Marcos 7



1 E AJUNTARAM-SE a eles os fariseus, e alguns dos escribas que tinham vindo de Jerusalém.

1 Foram ter com Jesus os fariseus, e alguns dos escribas vindos de Jerusalém,

1 E ocorreu que alguns mestres da lei e fariseus, vindos de Jerusalém, reuniram-se em volta de Jesus.

1 The Pharisees and some of the scribes gathered around Him when they had come from Jerusalem,

2 E, vendo que alguns dos seus discípulos comiam pão com as mãos impuras, isto é, por lavar, os repreendiam.

2 e repararam que alguns dos seus discípulos comiam pão com as mãos impuras, isto é, por lavar.

2 Observaram que alguns dos seus discípulos comiam os pães com as mãos impuras, isto é, sem lavá-las.

2 and had seen that some of His disciples were eating their bread with impure hands, that is, unwashed.

3 Porque os fariseus, e todos os judeus, conservando a tradição dos antigos, não comem sem lavar as mãos muitas vezes;

3 Pois os fariseus, e todos os judeus, guardando a tradição dos anciãos, não comem sem lavar as mãos cuidadosamente;

3 Pois os fariseus e todos os judeus não se alimentam sem lavar as mãos de forma cerimonial, preservando a tradição dos antigos.

3 (For the Pharisees and all the Jews do not eat unless they carefully wash their hands, thus observing the traditions of the elders;

4 E, quando voltam do mercado, se não se lavarem, não comem. E muitas outras coisas há que receberam para observar, como lavar os copos, e os jarros, e os vasos de metal e as camas,

4 e quando voltam do mercado, se não se purificarem, não comem. E muitas outras coisas há que receberam para observar, como a lavagem de copos, de jarros e de vasos de bronze.

4 Quando chegam da rua, não tocam nos alimentos sem antes se banharem. Além disso há muitos outros costumes que guardam, tais como o lavar de copos, jarros e vasilhas de metal.

4 and when they come from the market place, they do not eat unless they cleanse themselves; and there are many other things which they have received in order to observe, such as the washing of cups and pitchers and copper pots.)

5 Depois perguntaram-lhe os fariseus e os escribas: Porque não andam os teus discípulos conforme a tradição dos antigos, mas comem o pão com as mãos por lavar?

5 Perguntaram-lhe, pois, os fariseus e os escribas: Por que não andam os teus discípulos conforme a tradição dos anciãos, mas comem o pão com as mãos por lavar?

5 Então os fariseus e os mestres da lei questionaram a Jesus: “Por qual razão os seus discípulos não andam em conformidade com a tradição dos anciãos, mas tomam o pão com mãos impuras?”

5 The Pharisees and the scribes asked Him, "Why do Your disciples not walk according to the tradition of the elders, but eat their bread with impure hands?"

6 E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim.

6 Respondeu-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios; o seu coração, porém, está longe de mim;

6 Ele, entretanto, lhes afirmou: “Bem profetizou Isaías a respeito de vós, hipócritas; pois assim está escrito: ‘Este povo me honra com os lábios, mas seu coração está longe de mim.

6 And He said to them, "Rightly did Isaiah prophesy of you hypocrites, as it is written: 'THIS PEOPLE HONORS ME WITH THEIR LIPS, BUT THEIR HEART IS FAR AWAY FROM ME.

7 Em vão, porém, me honram, ensinando doutrinas que são mandamentos de homens:

7 mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens.

7 Em vão me adoram; as doutrinas que ensinam não passam de ordenanças humanas’.

7 'BUT IN VAIN DO THEY WORSHIP ME, TEACHING AS DOCTRINES THE PRECEPTS OF MEN.'

8 Porque; deixando o mandamento de Deus, retendes a tradição dos homens; como o lavar dos jarros e dos copos; e fazeis muitas outras coisas semelhantes a estas.

8 Vós deixais o mandamento de Deus, e vos apegais à tradição dos homens.

8 E assim abandonais o mandamento de Deus, apegando-vos às tradições dos homens”.

8 "Neglecting the commandment of God, you hold to the tradition of men."

9 E dizia-lhes: Bem invalidais o mandamento de Deus para guardardes a vossa tradição.

9 Disse-lhes ainda: Bem sabeis rejeitar o mandamento de deus, para guardardes a vossa tradição.

9 E acrescentou-lhes: “Sabeis sempre encontrar um meio de negligenciar os mandamentos de Deus, com o propósito de estabelecerdes a vossa própria tradição!

