Provérbios 30



1 Palavras de Agur, filho de Jaque, o oráculo. Disse este varão a Itiel, a Itiel e a Ucal:

1 Palavras de Agur, filho de Jaqué de Massá. Diz o homem a Itiel, e a Ucal:

1 Palavras de sabedoria divina proclamadas por Agur, filho de Jaque: Este homem declarou a Itiel; a Itiel e a Ucal:

1 The words of Agur the son of Jakeh, the oracle. The man declares to Ithiel, to Ithiel and Ucal:

2 Na verdade, que eu sou mais bruto do que ninguém; não tenho o entendimento do homem,

2 Na verdade que eu sou mais estúpido do que ninguém; não tenho o entendimento do homem;

2 porquanto sou demasiadamente tolo para ser homem, não tenho a inteligência humana,

2 Surely I am more stupid than any man, And I do not have the understanding of a man.

3 nem aprendi a sabedoria, nem tenho o conhecimento do Santo.

3 não aprendi a sabedoria, nem tenho o conhecimento do Santo.

3 não aprendi a sabedoria, nem tenho o conhecimento do Santo!

3 Neither have I learned wisdom, Nor do I have the knowledge of the Holy One.

4 Quem subiu ao céu e desceu? Quem encerrou os ventos nos seus punhos? Quem amarrou as águas na sua roupa? Quem estabeleceu todas as extremidades da terra? Qual é o seu nome, e qual é o nome de seu filho, se é que o sabes?

4 Quem subiu ao céu e desceu? quem encerrou os ventos nos seus punhos? mas amarrou as águas no seu manto? quem estabeleceu todas as extremidades da terra? qual é o seu nome, e qual é o nome de seu filho? Certamente o sabes!

4 Quem subiu ao céu e de lá retornou? Quem reúne o poder dos ventos em uma das mãos? Quem represa as águas do mar numa túnica? Quem determinou todos os limites da terra? Qual é o seu Nome, e o Nome do seu Filho? Respondei-me, se é que o sabes!

4 Who has ascended into heaven and descended? Who has gathered the wind in His fists? Who has wrapped the waters in His garment? Who has established all the ends of the earth? What is His name or His son's name? Surely you know!

5 Toda palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele.

5 Toda palavra de Deus é pura; ele é um escudo para os que nele confiam.

5 A Palavra de Deus é comprovadamente pura, Ele é um escudo para quem nele confia totalmente.

5 Every word of God is tested; He is a shield to those who take refuge in Him.

6 Nada acrescentes às suas palavras, para que não te repreenda, e sejas achado mentiroso.

6 Nada acrescentes às suas palavras, para que ele não te repreenda e tu sejas achado mentiroso.

6 Não acrescentes nada às suas palavras; jamais declare algo que Deus não disse, para que Ele não te contradiga e passes por mentiroso.

6 Do not add to His words Or He will reprove you, and you will be proved a liar.

7 Duas coisas te pedi; não mas negues, antes que morra:

7 Duas coisas te peço; não mas negues, antes que morra:

7 Duas bênçãos peço a Ti que me dês, não mas negues, antes que eu morra:

7 Two things I asked of You, Do not refuse me before I die:

8 afasta de mim a vaidade e a palavra mentirosa; não me dês nem a pobreza nem a riqueza; mantém-me do pão da minha porção acostumada;

8 Alonga de mim a falsidade e a mentira; não me dês nem a pobreza nem a riqueza: dá-me só o pão que me é necessário;

8 Afasta de mim a falsidade e a mentira; também não me permitas viver em extrema pobreza nem em grande riqueza; concede-me o sustento diário necessário.

8 Keep deception and lies far from me, Give me neither poverty nor riches; Feed me with the food that is my portion,

9 para que, porventura, de farto te não negue e diga: Quem é o SENHOR? Ou que, empobrecendo, venha a furtar e lance mão do nome de Deus.

9 para que eu de farto não te negue, e diga: Quem é o Senhor? ou, empobrecendo, não venha a furtar, e profane o nome de Deus.

9 Para que não ocorra que, tendo em demasia, venha eu a imaginar que não preciso do Senhor. Ou, passando miséria, acabe roubando e envergonhando o teu Nome, ó meu Deus!

9 That I not be full and deny You and say, "Who is the LORD?" Or that I not be in want and steal, And profane the name of my God.

