Provérbios 25



1 Também estes são provérbios de Salomão, os quais transcreveram os homens de Ezequias, rei de Judá.

1 Também estes são provérbios de Salomão, os quais transcreveram os homens de Ezequias, rei de Judá.

1 Estes são outros provérbios de Salomão, os quais foram transcritos pelos servos de Ezequias, rei de Judá:

1 These also are proverbs of Solomon which the men of Hezekiah, king of Judah, transcribed.

2 A glória de Deus é encobrir o negócio, mas a glória dos reis é tudo investigar.

2 A glória de Deus é encobrir as coisas; mas a glória dos reis é esquadrinhá-las.

2 A glória de Deus é ocultar certos conhecimentos; tentar desvendá-los é a glória

2 It is the glory of God to conceal a matter, But the glory of kings is to search out a matter.

3 Para a altura dos céus, e para a profundeza da terra, e para o coração dos reis, não há investigação alguma.

3 Como o céu na sua altura, e como a terra na sua profundidade, assim o coração dos reis é inescrutável.

3 A altura do céu, a profundidade da terra e o coração dos soberanos, são lugares insondáveis.

3 As the heavens for height and the earth for depth, So the heart of kings is unsearchable.

4 Tira da prata as escórias, e sairá vaso para o fundidor.

4 Tira da prata a escória, e sairá um vaso para o fundidor.

4 Tira as escórias da prata e ela ficará absolutamente pura;

4 Take away the dross from the silver, And there comes out a vessel for the smith;

5 Tira o ímpio da presença do rei, e o seu trono se firmará na justiça.

5 Tira o ímpio da presença do rei, e o seu trono se firmará na justiça.

5 tira o ímpio da presença do rei e seu trono se firmará na justiça.

5 Take away the wicked before the king, And his throne will be established in righteousness.

6 Não te glories na presença do rei, nem te ponhas no lugar dos grandes;

6 Não reclames para ti honra na presença do rei, nem te ponhas no lugar dos grandes;

6 Não te vanglories diante do rei, nem reivindiques um lugar entre as pessoas mais importantes;

6 Do not claim honor in the presence of the king, And do not stand in the place of great men;

7 porque melhor é que te digam: Sobe para aqui, do que seres humilhado diante do príncipe a quem já os teus olhos viram.

7 porque melhor é que te digam: Sobe, para aqui; do que seres humilhado perante o príncipe.

7 pois é muito melhor que o próprio rei te convide: “Sobe até aqui!”, do que seres humilhado na frente das autoridades.

7 For it is better that it be said to you, "Come up here," Than for you to be placed lower in the presence of the prince, Whom your eyes have seen.

8 Não te apresses a litigar, para depois, ao fim, não saberes o que hás de fazer, podendo-te confundir o teu próximo.

8 O que os teus olhos viram, não te apresses a revelar, para depois, ao fim, não saberes o que hás de fazer, podendo-te confundir o teu próximo.

8 Não conduzas precipitadamente alguém ao tribunal, pois como agirás caso teu oponente te desminta?

8 Do not go out hastily to argue your case; Otherwise, what will you do in the end, When your neighbor humiliates you?

9 Pleiteia a tua causa com o teu próximo mesmo e não descubras o segredo de outro;

9 Pleiteia a tua causa com o teu próximo mesmo; e não reveles o segredo de outrem;

9 Busca resolver tua causa diretamente com o teu próximo, mas não reveles qualquer segredo de outra pessoa,

9 Argue your case with your neighbor, And do not reveal the secret of another,

10 para que não te desonre o que o ouvir, não se apartando de ti a infâmia.

10 para que não te desonre aquele que o ouvir, não se apartando de ti a infâmia.

10 caso contrário, quem te ouvir poderá te difamar e jamais recuperarás tua reputação!

10 Or he who hears it will reproach you, And the evil report about you will not pass away.

11 Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.

11 Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.

11 Maçãs de ouro com enfeites de prata é a palavra falada em tempo oportuno.

11 Like apples of gold in settings of silver Is a word spoken in right circumstances.

12 Como pendentes de ouro e gargantilhas de ouro fino, assim é o sábio repreensor para o ouvido ouvinte.

12 Como pendentes de ouro e gargantilhas de ouro puro, assim é o sábio repreensor para o ouvido obediente.

12 Anel de ouro ou colar de ouro fino é a censura do sábio para o ouvido atento.

12 Like an earring of gold and an ornament of fine gold Is a wise reprover to a listening ear.

13 Como frieza de neve no tempo da sega, assim é o mensageiro fiel para com os que o enviam; porque alegra a alma dos seus senhores.

13 Como o frescor de neve no tempo da sega, assim é o mensageiro fiel para com os que o enviam, porque refrigera o espírito dos seus senhores.

13 Como o frescor da neve num dia de ceifa é o mensageiro fiel para quem o envia: ele reconforta a vida do seu senhor.

13 Like the cold of snow in the time of harvest Is a faithful messenger to those who send him, For he refreshes the soul of his masters.

14 Como nuvens e ventos que não trazem chuva, assim é o homem que se gaba falsamente de dádivas.

14 como nuvens e ventos que não trazem chuva, assim é o homem que se gaba de dádivas que não fez.

