Oseias 7




1 “Ora, quando empreendo ações para sarar e restaurar Israel, tudo o que observo são as malignidades de Efraim e os crimes de Samaria; porquanto vivem na prática do engano e das fraudes; ladrões invadem as casas e o bando dos assaltantes despoja nas ruas.
2 Mas eles não atinam para o fato de que Eu me recordo de todas as suas más atitudes. Seus pecados os envolvem, e Eu os observo atentamente, sem parar.
3 Eis que são hábeis em fazer a alegria dos governantes com suas malignidades, e divertem os líderes, com as suas mentiras.
4 São todos adúlteros, são semelhantes a um forno cujo fogo o padeiro não precisa atiçar, desde o amassar da massa até que seja levedada.
5 E os príncipes perderam o bom senso e adoeceram de tanto vinho que beberam no dia da festa do nosso rei; e, diante dos zombadores, o rei fez todo tipo de tolices.
6 Ora, eles têm preparado o próprio coração como quem cuida de um forno, enquanto estão à espreita e fazendo intrigas. O ódio deles arde lentamente durante toda a noite, mas logo pela manhã queima com chamas abrasadoras.
7 Todos eles se esquentam como um forno, e devoram os seus governantes e juízes; todos os seus reis caem; não há ninguém entre eles que clame pelo meu Nome e que fale comigo em oração.
8 Efraim mistura-se com as nações pagãs; Efraim é um bolo mal assado, que não foi virado.
9 Estrangeiros de toda parte sugam a sua força, mas ele nem sequer nota. Seus cabelos vão branqueando, como cinza espalhada sobre a cabeça, mas ele nem repara nesse sinal.
10 A arrogância de Israel é a maior testemunha contra ele; todavia, apesar de tudo isso, ele não se arrepende e nem volta para Yahweh, para o seu Elohim, Deus. Israel nem mesmo procura a minha ajuda!
11 Ora, Efraimé como uma pomba facilmente persuadida e enganada por causa da sua falta de sabedoria; ora apela ao Egito, ora volta-se para a Assíria.
12 Contudo, Eu os agarrarei como quem pega pássaros com uma rede. Eu os punirei severamente, de acordo com as mensagens que têm ouvido na sua comunidade.
13 Ai dessa gente! Jamais deveriam ter me desprezado! Ó destruição vem sobre eles, porquanto se rebelaram e teimaram em se afastar de mim! Eu desejo redimi-los, mas eles falam mentiras a meu respeito.
14 Eles não clamam por mim com sinceridade de coração quando gemem orando em seus leitos; reúnem-se alegremente por causa do trigo e do vinho, mas fogem da minha presença.
15 No entanto, fui Eu que os ensinei e lhes fortaleci os braços; contudo, tramam o mal contra mim.
16 Eles voltam, mas não na direção certa do ‘Al, Altíssimo. São como um arco fraudulento. Eis que seus príncipes e líderes tombam mediante o fio da espada por causa da insolência da sua língua. E por isso, sofrerão zombarias por parte de todo o povo do Egito.


Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.