Provérbios 31



1 Palavras do rei Lemuel, a profecia que lhe ensinou sua mãe.

1 As palavras do rei Lemuel, rei de Massá, que lhe ensinou sua mãe.

1 Oráculos de Lemuel, rei de Massá, os quais sua mãe lhe ministrou:

1 The words of King Lemuel, the oracle which his mother taught him:

2 Como, filho meu? E como, ó filho do meu ventre? E como, ó filho das minhas promessas?

2 Que te direi, filho meu? e que te direi, ó filho do meu ventre? e que te direi, ó filho dos meus votos?

2 “Que tens, amado filho meu? Filho de minhas entranhas, resposta às minhas

2 What, O my son? And what, O son of my womb? And what, O son of my vows?

3 Não dês às mulheres a tua força, nem os teus caminhos, ao que destrói os reis.

3 Não dês às mulheres a tua força, nem os teus caminhos às que destroem os reis.

3 Não entregues a tua força às mulheres, nem o teu vigor aos que corrompem os que governam.

3 Do not give your strength to women, Or your ways to that which destroys kings.

4 Não é próprio dos reis, ó Lemuel, não é próprio dos reis beber vinho, nem dos príncipes desejar bebida forte.

4 Não é dos reis, ó Lemuel, não é dos reis beber vinho, nem dos príncipes desejar bebida forte;

4 Escutai, Lemuel! Não é prudente que os reis bebam muito vinho, tampouco aqueles que têm a responsabilidade de governar se entreguem também às outras formas de embriaguez;

4 It is not for kings, O Lemuel, It is not for kings to drink wine, Or for rulers to desire strong drink,

5 Para que não bebam, e se esqueçam do estatuto, e pervertam o juízo de todos os aflitos.

5 para que não bebam, e se esqueçam da lei, e pervertam o direito de quem anda aflito.

5 porquanto quando não estão sóbrios se esquecem do bom siso e das leis, e não são solidários aos direitos dos fracos e dos pobres.

5 For they will drink and forget what is decreed, And pervert the rights of all the afflicted.

6 Dai bebida forte aos que perecem, e o vinho, aos amargosos de espírito;

6 Dai bebida forte ao que está para perecer, e o vinho ao que está em amargura de espírito.

6 Dá licor ao moribundo, e vinho aos amargurados;

6 Give strong drink to him who is perishing, And wine to him whose life is bitter.

7 para que bebam, e se esqueçam da sua pobreza, e do seu trabalho não se lembrem mais.

7 Bebam e se esqueçam da sua pobreza, e da sua miséria não se lembrem mais.

7 bebam e esqueçam-se da miséria, e não se lembrem de suas aflições.

7 Let him drink and forget his poverty And remember his trouble no more.

8 Abre a tua boca a favor do mudo, pelo direito de todos os que se acham em desolação.

8 Abre a tua boca a favor do mudo, a favor do direito de todos os desamparados.

8 Abre a tua boca em favor dos que não podem se defender; sê o protetor dos direitos de todos os desamparados!

8 Open your mouth for the mute, For the rights of all the unfortunate.

9 Abre a tua boca, julga retamente e faze justiça aos pobres e aos necessitados.

9 Abre a tua boca; julga retamente, e faze justiça aos pobres e aos necessitados.

9 Ergue a tua voz e julga com justiça, defende o pobre e o indigente.”

9 Open your mouth, judge righteously, And defend the rights of the afflicted and needy.

10 Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede o de rubins.

10 Álefe. Mulher virtuosa, quem a pode achar? Pois o seu valor muito excede ao de jóias preciosas.

10 Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor em muito ultrapassa os das mais finas jóias!

10 An excellent wife, who can find? For her worth is far above jewels.

11 O coração do seu marido está nela confiado, e a ela nenhuma fazenda faltará.

11 Bete. O coração do seu marido confia nela, e não lhe haverá falta de lucro.

11 O seu marido tem plena confiança nela, e a miséria jamais chegará à sua casa.

11 The heart of her husband trusts in her, And he will have no lack of gain.

12 Ela lhe faz bem e não mal, todos os dias da sua vida.

12 Guímel. Ela lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida.

12 Essa esposa exemplar faz ao seu marido sempre o bem e nunca o mal.

12 She does him good and not evil All the days of her life.

13 Busca lã e linho e trabalha de boa vontade com as suas mãos.

13 Dálete. Ela busca lã e linho, e trabalha de boa vontade com as mãos.

13 Escolhe a lã e o linho e com alegria trabalha com as próprias mãos.

13 She looks for wool and flax And works with her hands in delight.

14 É como o navio mercante: de longe traz o seu pão.

14 Hê. É como os navios do negociante; de longe traz o seu pão.

14 Como os navios mercantes, ela traz de longe as provisões para seu lar.

14 She is like merchant ships; She brings her food from afar.

15 Ainda de noite, se levanta e dá mantimento à sua casa e a tarefa às suas servas.

15 Vave. E quando ainda está escuro, ela se levanta, e dá mantimento à sua casa, e a tarefa às suas servas.

15 Antes do romper da aurora, ela se levanta a fim de preparar a comida para todos os de casa e dar ordens às suas colaboradoras.

15 She rises also while it is still night And gives food to her household And portions to her maidens.

16 Examina uma herdade e adquire-a; planta uma vinha com o fruto de suas mãos.

16 Zaine. Considera um campo, e compra-o; planta uma vinha com o fruto de suas maos.

16 Ela sabe avaliar a conveniência de um campo agricultável e o compra com o seu salário; planta nessas terras sua própria vinha.

