Provérbios 15



1 A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.

1 A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.

1 A resposta branda desvia o furor, mas a palavra ríspida desperta a violência.

1 A gentle answer turns away wrath, But a harsh word stirs up anger.

2 A língua dos sábios adorna a sabedoria, mas a boca dos tolos derrama a estultícia.

2 A língua dos sábios destila o conhecimento; porém a boca dos tolos derrama a estultícia.

2 A língua dos sábios torna o ensino interessante, mas a boca dos insensatos é fonte de tolices.

2 The tongue of the wise makes knowledge acceptable, But the mouth of fools spouts folly.

3 Os olhos do SENHOR estão em todo lugar, contemplando os maus e os bons.

3 Os olhos do Senhor estão em todo lugar, vigiando os maus e os bons.

3 Os olhos do SENHOR estão em toda parte: Ele observa atentamente os maus e os bons!

3 The eyes of the LORD are in every place, Watching the evil and the good.

4 Uma língua saudável é árvore de vida, mas a perversidade nela quebranta o espírito.

4 Uma língua suave é árvore de vida; mas a língua perversa quebranta o espírito.

4 As palavras bondosas revigoram a nossa vida, entretanto o falar perverso desanima o espírito.

4 A soothing tongue is a tree of life, But perversion in it crushes the spirit.

5 O tolo despreza a correção de seu pai, mas o que observa a repreensão prudentemente se haverá.

5 O insensato despreza a correção e seu pai; mas o que atende à admoestação prudentemente se haverá.

5 O tolo despreza as orientações de seu pai, mas quem compreende bem a repreensão demonstra sabedoria.

5 A fool rejects his father's discipline, But he who regards reproof is sensible.

6 Na casa do justo há um grande tesouro, mas nos frutos do ímpio há perturbação.

6 Na casa do justo há um grande tesouro; mas nos lucros do ímpio há perturbação.

6 A casa do justo contém grande tesouro, mas os rendimentos dos ímpios lhes trazem preocupação.

6 Great wealth is in the house of the righteous, But trouble is in the income of the wicked.

7 Os lábios dos sábios derramarão o conhecimento, mas o coração dos tolos não fará assim.

7 Os lábios dos sábios difundem conhecimento; mas não o faz o coração dos tolos.

7 As palavras dos sábios divulgam conhecimento; mas o coração dos insensatos não procede assim.

7 The lips of the wise spread knowledge, But the hearts of fools are not so.

8 O sacrifício dos ímpios é abominável ao SENHOR, mas a oração dos retos é o seu contentamento.

8 O sacrifício dos ímpios é abominável ao Senhor; mas a oração dos retos lhe é agradável.

8 O SENHOR detesta as ofertas e sacrifícios dos ímpios, mas a oração dos justos é o seu contentamento.

8 The sacrifice of the wicked is an abomination to the LORD, But the prayer of the upright is His delight.

9 O caminho do ímpio é abominável ao SENHOR, mas ele ama o que segue a justiça.

9 O caminho do ímpio é abominável ao Senhor; mas ele ama ao que segue a justiça.

9 O SENHOR odeia as trilhas dos perversos, mas ama quem segue a justiça.

