to any of his words."

19 Olha para mim, SENHOR, e ouve a voz dos que contendem comigo.

19 Atende-me, ó Senhor, e ouve a voz dos que contendem comigo.

19 Atende-me, ó Yahweh, e ouve a voz dos que estão em beligerância comigo!

19 Do give heed to me, O LORD, And listen to what my opponents are saying!

20 Porventura pagar-se-á mal por bem? Pois cavaram uma cova para a minha alma. Lembra-te de que eu compareci à tua presença, para falar a favor deles, e para desviar deles a tua indignação;

20 Porventura pagar-se-á mal por bem? Contudo cavaram uma cova para a minha vida. Lembra-te de que eu compareci na tua presença, para falar a favor deles, para desviar deles a tua indignação.

20 Porventura se pagará o bem com o mal? Todavia eles cavaram uma armadilha para me apanhar. Recorda-te de que compareci diante de ti para rogar em favor dessa gente, a fim de desviar deles a tua cólera.

20 Should good be repaid with evil? For they have dug a pit for me Remember how I stood before You To speak good on their behalf, So as to turn away Your wrath from them.

21 Portanto entrega seus filhos à fome, e entrega-os ao poder da espada, e sejam suas mulheres roubadas dos filhos, e fiquem viúvas; e seus maridos sejam feridos de morte, e os seus jovens sejam feridos à espada na peleja.

21 Portanto entrega seus filhos à fome, e entrega-os ao poder da espada, e sejam suas mulheres roubadas dos filhos, e fiquem viúvas; e sejam seus maridos feridos de morte, e os seus jovens mortos à espada na peleja.

21 Portanto, agora, entrega os filhos deles à fome, derrama-os todos sobre as mãos da espada; fiquem as mulheres sem seus filhos e viúvas; que seus maridos sejam mortos, e seus jovens, igualmente tombem ao fio da espada nas batalhas.

21 Therefore, give their children over to famine And deliver them up to the power of the sword; And let their wives become childless and widowed Let their men also be smitten to death, Their young men struck down by the sword in battle.

22 Ouça-se o clamor de suas casas, quando de repente trouxeres uma tropa sobre eles. Porquanto cavaram uma cova para prender-me e armaram laços aos meus pés.

22 Seja ouvido o clamor que vem de suas casas, quando de repente trouxeres tropas sobre eles; porque cavaram uma cova para prender-me e armaram laços aos meus pés.

22 Seja ouvido o clamor que vem de suas casas, quando de repente trouxeres grande exército sobre eles; pois cavaram uma cilada para me prender e ocultaram armadilhas pelo caminho, para os meus pés.

22 May an outcry be heard from their houses, When You suddenly bring raiders upon them; For they have dug a pit to capture me And hidden snares for my feet.

23 Mas tu, ó SENHOR, sabes todo o seu conselho contra mim para matar-me; não perdoes a sua maldade, nem apagues o seu pecado de diante da tua face; mas tropecem diante de ti; trata-os assim no tempo da tua ira.

23 Mas tu, ó Senhor, sabes todo o seu conselho contra mim para matar-me. Não perdoes a sua iniquidade, nem apagues o seu pecado de diante da tua face; mas sejam transtornados diante de ti; trata-os assim no tempo da tua ira.

23 Mas tu, ó Yahweh, observas bem o procedimento deles, e conheces todas as suas conspirações para me exterminarem. Sendo assim, não os perdoes nem aos seus crimes, tampouco apagues de diante da tua vista os seus pecados; mas sejam todos atirados ao chão e derrotados diante da tua presença. Age, pois, contra essas pessoas más durante o tempo da tua ira!

23 Yet You, O LORD, know All their deadly designs against me; Do not forgive their iniquity Or blot out their sin from Your sight But may they be overthrown before You; Deal with them in the time of Your anger!



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org