16 She considers a field and buys it; From her earnings she plants a vineyard.

17 Cinge os lombos de força e fortalece os braços.

17 Hete. Cinge os seus lombos de força, e fortalece os seus braços.

17 Dedica-se com prazer a seu trabalho; seus braços são fortes e vigorosos.

17 She girds herself with strength And makes her arms strong.

18 Prova e vê que é boa sua mercadoria; e a sua lâmpada não se apaga de noite.

18 Tete. Prova e vê que é boa a sua mercadoria; e a sua lâmpada não se apaga de noite.

18 Administra com sabedoria, e seus negócios produzem lucros; mesmo tarde da noite sua lâmpada não se apaga.

18 She senses that her gain is good; Her lamp does not go out at night.

19 Estende as mãos ao fuso, e as palmas das suas mãos pegam na roca.

19 Iode. Estende as mãos ao fuso, e as suas mãos pegam na roca.

19 Com talento e delicadeza prepara os fios de lã e de linho para tecer as roupas da família.

19 She stretches out her hands to the distaff, And her hands grasp the spindle.

20 Abre a mão ao aflito; e ao necessitado estende as mãos.

20 Cafe. Abre a mão para o pobre; sim, ao necessitado estende as suas mãos.

20 Coopera com os pobres e necessitados.

20 She extends her hand to the poor, And she stretches out her hands to the needy.

21 Não temerá, por causa da neve, porque toda a sua casa anda forrada de roupa dobrada.

21 Lâmede. Não tem medo da neve pela sua família; pois todos os da sua casa estão vestidos de escarlate.

21 Quando chega o inverno rigoroso, ela não se preocupa, pois todos em sua casa têm agasalhos para vestir.

21 She is not afraid of the snow for her household, For all her household are clothed with scarlet.

22 Faz para si tapeçaria; de linho fino e de púrpura é a sua veste.

22 Meme. Faz para si cobertas; de linho fino e de púrpura é o seu vestido.

22 Tece cobertas para sua cama e tem condições para se vestir de linho e púrpura.

22 She makes coverings for herself; Her clothing is fine linen and purple.

23 Conhece-se o seu marido nas portas, quando se assenta com os anciãos da terra.

23 Nune. Conhece-se o seu marido nas portas, quando se assenta entre os anciãos da terra.

23 Nas assembleias à porta da cidade, onde seu marido toma assento entre as autoridades de sua terra, ele é respeitado.

23 Her husband is known in the gates, When he sits among the elders of the land.

24 Faz panos de linho fino, e vende-os, e dá cintas aos mercadores.

24 Sâmerue. Faz vestidos de linho, e vende-os, e entrega cintas aos mercadores.

24 Ela produz roupas de linho e as vende, fornece também cintos de couro aos comerciantes.

24 She makes linen garments and sells them, And supplies belts to the tradesmen.

25 A força e a glória são as suas vestes, e ri-se do dia futuro.

25 Aine. A força e a dignidade são os seus vestidos; e ri-se do tempo vindouro.

25 Sua melhor roupa consiste de força e dignidade; é otimista em relação ao futuro!

25 Strength and dignity are her clothing, And she smiles at the future.

26 Abre a boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua.

26 Pê. Abre a sua boca com sabedoria, e o ensino da benevolência está na sua língua.

26 Abre a boca com sabedoria, e sua língua sabe ensinar com bondade e paciência.

26 She opens her mouth in wisdom, And the teaching of kindness is on her tongue.

27 Olha pelo governo de sua casa e não come o pão da preguiça.

27 Tsadê. Olha pelo governo de sua casa, e não come o pão da preguiça.

27 Acompanha seus servos e cuida dos negócios de sua casa sem dar lugar à preguiça.

27 She looks well to the ways of her household, And does not eat the bread of idleness.

28 Levantam-se seus filhos, e chamam-na bem-aventurada; como também seu marido, que a louva, dizendo:

28 Côfe. Levantam-se seus filhos, e lhe chamam bem-aventurada, como também seu marido, que a louva, dizendo:

28 Seus filhos fazem questão de elogiá-la e seu marido proclama suas virtudes,

28 Her children rise up and bless her; Her husband also, and he praises her, saying:

29 Muitas filhas agiram virtuosamente, mas tu a todas és superior.

29 Reche. Muitas mulheres têm procedido virtuosamente, mas tu a todas sobrepujas.

29 “Muitas mulheres são notáveis, tu, porém, a todas sobrepujas!”

29 "Many daughters have done nobly, But you excel them all."

30 Enganosa é a graça, e vaidade, a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa será louvada.

30 Chine. Enganosa é a graça, e vã é a formosura; mas a mulher que teme ao Senhor, essa será louvada.

30 A beleza é uma ilusão, e a formosura é passageira; contudo, a mulher que teme a Yahweh, o SENHOR, essa será honrada!

30 Charm is deceitful and beauty is vain, But a woman who fears the LORD, she shall be praised.

31 Dai-lhe do fruto das suas mãos, e louvem-na nas portas as suas obras.

31 Tau. Dai-lhe do fruto das suas mãos, e louvem-na nas portas as suas obras.

31 Seja essa mulher virtuosa recompensada por seus merecimentos, e suas boas obras, proclamadas à porta da cidade!

31 Give her the product of her hands, And let her works praise her in the gates.



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org