Provérbios 18



1 Busca seu próprio desejo aquele que se separa; ele insurge-se contra a verdadeira sabedoria.

1 Aquele que vive isolado busca seu próprio desejo; insurge-se contra a verdadeira sabedoria.

1 O solitário busca seu próprio interesse e rebela-se contra a verdadeira sabedoria.

1 He who separates himself seeks his own desire, He quarrels against all sound wisdom.

2 Não toma prazer o tolo no entendimento, senão em que se descubra o seu coração.

2 O tolo não toma prazer no entendimento, mas tão somente em revelar a sua opinião.

2 O insensato não tem prazer no entendimento, mas sim em fazer valer seu modo de vida.

2 A fool does not delight in understanding, But only in revealing his own mind.

3 Vindo o ímpio, vem também o desprezo; e, com a ignomínia, a vergonha.

3 Quando vem o ímpio, vem também o desprezo; e com a desonra vem o opróbrio.

3 Vindo a impiedade, vem também o desprezo; e com a desonra, a vergonha.

3 When a wicked man comes, contempt also comes, And with dishonor comes scorn.

4 Águas profundas são as palavras da boca do homem, e ribeiro transbordante é a fonte da sabedoria.

4 Aguas profundas são as palavras da boca do homem; e a fonte da sabedoria é um ribeiro que corre.

4 Águas profundas são as palavras articuladas pelos seres humanos, mas a fonte da sabedoria é como um ribeiro transbordante.