9 He was also saying to them, "You are experts at setting aside the commandment of God in order to keep your tradition.

10 Porque Moisés disse: Honra a teu pai e a tua mãe; e quem maldisser, ou o pai ou a mãe, morrerá de morte:

10 Pois Moisés disse: Honra a teu pai e a tua mãe; e: Quem maldisser ao pai ou à mãe, certamente morrerá.

10 Porquanto Moisés afirmou: ‘Honra a teu pai e a tua mãe’. E mais: ‘Quem amaldiçoar a seu pai ou a sua mãe será condenado à pena de morte’.

10 "For Moses said, 'HONOR YOUR FATHER AND YOUR MOTHER'; and, 'HE WHO SPEAKS EVIL OF FATHER OR MOTHER, IS TO BE PUT TO DEATH';

11 Porém vós dizeis: Se um homem disser ao pai ou à mãe: Aquilo que poderias aproveitar de mim é Corbã, isto é, oferta ao Senhor;

11 Mas vós dizeis: Se um homem disser a seu pai ou a sua mãe: Aquilo que poderías aproveitar de mim é Corbã, isto é, oferta ao Senhor,

11 Contudo, vós afirmais: ‘Se uma pessoa disser a seu pai ou a sua mãe: ‘Os bens com os quais eu vos poderia ajudar são Corbã’, isto é, uma oferta dedicada ao Senhor,

11 but you say, 'If a man says to his father or his mother, whatever I have that would help you is Corban (that is to say, given to God),'

12 Nada mais lhe deixais fazer por seu pai ou por sua mãe,

12 não mais lhe permitis fazer coisa alguma por seu pai ou por sua mãe,

12 vós o desobrigais do dever de prestar qualquer ajuda de que seu pai ou sua mãe necessite.

12 you no longer permit him to do anything for his father or his mother;

13 Invalidando assim a palavra de Deus pela vossa tradição, que vós ordenastes. E muitas coisas fazeis semelhantes a estas.

13 invalidando assim a palavra de Deus pela vossa tradição que vós transmitistes; também muitas outras coisas semelhantes fazeis.

13 Assim, conseguis anular a eficácia da Palavra de Deus, por intermédio da tradição que vós próprios tendes transmitido. E, dessa mesma maneira, procedeis em relação a vários outros assuntos”.

13 thus invalidating the word of God by your tradition which you have handed down; and you do many things such as that."

14 E, chamando outra vez a multidão, disse-lhes: Ouvi-me vós todos, e compreendei.

14 E chamando a si outra vez a multidão, disse-lhes: Ouvi-me vós todos, e entendei.

14 Jesus conclamou novamente a multidão para junto de si e lhes anunciou: “Ouvi-me, todos, e entendei!

14 After He called the crowd to Him again, He began saying to them, "Listen to Me, all of you, and understand:

15 Nada há fora do homem que, entrando nele, o possa contaminar; mas o que sai dele isso é que contamina o homem.

15 Nada há fora do homem que, entrando nele, possa contaminá-lo; mas o que sai do homem, isso é que o contamina.

15 Nada existe fora da pessoa humana que, entrando nela, a possa tornar impura. Ao contrário, o que sai do ser humano é que o faz impuro.

15 there is nothing outside the man which can defile him if it goes into him; but the things which proceed out of the man are what defile the man.

16 Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça.

16 [Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça.]

16 Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça!”.

16 ["If anyone has ears to hear, let him hear."]

17 Depois, quando deixou a multidão, e entrou em casa, os seus discípulos o interrogavam acerca desta parábola.

17 Depois, quando deixou a multidão e entrou em casa, os seus discípulos o interrogaram acerca da parábola.

17 Então, após haver deixado a multidão e entrado em casa, os discípulos lhe pediram uma explanação sobre aquela parábola.

17 When he had left the crowd and entered the house, His disciples questioned Him about the parable.

18 E ele disse-lhes: Assim também vós estais sem entendimento? Não compreendeis que tudo o que de fora entra no homem não o pode contaminar,

18 Respondeu-lhes ele: Assim também vós estais sem entender? Não compreendeis que tudo o que de fora entra no homem não o pode contaminar,

18 Ao que Ele lhes declarou: “Ora, pois nem vós tendes tal entendimento? Não conseguis compreender que nada que entre no homem tem o poder de torná-lo impuro?

18 And He said to them, "Are you so lacking in understanding also? Do you not understand that whatever goes into the man from outside cannot defile him,

19 Porque não entra no seu coração, mas no ventre, e é lançado fora, ficando puras todas as comidas?

19 porque não lhe entra no coração, mas no ventre, e é lançado fora? Assim declarou puros todos os alimentos.