14 Nuvens e ventos e nada de chuva, assim é a pessoa que promete mas não cumpre.

14 Like clouds and wind without rain Is a man who boasts of his gifts falsely.

15 Pela longanimidade se persuade o príncipe, e a língua branda quebranta os ossos.

15 Pela longanimidade se persuade o príncipe, e a língua branda quebranta os ossos.

15 Com paciência dobra-se um magistrado, e a língua macia pode quebrar ossos.

15 By forbearance a ruler may be persuaded, And a soft tongue breaks the bone.

16 Achaste mel? Come o que te basta; para que, porventura, não te fartes dele e o venhas a vomitar.

16 Se achaste mel, come somente o que te basta, para que porventura não te fartes dele, e o venhas a vomitar.

16 Encontraste mel? Come o suficiente, para que não fiques enjoado e o vomites.

16 Have you found honey? Eat only what you need, That you not have it in excess and vomit it.

17 Retira o pé da casa do teu próximo, para que se não enfade de ti e te aborreça.

17 Põe raramente o teu pé na casa do teu próximo, para que não se enfade de ti, e te aborreça.

17 Teu pé seja raro na casa do teu próximo, para que ele não se enjoe de ti, e venha a te odiar.

17 Let your foot rarely be in your neighbor's house, Or he will become weary of you and hate you.

18 Martelo, e espada, e flecha aguda é o homem que levanta falso testemunho contra o seu próximo.

18 Malho, e espada, e flecha aguda é o homem que levanta falso testemunho contra o seu próximo.

18 Assim como uma arma, uma espada ou uma flecha aguda, é o perigo daquele que diz mentiras contra o seu próximo.

18 Like a club and a sword and a sharp arrow Is a man who bears false witness against his neighbor.

19 Como dente quebrado e pé deslocado, assim é a confiança no desleal, no tempo da angústia.

19 Como dente quebrado, e pé deslocado, é a confiança no homem desleal, no dia da angústia.

19 Dente que balança e pé deslocado são atitudes semelhantes a confiar no traidor no dia da aflição!

19 Like a bad tooth and an unsteady foot Is confidence in a faithless man in time of trouble.

20 O que entoa canções junto ao coração aflito é como aquele que se despe num dia de frio e como vinagre sobre salitre.

20 O que entoa canções ao coração aflito é como aquele que despe uma peça de roupa num dia de frio, e como vinagre sobre a chaga.

20 Como tirar a própria roupa num dia de frio, ou derramar vinagre numa ferida é ter de cantar com o coração entristecido!

20 Like one who takes off a garment on a cold day, or like vinegar on soda, Is he who sings songs to a troubled heart.

21 Se o que te aborrece tiver fome, dá-lhe pão para comer; e, se tiver sede, dá-lhe água para beber,

21 Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe pão para comer, e se tiver sede, dá-lhe água para beber;

21 Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber.

21 If your enemy is hungry, give him food to eat; And if he is thirsty, give him water to drink;

22 porque, assim, brasas lhe amontoarás sobre a cabeça; e o SENHOR to pagará.

22 porque assim lhe amontoarás brasas sobre a cabeça, e o Senhor te recompensará.

22 É procedendo assim que amontoarás brasas vivas sobre a cabeça dele, e Yahweh, o SENHOR, te recompensará!

22 For you will heap burning coals on his head, And the LORD will reward you.

23 O vento norte afugenta a chuva, e a língua fingida, a face irada.

23 O vento norte traz chuva, e a língua caluniadora, o rosto irado.

23 Como o vento norte traz chuva, assim a língua fingida provoca olhar irado.

23 The north wind brings forth rain, And a backbiting tongue, an angry countenance.

24 Melhor é morar num canto de umas águas-furtadas do que com a mulher rixosa numa casa ampla.

24 Melhor é morar num canto do eirado, do que com a mulher rixosa numa casa ampla.

24 Melhor é viver solitário, num canto sob o telhado, do que repartir a casa com uma mulher briguenta.

24 It is better to live in a corner of the roof Than in a house shared with a contentious woman.

25 Como água fria para uma alma cansada, assim são as boas-novas de terra remota.

25 Como água fresca para o homem sedento, tais são as boas-novas de terra remota.

25 Como água fresca para a garganta sedenta é a boa notícia quando chega de uma terra distante.

25 Like cold water to a weary soul, So is good news from a distant land.

26 Como fonte turva e manancial corruto, assim é o justo que cai diante do ímpio.

26 Como fonte turva, e manancial poluído, assim é o justo que cede lugar diante do ímpio.

26 Fonte turvada e nascente poluída é o justo que se amedronta na frente do ímpio.

26 Like a trampled spring and a polluted well Is a righteous man who gives way before the wicked.

27 Comer muito mel não é bom; assim, a investigação da própria glória não é glória.

27 comer muito mel não é bom; não multipliques, pois, as palavras de lisonja.

27 Não é bom comer muito mel nem buscar glória sobre glória!

27 It is not good to eat much honey, Nor is it glory to search out one's own glory.

28 Como a cidade derribada, que não tem muros, assim é o homem que não pode conter o seu espírito.

28 Como a cidade derribada, que não tem muros, assim é o homem que não pode conter o seu espírito.

28 Uma cidade aberta, sem muralhas, tal é o homem sem autocontrole!

28 Like a city that is broken into and without walls Is a man who has no control over his spirit.



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org