10 Não calunies o servo diante de seu senhor, para que te não amaldiçoe e fiques culpado.

10 Não calunies o servo diante de seu senhor, para que ele não te amaldiçoe e fiques tu culpado.

10 Não calunies o servo diante de seu patrão; ele te amaldiçoará, e serás castigado.

10 Do not slander a slave to his master, Or he will curse you and you will be found guilty.

11 Há uma geração que amaldiçoa a seu pai e que não bendiz a sua mãe.

11 Há gente que amaldiçoa a seu pai, e que não bendiz a sua mãe.

11 Há quem amaldiçoa o pai e não abençoa a mãe;

11 There is a kind of man who curses his father And does not bless his mother.

12 Há uma geração que é pura aos seus olhos e que nunca foi lavada da sua imundícia.

12 Há gente que é pura aos seus olhos, e contudo nunca foi lavada da sua imundícia.

12 há quem se considera puro e não se lava de sua imundície;

12 There is a kind who is pure in his own eyes, Yet is not washed from his filthiness.

13 Há uma geração cujos olhos são altivos e cujas pálpebras são levantadas para cima.

13 Há gente cujos olhos são altivos, e cujas pálpebras são levantadas para cima.

13 há pessoas de olhares altivos; e de semblantes arrogantes;

13 There is a kind--oh how lofty are his eyes! And his eyelids are raised in arrogance.

14 Há uma geração cujos dentes são espadas e cujos queixais são facas, para consumirem na terra os aflitos e os necessitados entre os homens.

14 Há gente cujos dentes são como espadas; e cujos queixais sao como facas, para devorarem da terra os aflitos, e os necessitados dentre os homens.

14 há quem ostente dentes como espadas afiadas, cujas mandíbulas estão sempre armadas de facas com o objetivo de devorar os fragilizados desta terra e os pobres da humanidade.

14 There is a kind of man whose teeth are like swords And his jaw teeth like knives, To devour the afflicted from the earth And the needy from among men.

15 A sanguessuga tem duas filhas, a saber: Dá, Dá. Estas três coisas nunca se fartam; e quatro nunca dizem: Basta:

15 A sanguessuga tem duas filhas, a saber: Dá, Dá. Há três coisas que nunca se fartam; sim, quatro que nunca dizem: Basta;

15 A sanguessuga tem duas filhas que se chamam: ‘Me dá!’ e ‘Me dá!’ Há três grandes demandas que jamais estão completamente satisfeitas, quatro que nunca declaram: ‘É o bastante!’:

15 The leech has two daughters, "Give," "Give." There are three things that will not be satisfied, Four that will not say, "Enough":

16 a sepultura, a madre estéril, a terra, que se não farta de água, e o fogo, que nunca diz: Basta.

16 o Seol, a madre estéril, a terra que não se farta d`água, e o fogo que nunca diz: Basta.

16 O Sheol, a mulher sem filhos; a terra seca que precisa sempre de chuva; e o fogo de um incêndio!

16 Sheol, and the barren womb, Earth that is never satisfied with water, And fire that never says, "Enough."

17 Os olhos que zombam do pai ou desprezam a obediência da mãe, corvos do ribeiro os arrancarão, e os pintãos da águia os comerão.

17 Os olhos que zombam do pai, ou desprezam a obediência à mãe, serão arrancados pelos corvos do vale e devorados pelos filhos da águia.

17 Os olhos de quem ridiculariza seu pai, ou de quem trata sem consideração e obediência a própria mãe serão arrancados pelos corvos do vale, e serão devorados pelos filhotes dos abutres!

17 The eye that mocks a father And scorns a mother, The ravens of the valley will pick it out, And the young eagles will eat it.

18 Há três coisas que me maravilham, e a quarta não a conheço:

18 Há três coisas que são maravilhosas demais para mim, sim, há quatro que não conheço:

18 Há três caminhos misteriosos demais para a minha compreensão, quatro que não consigo entender:

18 There are three things which are too wonderful for me, Four which I do not understand:

19 o caminho da águia no céu, o caminho da cobra na penha, o caminho do navio no meio do mar e o caminho do homem com uma virgem.

19 o caminho da águia no ar, o caminho da cobra na penha, o caminho do navio no meio do mar, e o caminho do homem com uma virgem.

19 O caminho do abutre pelo céu, o caminho da serpente sobre a rocha, o caminho do navio em alto mar, e o caminho do homem com sua mulher amada!

19 The way of an eagle in the sky, The way of a serpent on a rock, The way of a ship in the middle of the sea, And the way of a man with a maid.

20 Tal é o caminho da mulher adúltera: ela come, e limpa a sua boca, e diz: Não cometi maldade.

20 Tal é o caminho da mulher adúltera: ela come, e limpa a sua boca, e diz: não pratiquei iniqüidade.

20 Entretanto, o caminho da mulher imoral é assim: ela pratica adultério, toma banho e logo em seguida alega: “Não fiz nada de errado!”