19 Porque efetivamente não entra em seu coração, mas sim em seu estômago, sendo digerido e depois expelido”. Ao fazer essa afirmação, Jesus proclamava puros todos os alimentos.

19 because it does not go into his heart, but into his stomach, and is eliminated?" (Thus He declared all foods clean.)

20 E dizia: O que sai do homem isso contamina o homem.

20 E prosseguiu: O que sai do homem , isso é que o contamina.

20 E disse mais: “O que sai do ser humano é o que o torna impuro”.

20 And He was saying, "That which proceeds out of the man, that is what defiles the man.

21 Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as prostituições, os homicídios,

21 Pois é do interior, do coração dos homens, que procedem os maus pensamentos, as prostituições, os furtos, os homicídios, os adultérios,

21 Pois é de dentro do coração dos homens que procedem aos maus pensamentos, as imoralidades sexuais, os furtos, os homicídios, os adultérios,

21 "For from within, out of the heart of men, proceed the evil thoughts, fornications, thefts, murders, adulteries,

22 Os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a dissolução, a inveja, a blasfémia, a soberba, a loucura.

22 a cobiça, as maldades, o dolo, a libertinagem, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a insensatez;

22 as ambições desmedidas, as maldades, o engano, a devassidão, a inveja, a difamação, a arrogância e a insensatez.

22 deeds of coveting and wickedness, as well as deceit, sensuality, envy, slander, pride and foolishness.

23 Todos estes males procedem de dentro e contaminam o homem.

23 todas estas más coisas procedem de dentro e contaminam o homem.

23 Ora, todos esses males procedem do interior, contaminam a pessoa humana e a tornam impura. Uma gentia manisfesta sua fé

23 "All these evil things proceed from within and defile the man."

24 E, levantando-se dali, foi para os termos de Tiro e de Sidon. E, entrando numa casa, não queria que alguém o soubesse, mas não pôde esconder-se;

24 Levantando-se dali, foi para as regiões de Tiro e Sidom. E entrando numa casa, não queria que ninguém o soubesse, mas não pode ocultar-se;

24 Então, partiu Jesus daquele lugar e foi para os arredores de Tiro e de Sidom. Entrou em uma casa e desejava que ninguém o soubesse; porém, não foi possível manter sua presença em segredo.

24 Jesus got up and went away from there to the region of Tyre. And when He had entered a house, He wanted no one to know of it; yet He could not escape notice.

25 Porque uma mulher, cuja filha tinha um espírito imundo, ouvindo falar dele, foi, e lançou-se aos seus pés.

25 porque logo, certa mulher, cuja filha estava possessa de um espírito imundo, ouvindo falar dele, veio e prostrou-se-lhe aos pés;

25 De fato, assim que ouviu falar sobre Ele, certa mulher, cuja filha pequena estava com um espírito imundo, chegou e atirou-se aos seus pés.

25 But after hearing of Him, a woman whose little daughter had an unclean spirit immediately came and fell at His feet.

26 E esta mulher era grega, sirofenícia de nação, e rogava-lhe que expulsasse de sua filha o demónio.

26 (ora, a mulher era grega, de origem siro-fenícia) e rogava-lhe que expulsasse de sua filha o demônio.

26 A mulher era grega, de origem siro-fenícia, e implorava a Jesus que expulsasse de sua filha, o demônio.

26 Now the woman was a Gentile, of the Syrophoenician race. And she kept asking Him to cast the demon out of her daughter.

27 Mas Jesus disse-lhe: Deixa primeiro saciar os filhos; porque não convém tomar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos.

27 Respondeu-lhes Jesus: Deixa que primeiro se fartem os filhos; porque não é bom tomar o pão dos filhos e lança-lo aos cachorrinhos.

27 Mas Jesus lhe explicou: “Deixa primeiro que os filhos se alimentem até ficarem satisfeitos; pois não é justo tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos”.

27 And He was saying to her, "Let the children be satisfied first, for it is not good to take the children's bread and throw it to the dogs."

28 Ela, porém, respondeu, e disse-lhe: Sim, Senhor; mas também os cachorrinhos comem, debaixo da mesa, as migalhas dos filhos.

28 Ela, porém, replicou, e disse-lhe: Sim, Senhor; mas também os cachorrinhos debaixo da mesa comem das migalhas dos filhos.

28 Ao que replicou-lhe a mulher: “Sim, Senhor, mas até os filhotes dos cães, debaixo da mesa, comem das migalhas das crianças!”.

