Salmos 36



1 A prevaricação do ímpio fala no íntimo do seu coração; não há temor de Deus perante os seus olhos.

1 A transgressão fala ao ímpio no íntimo do seu coração; não há temor de Deus perante os seus olhos.

1 Ao mestre de música. Um salmo de Davi, servo do SENHOR. Há em meu íntimo uma Palavra do SENHOR sobre a maldade do ímpio: Aos seus olhos não faz sentido temer a Deus.

1 Transgression speaks to the ungodly within his heart; There is no fear of God before his eyes.

2 Porque em seus olhos se lisonjeia, até que a sua iniquidade se mostre detestável.

2 Porque em seus próprios olhos se lisonjeia, cuidando que a sua iniqüidade não será descoberta e detestada.

2 O ímpio é tão arrogante que não percebe e muito menos rejeita seu pecado.

2 For it flatters him in his own eyes Concerning the discovery of his iniquity and the hatred of it.

3 As palavras da sua boca são malícia e engano; deixou de entender e de fazer o bem.

3 As palavras da sua boca são malícia e engano; deixou de ser prudente e de fazer o bem.

3 Suas palavras são maldosas, ardilosas e traiçoeiras. Abandonou o bom senso, a justiça e a prática do bem.

3 The words of his mouth are wickedness and deceit; He has ceased to be wise and to do good.

4 Maquina o mal na sua cama; põe-se em caminho que não é bom; não aborrece o mal.

4 Maquina o mal na sua cama; põe-se em caminho que não é bom; não odeia o mal.

4 Antes de dormir, sua mente trama ações cruéis; nada há de bom no caminho que escolheu, apega-se ao mal cada vez mais.

4 He plans wickedness upon his bed; He sets himself on a path that is not good; He does not despise evil.

5 A tua misericórdia, SENHOR, está nos céus, e a tua fidelidade chega até às mais excelsas nuvens.

5 A tua benignidade, Senhor, chega até os céus, e a tua fidelidade até as nuvens.

5 Mas a tua benignidade, ó SENHOR, chega até os céus; a tua fidelidade, até as nuvens.

5 Your lovingkindness, O LORD, extends to the heavens, Your faithfulness reaches to the skies.

6 A tua justiça é como as grandes montanhas; os teus juízos são um grande abismo; SENHOR, tu conservas os homens e os animais.

6 A tua justiça é como os montes de Deus, os teus juízos são como o abismo profundo. Tu, Senhor, preservas os homens e os animais.

6 A tua justiça é firme como as altas montanhas; e teus juízos, insondáveis como o fundo dos oceanos. Tu, ó SENHOR,preservas a raça humana e todos os animais.

6 Your righteousness is like the mountains of God; Your judgments are like a great deep O LORD, You preserve man and beast.

7 Quão preciosa é, ó Deus, a tua benignidade! E por isso os filhos dos homens se abrigam à sombra das tuas asas.

7 Quão preciosa é, ó Deus, a tua benignidade! Os filhos dos homens se refugiam à sombra das tuas asas.

7 Quão precioso é teu amor, ó Deus! À sombra das tuas asas os filhos de Adão encontram refúgio.

7 How precious is Your lovingkindness, O God! And the children of men take refuge in the shadow of Your wings.

8 Eles se fartarão da gordura da tua casa, e os farás beber da corrente das tuas delícias;

8 Eles se fartarão da gordura da tua casa, e os farás beber da corrente das tuas delícias;

8 Eles se banquetearão na plenitude da tua casa; tu lhes saciarás a sede com as águas puras do teu rio do Éden.

8 They drink their fill of the abundance of Your house; And You give them to drink of the river of Your delights.

9 porque em ti está o manancial da vida; na tua luz veremos a luz.

9 pois em ti está o manancial da vida; na tua luz vemos a luz.

9 Pois em ti está a fonte da vida; graças à tua luz somos iluminados.

9 For with You is the fountain of life; In Your light we see light.

10 Estende a tua benignidade sobre os que te conhecem, e a tua justiça sobre os retos de coração.

10 Continua a tua benignidade aos que te conhecem, e a tua justiça aos retos de coração.

10 Estende a tua benignidade aos que se consagram a ti, a tua justiça aos que são puros de coração.

10 O continue Your lovingkindness to those who know You, And Your righteousness to the upright in heart.

11 Não venha sobre mim o pé dos soberbos, e não me mova a mão dos ímpios.

11 Não venha sobre mim o pé da soberba, e não me mova a mão dos ímpios.

11 Não permitas que o soberbo pise sobre mim, nem que a mão do ímpio me faça retroceder.

11 Let not the foot of pride come upon me, And let not the hand of the wicked drive me away.

12 Ali caem os obreiros da iniquidade; cairão e não se poderão levantar.

12 Ali caídos estão os que praticavam a iniqüidade; estão derrubados, e não se podem levantar.

12 Eis que tombaram todos os que praticaram o mal; foram lançados ao chão e jamais se levantarão!

12 There the doers of iniquity have fallen; They have been thrust down and cannot rise.



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org