9 The way of the wicked is an abomination to the LORD, But He loves one who pursues righteousness.

10 Correção molesta há para o que deixa a vereda, e o que aborrece a repreensão morrerá.

10 Há disciplina severa para o que abandona a vereda; e o que aborrece a repreensão morrerá.

10 Há um severo castigo para quem abandona o caminho do bem, e quem não suporta ser corrigido encontrará a morte.

10 Grievous punishment is for him who forsakes the way; He who hates reproof will die.

11 O inferno e a perdição estão perante o SENHOR; quanto mais o coração dos filhos dos homens!

11 O Seol e o Abadom estão abertos perante o Senhor; quanto mais o coração dos filhos dos homens!

11 O Além e o Inferno estão abertos diante do SENHOR, quanto mais os corações dos homens!

11 Sheol and Abaddon lie open before the LORD, How much more the hearts of men!

12 Não ama o escarnecedor aquele que o repreende, nem se chegará para os sábios.

12 O escarnecedor não gosta daquele que o repreende; não irá ter com os sábios.

12 O escarnecedor não gosta de quem o corrige, tampouco busca a ajuda dos sábios.

12 A scoffer does not love one who reproves him, He will not go to the wise.

13 O coração alegre aformoseia o rosto, mas, pela dor do coração, o espírito se abate.

13 O coração alegre aformoseia o rosto; mas pela dor do coração o espírito se abate.

13 A alegria do coração ilumina todo o rosto, mas a tristeza da alma abate todo o corpo.

13 A joyful heart makes a cheerful face, But when the heart is sad, the spirit is broken.

14 O coração sábio buscará o conhecimento, mas a boca dos tolos se apascentará de estultícia.

14 O coração do inteligente busca o conhecimento; mas a boca dos tolos se apascenta de estultícia.

14 O coração que sabe discernir busca o conhecimento; todavia, a boca dos insensatos alimenta-se de tolices.

14 The mind of the intelligent seeks knowledge, But the mouth of fools feeds on folly.

15 Todos os dias do aflito são maus, mas o de coração alegre tem um banquete contínuo.

15 Todos os dias do aflito são maus; mas o coração contente tem um banquete contínuo.

15 Todos os dias são tristes para os que mantêm o coração aflito, mas a vida é agradável para as pessoas que buscam alegrar a alma.

15 All the days of the afflicted are bad, But a cheerful heart has a continual feast.

16 Melhor é o pouco com o temor do SENHOR do que um grande tesouro onde há inquietação.

16 Melhor é o pouco com o temor do Senhor, do que um grande tesouro, e com ele a inquietação.

16 É melhor possuir poucos bens com o temor do SENHOR do que ser rico e viver infeliz.

16 Better is a little with the fear of the LORD Than great treasure and turmoil with it.

17 Melhor é a comida de hortaliça onde há amor do que o boi gordo e, com ele, o ódio.

17 Melhor é um prato de hortaliça, onde há amor, do que o boi gordo, e com ele o ódio.

17 É melhor comer um prato de hortaliças, onde há amor, do que ter um boi cevado acompanhado de ódio na refeição.