4 The words of a man's mouth are deep waters; The fountain of wisdom is a bubbling brook.

5 Não é bom ter respeito à pessoa do ímpio, para derribar o justo em juízo.

5 Não é bom ter respeito à pessoa do impio, nem privar o justo do seu direito.

5 Não é direito favorecer os ímpios para privar da justiça o justo.

5 To show partiality to the wicked is not good, Nor to thrust aside the righteous in judgment.

6 Os lábios do tolo entram na contenda, e a sua boca brada por açoites.

6 Os lábios do tolo entram em contendas, e a sua boca clama por açoites.

6 As palavras do insensato provocam contendas, e sua língua clama por açoites.

6 A fool's lips bring strife, And his mouth calls for blows.

7 A boca do tolo é a sua própria destruição, e os seus lábios, um laço para a sua alma.

7 A boca do tolo é a sua própria destruição, e os seus lábios um laço para a sua alma.

7 A boca do insensato é sua própria desgraça, e seus lábios, uma verdadeira cilada para sua alma.

7 A fool's mouth is his ruin, And his lips are the snare of his soul.

8 As palavras do linguareiro são como doces bocados, e elas descem ao íntimo do ventre.

8 As palavras do difamador são como bocados doces, que penetram até o íntimo das entranhas.

8 As palavras do caluniador são como finas iguarias: descem até o íntimo do ser humano.

8 The words of a whisperer are like dainty morsels, And they go down into the innermost parts of the body.

9 Também o negligente na sua obra é irmão do desperdiçador.

9 Aquele que é remisso na sua obra é irmão do que é destruidor.

9 Quem é negligente no seu trabalho é irmão do destruidor.

9 He also who is slack in his work Is brother to him who destroys.

10 Torre forte é o nome do SENHOR; para ela correrá o justo e estará em alto retiro.

10 Torre forte é o nome do Senhor; para ela corre o justo, e está seguro.

10 O Nome do SENHOR é Torre Forte, sob a qual o justo busca refúgio e permanece seguro!

10 The name of the LORD is a strong tower; The righteous runs into it and is safe.

11 A fazenda do rico é sua cidade forte e, como um muro alto, na sua imaginação.

11 Os bens do rico são a sua cidade forte, e como um muro alto na sua imaginação.

11 Os bens dos avarentos constituem sua cidade fortificada: eles imaginam que ela seja inexpugnável.

11 A rich man's wealth is his strong city, And like a high wall in his own imagination.

12 Antes de ser quebrantado, eleva-se o coração do homem; e, diante da honra, vai a humildade.

12 Antes da ruína eleva-se o coração do homem; e adiante da honra vai a humildade.

12 Pouco antes da sua queda, o coração do homem se enche de arrogância; a humildade, contudo, antecede a honra!

12 Before destruction the heart of man is haughty, But humility goes before honor.

13 Responder antes de ouvir é estultícia e vergonha.

13 Responder antes de ouvir, é estultícia e vergonha.

13 Quem responde antes de ouvir comete grande tolice e passa vergonha!

13 He who gives an answer before he hears, It is folly and shame to him.

14 O espírito do homem aliviará a sua enfermidade, mas ao espírito abatido, quem o levantará?

14 O espírito do homem o sustentará na sua enfermidade; mas ao espírito abatido quem o levantará?

14 A alma bem disposta sustém o ser humano durante sua doença, mas o espírito deprimido, quem o pode suportar?

14 The spirit of a man can endure his sickness, But as for a broken spirit who can bear it?

15 O coração do sábio adquire o conhecimento, e o ouvido dos sábios busca a ciência.

15 O coração do entendido adquire conhecimento; e o ouvido dos sábios busca conhecimento;

15 O coração do que possui discernimento adquire conhecimento, e o ouvido dos sábios anseia por mais entendimento.

15 The mind of the prudent acquires knowledge, And the ear of the wise seeks knowledge.

16 O presente do homem alarga-lhe o caminho e leva-o à presença dos grandes.

16 O presente do homem alarga-lhe o caminho, e leva-o à presença dos grandes.

16 Um bom presente desobstrui a passagem para aquele que o entrega, e o conduz à presença das pessoas que decidem.

16 A man's gift makes room for him And brings him before great men.

17 O que primeiro começa o seu pleito justo parece; mas vem o seu companheiro e o examina.

17 O que primeiro começa o seu pleito parece justo; até que vem o outro e o examina.

17 A primeira pessoa a apresentar sua causa sempre parece ter razão, até que outra pessoa venha à frente e defenda sua tese.

17 The first to plead his case seems right, Until another comes and examines him.

18 A sorte faz cessar os pleitos e faz separação entre os poderosos.

18 A sorte faz cessar os pleitos, e decide entre os poderosos.

18 Quando os poderosos se enfrentam no tribunal, lançar as pedras da sorte indica uma decisão para as questões.

18 The cast lot puts an end to strife And decides between the mighty ones.

19 O irmão ofendido é mais difícil de conquistar do que uma cidade forte; e as contendas são como ferrolhos de um palácio.

19 um irmão ajudado pelo irmão é como uma cidade fortificada; é forte como os ferrolhos dum castelo.

19 É muito mais difícil reaver a amizade de um irmão ofendido que conquistar uma cidade fortificada; e as discussões são como as grandes portas trancadas de um castelo.

19 A brother offended is harder to be won than a strong city, And contentions are like the bars of a citadel.

20 Do fruto da boca de cada um se fartará o seu ventre; dos renovos dos seus lábios se fartará.

20 O homem se fartará do fruto da sua boca; dos renovos dos seus lábios se fartará.

20 Do fruto da boca o coração se farta; a língua faz todo o corpo responsável pelas consequências de suas palavras!

20 With the fruit of a man's mouth his stomach will be satisfied; He will be satisfied with the product of his lips.

21 A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto.

21 A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto.

21 A língua tem poder sobre a vida e sobre a morte; os que a usam habilmente serão recompensados.

21 Death and life are in the power of the tongue, And those who love it will eat its fruit.

22 O que acha uma mulher acha uma coisa boa e alcançou a benevolência do SENHOR.

22 Quem encontra uma esposa acha uma coisa boa; e alcança o favor do Senhor.

22 Quem encontra uma esposa descobre algo excelente: recebeu uma bênção especial do SENHOR.

22 He who finds a wife finds a good thing And obtains favor from the LORD.

23 O pobre fala com rogos, mas o rico responde com durezas.

23 O pobre fala com rogos; mas o rico responde com durezas.

23 O pobre se expressa com súplicas, mas o rico avarento responde com arrogância.

23 The poor man utters supplications, But the rich man answers roughly.

24 O homem que tem muitos amigos pode congratular-se, mas há amigo mais chegado do que um irmão.

24 O homem que tem muitos amigos, tem-nos para a sua ruína; mas há um amigo que é mais chegado do que um irmão.

24 Cuidado! As muitas amizades podem levar à ruína, mas existe amigo mais chegado que um irmão.

24 A man of too many friends comes to ruin, But there is a friend who sticks closer than a brother.



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org