28 But she answered and said to Him, "Yes, Lord, but even the dogs under the table feed on the children's crumbs."

29 Então ele disse-lhe: Por essa palavra, vai; o demónio já saiu de tua filha.

29 Então ele lhe disse: Por essa palavra, vai; o demônio já saiu de tua filha.

29 Então Ele lhe declarou: “Por causa dessa tua resposta, podes ir em paz; o demônio já saiu de tua filhinha”.

29 And He said to her, "Because of this answer go; the demon has gone out of your daughter."

30 E, indo ela para sua casa; achou a filha deitada sobre a cama, e que o demónio já tinha saído.

30 E, voltando ela para casa, achou a menina deitada sobre a cama, e que o demônio já havia saído.

30 Ao retornar ela para sua casa encontrou a criança jogada sobre a cama, pois o demônio a havia abandonado. A cura de um surdo-gago

30 And going back to her home, she found the child lying on the bed, the demon having left.

31 E ele, tornando a sair dos termos de Tiro e de Sidon, foi até ao mar da Galiléia, pelos confins de Decápolis.

31 Tendo Jesus partido das regiões de Tiro, foi por Sidom até o mar da Galiléia, passando pelas regiões de Decápolis.

31 Outra vez, saindo Jesus das terras de Tiro, seguiu em direção ao mar da Galiléia, passando por Sidom e atravessando a região de Decápolis.

31 Again He went out from the region of Tyre, and came through Sidon to the Sea of Galilee, within the region of Decapolis.

32 E trouxeram-lhe um surdo, que falava dificilmente; e rogaram que pusesse a mão sobre ele.

32 E trouxeram-lhe um surdo, que falava dificilmente; e rogaram-lhe que pusesse a mão sobre ele.

32 Então, algumas pessoas lhe apresentaram um homem que era surdo e mal podia falar, e lhe suplicaram que impusesse sua mão sobre ele.

32 They brought to Him one who was deaf and spoke with difficulty, and they implored Him to lay His hand on him.

33 E, tirando-o à parte de entre a multidão, meteu-lhe os dedos nos ouvidos; e, cuspindo-lhe, tocou-lhe na língua.

33 Jesus, pois, tirou-o de entre a multidão, à parte, meteu-lhe os dedos nos ouvidos e, cuspindo, tocou-lhe na língua;

33 Jesus conduziu o homem, a sós, para longe da multidão, e colocou os dedos nas orelhas dele. Em seguida, cuspiu e tocou na língua daquele homem.

33 Jesus took him aside from the crowd, by himself, and put His fingers into his ears, and after spitting, He touched his tongue with the saliva;

34 E, levantando os olhos ao céu, suspirou, e disse: Efata; isto é: Abre-te.

34 e erguendo os olhos ao céu, suspirou e disse-lhe: Efatá; isto é Abre-te.

34 Depois, levantando os olhos para o céu e, com um profundo suspiro, ordenou: “Efatá!”, que quer dizer: “Abre-te!”

34 and looking up to heaven with a deep sigh, He said to him, "Ephphatha!" that is, "Be opened!"

35 E logo se abriram os seus ouvidos, e a prisão da língua se desfez, e falava perfeitamente.

35 E abriram-se-lhe os ouvidos, a prisão da língua se desfez, e falava perfeitamente.

35 Imediatamente, os ouvidos do homem se abriram, sua língua desprendeu-se e ele começou a falar fluentemente.

35 And his ears were opened, and the impediment of his tongue was removed, and he began speaking plainly.

36 E ordenou-lhes que a ninguém o dissessem; mas, quanto mais lho proibia, tanto mais o divulgavam.

36 Então lhes ordenou Jesus que a ninguém o dissessem; mas, quando mais lho proibia, tanto mais o divulgavam.

36 Entretanto, Jesus ordenou-lhes que não dissessem a ninguém o que ali se passara. Contudo, quanto mais Ele recomendava, tanto mais eles o divulgavam.

36 And He gave them orders not to tell anyone; but the more He ordered them, the more widely they continued to proclaim it.

37 E, admirando-se sobremaneira, diziam: Tudo faz bem; faz ouvir os surdos e falar os mudos.

37 E se maravilhavam sobremaneira, dizendo: Tudo tem feito bem; faz até os surdos ouvir e os mudos falar.

37 As multidões ficavam sobremodo maravilhadas e proclamavam: “Ele faz tudo de forma esplêndida! Faz tanto os surdos ouvirem como os mudos falarem”.

37 They were utterly astonished, saying, "He has done all things well; He makes even the deaf to hear and the mute to speak."



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org