17 Better is a dish of vegetables where love is Than a fattened ox served with hatred.

18 O homem iracundo suscita contendas, mas o longânimo apaziguará a luta.

18 O homem iracundo suscita contendas; mas o longânimo apazigua a luta.

18 A pessoa que se irrita facilmente provoca dissensão, mas o paciente acalma as discussões.

18 A hot-tempered man stirs up strife, But the slow to anger calms a dispute.

19 O caminho do preguiçoso é como a sebe de espinhos, mas a vereda dos retos está bem igualada.

19 O caminho do preguiçoso é como a sebe de espinhos; porém a vereda dos justos é uma estrada real.

19 O preguiçoso encontra obstáculos por onde quer que passe, mas a vereda dos justos é uma estrada plana.

19 The way of the lazy is as a hedge of thorns, But the path of the upright is a highway.

20 O filho sábio alegrará a seu pai, mas o homem insensato despreza a sua mãe.

20 O filho sábio alegra a seu pai; mas o homem insensato despreza a sua mãe.

20 O filho sábio proporciona alegrias a seu pai, mas o insensato despreza sua própria mãe.

20 A wise son makes a father glad, But a foolish man despises his mother.

21 A estultícia é alegria para o que carece de entendimento, mas o homem sábio anda retamente.

21 A estultícia é alegria para o insensato; mas o homem de entendimento anda retamente.

21 As tolices alegram quem não tem bom senso, mas a pessoa de entendimento prefere as atitudes corretas.

21 Folly is joy to him who lacks sense, But a man of understanding walks straight.

22 Onde não há conselho os projetos saem vãos, mas, com a multidão de conselheiros, se confirmarão.

22 Onde não há conselho, frustram-se os projetos; mas com a multidão de conselheiros se estabelecem.

22 Onde não existe conselho fracassam os bons planos, mas com a cooperação de muitos conselheiros há grande êxito.

22 Without consultation, plans are frustrated, But with many counselors they succeed.

23 O homem se alegra na resposta da sua boca, e a palavra, a seu tempo, quão boa é!

23 O homem alegra-se em dar uma resposta adequada; e a palavra a seu tempo quão boa é!

23 Expressar a própria opinião é motivo de alegria; e como faz bem o conselho certo na hora necessária!

23 A man has joy in an apt answer, And how delightful is a timely word!

24 Para o sábio, o caminho da vida é para cima, para que ele se desvie do inferno que está embaixo.

24 Para o sábio o caminho da vida é para cima, a fim de que ele se desvie do Seol que é em baixo.

24 A pessoa sábia escolhe o Caminho da vida, que conduz para cima, e assim evita as trilhas que descem para o inferno.

24 The path of life leads upward for the wise That he may keep away from Sheol below.

25 O SENHOR arrancará a casa dos soberbos, mas firmará a herança da viúva.

25 O Senhor desarraiga a casa dos soberbos, mas estabelece a herança da viúva.

25 O SENHOR derruba a casa do arrogante; entretanto, mantém intactos os limites da propriedade da pobre viúva.

25 The LORD will tear down the house of the proud, But He will establish the boundary of the widow.

26 Abomináveis são para o SENHOR os pensamentos do mau, mas as palavras dos limpos são aprazíveis.

26 Os desígnios dos maus são abominação para o Senhor; mas as palavras dos limpos lhe são aprazíveis.

26 Abomináveis são para o SENHOR os pensamentos dos maus, porém Ele se agrada sobremaneira de palavras sinceras ditas com bondade.

26 Evil plans are an abomination to the LORD, But pleasant words are pure.

27 O que se dá à cobiça perturba a sua casa, mas o que aborrece as dádivas viverá.

27 O que se dá à cobiça perturba a sua própria casa; mas o que aborrece a peita viverá.

27 O avarento coloca sua própria família em apuros, mas quem repudia o suborno viverá mais e melhor.

27 He who profits illicitly troubles his own house, But he who hates bribes will live.

28 O coração do justo medita o que há de responder, mas a boca dos ímpios derrama em abundância coisas más.

28 O coração do justo medita no que há de responder; mas a boca dos ímpios derrama coisas más.

28 O justo medita antes de responder, mas a boca dos ímpios faz jorrar o mal.

28 The heart of the righteous ponders how to answer, But the mouth of the wicked pours out evil things.

29 Longe está o SENHOR dos ímpios, mas escutará a oração dos justos.

29 Longe está o Senhor dos ímpios, mas ouve a oração dos justos.

29 O SENHOR está longe dos perversos, mas seus ouvidos estão próximos à oração dos justos.

29 The LORD is far from the wicked, But He hears the prayer of the righteous.

30 A luz dos olhos alegra o coração; a boa fama engorda os ossos.

30 A luz dos olhos alegra o coração, e boas-novas engordam os ossos.

30 Um olhar amigo consola e anima o coração; uma boa notícia revigora a alma.

30 Bright eyes gladden the heart; Good news puts fat on the bones.

31 Os ouvidos que escutam a repreensão da vida no meio dos sábios farão a sua morada.

31 O ouvido que escuta a advertência da vida terá a sua morada entre os sábios.

31 Quem acolhe bem a repreensão construtiva terá sempre lugar entre os sábios!

31 He whose ear listens to the life-giving reproof Will dwell among the wise.

32 O que rejeita a correção menospreza a sua alma, mas o que escuta a repreensão adquire entendimento.

32 Quem rejeita a correção menospreza a sua alma; mas aquele que escuta a advertência adquire entendimento.

32 Quem recusa a disciplina despreza sua própria pessoa, mas quem compreende a repreensão adquire ainda mais entendimento.

32 He who neglects discipline despises himself, But he who listens to reproof acquires understanding.

33 O temor do SENHOR é a instrução da sabedoria, e diante da honra vai a humildade. 

33 O temor do Senhor é a instrução da sabedoria; e adiante da honra vai a humildade.

33 A sabedoria ministra o temor do SENHOR, e a humildade antecede a honra.

33 The fear of the LORD is the instruction for wisdom, And before honor comes humility.



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org