20 This is the way of an adulterous woman: She eats and wipes her mouth, And says, "I have done no wrong."

21 Por três coisas se alvoroça a terra, e a quarta não a pode suportar:

21 Por três coisas estremece a terra, sim, há quatro que não pode suportar:

21 Três eventos abalam as estruturas do mundo, quatro a terra não pode suportar:

21 Under three things the earth quakes, And under four, it cannot bear up:

22 pelo servo, quando reina; e pelo tolo, quando anda farto de pão;

22 o escravo quando reina; o tolo quando se farta de comer;

22 O escravo que se torna rei, o insensato que se satisfaz com sua refeição,

22 Under a slave when he becomes king, And a fool when he is satisfied with food,

23 pela mulher aborrecida, quando se casa; e pela serva, quando fica herdeira da sua senhora.

23 a mulher desdenhada quando se casa; e a serva quando fica herdeira da sua senhora.

23 a mulher de mau gênio que consegue se casar, e a serva que toma o lugar de sua senhora!

23 Under an unloved woman when she gets a husband, And a maidservant when she supplants her mistress.

24 Estas quatro coisas são das mais pequenas da terra, mas sábias, bem providas de sabedoria:

24 Quatro coisas há na terra que são pequenas, entretanto são extremamente sábias;

24 Quatro seres da terra são muito pequenos e, contudo, admiravelmente sábios:

24 Four things are small on the earth, But they are exceedingly wise:

25 as formigas são um povo impotente; todavia, no verão preparam a sua comida;

25 as formigas são um povo sem força, todavia no verão preparam a sua comida;

25 As formigas, criaturas de pouca força, entretanto, conseguem armazenar todo o alimento de que necessitam no verão;

25 The ants are not a strong people, But they prepare their food in the summer;

26 os coelhos são um povo débil; e, contudo, fazem a sua casa nas rochas;

26 os querogrilos são um povo débil, contudo fazem a sua casa nas rochas;

26 os coelhos, animais sem nenhum poder, contudo, habitam nas alturas dos penhascos;

26 The shephanim are not mighty people, Yet they make their houses in the rocks;

27 os gafanhotos não têm rei; e, contudo, todos saem e em bandos se repartem;

27 os gafanhotos não têm rei, contudo marcham todos enfileirados;

27 os gafanhotos, que não têm rei, mas ainda assim conseguem trabalhar unidos e avançam em fileiras em direção a um objetivo;

27 The locusts have no king, Yet all of them go out in ranks;

28 a aranha, que se apanha com as mãos e está nos paços dos reis.

28 a lagartixa apanha-se com as mãos, contudo anda nos palácios dos reis.

28 a lagartixa, que qualquer pessoa pode pegar com a mão, contudo, habita também nos palácios dos grandes monarcas!

28 The lizard you may grasp with the hands, Yet it is in kings' palaces.

29 Há três que têm um bom andar, e o quarto passeia muito bem:

29 Há três que andam com elegância, sim, quatro que se movem airosamente:

29 Há três seres de andar elegante, quatro que se locomovem majestosamente:

29 There are three things which are stately in their march, Even four which are stately when they walk:

30 o leão, o mais forte entre os animais, que por ninguém torna atrás;

30 o leão, que é o mais forte entre os animais, e que não se desvia diante de ninguém;

30 O leão, que é o mais poderoso de todos os animais, e nada o intimida;

30 The lion which is mighty among beasts And does not retreat before any,

31 o cavalo de guerra, bem cingido pelos lombos; o bode também; e o rei, a quem se não pode resistir.

31 o galo emproado, o bode, e o rei à frente do seu povo.

31 o galo de andar altivo; o bode; e o rei à frente do seu exército!

31 The strutting rooster, the male goat also, And a king when his army is with him.

32 Se procedeste loucamente, elevando-te, e se imaginaste o mal, põe a mão na boca.

32 Se procedeste loucamente em te elevares, ou se maquinaste o mal, põe a mão sobre a boca.

32 Se procedeste como um tolo em te exaltares ou se tramaste o mal, tapa a boca com a mão.

32 If you have been foolish in exalting yourself Or if you have plotted evil, put your hand on your mouth.

33 Porque o espremer do leite produz manteiga, e o espremer do nariz produz sangue, e o espremer da ira produz contenda.

33 Como o espremer do leite produz queijo verde, e o espremer do nariz produz sangue, assim o espremer da ira produz contenda.

33 Pois assim como bater o leite produz manteiga, da mesma forma, uma pancada no nariz faz jorrar muito sangue e provocar a raiva de alguém só produzirá uma grande briga!

33 For the churning of milk produces butter, And pressing the nose brings forth blood; So the churning of anger produces strife.



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org