Salmos 39



1 Eu disse: Guardarei os meus caminhos para não delinquir com a minha língua; enfrearei a minha boca enquanto o ímpio estiver diante de mim.

1 Disse eu: Guardarei os meus caminhos para não pecar com a minha língua; guardarei a minha boca com uma mordaça, enquanto o ímpio estiver diante de mim.

1 Salmo davídico ao regente do coro, para ser cantado no estilo de Jedutum. Eu declarei: Vigiarei os meus atos e não pecarei em palavras; atarei uma mordaça em minha boca enquanto os ímpios estiverem próximos a mim.

1 I said, "I will guard my ways That I may not sin with my tongue; I will guard my mouth as with a muzzle While the wicked are in my presence."

2 Com o silêncio fiquei como mudo; calava-me mesmo acerca do bem; mas a minha dor se agravou.

2 Com silêncio fiquei qual um mundo; calava-me mesmo acerca do bem; mas a minha dor se agravou.

2 Emudeci, desisti de expressar o bem, e minha angústia se agravou.

2 I was mute and silent, I refrained even from good, And my sorrow grew worse.

3 Incendeu-se dentro de mim o meu coração; enquanto eu meditava se acendeu um fogo: então falei com a minha língua. Disse:

3 Escandesceu-se dentro de mim o meu coração; enquanto eu meditava acendeu-se o fogo; então com a minha língua, dizendo;

3 Meu coração ardia-me dentro do peito e, enquanto eu meditava, minha alma se rompeu em chamas. Então, soltei a língua e bradei:

3 My heart was hot within me, While I was musing the fire burned; Then I spoke with my tongue:

4 Faze-me conhecer, SENHOR, o meu fim, e a medida dos meus dias qual é, para que eu sinta quanto sou frágil.

4 Faze-me conhecer, ó Senhor, o meu fim, e qual a medida dos meus dias, para que eu saiba quão frágil sou.

4 SENHOR, dá-me a conhecer o término da minha vida e a quantidade dos meus dias, a fim de que eu compreenda quão frágil sou!

4 "LORD, make me to know my end And what is the extent of my days; Let me know how transient I am.

5 Eis que fizeste os meus dias como a palmos; o tempo da minha vida é como nada diante de ti; na verdade, todo homem, por mais firme que esteja, é totalmente vaidade. (Selá)

5 Eis que mediste os meus dias a palmos; o tempo da minha vida é como que nada diante de ti. Na verdade, todo homem, por mais firme que esteja, é totalmente vaidade.

5 Eis que fizeste meus dias da largura de palmos, e a duração da minha vida é quase nada diante de ti; todo ser humano, seja quem for, não passa de um breve sopro.

5 "Behold, You have made my days as handbreadths, And my lifetime as nothing in Your sight; Surely every man at his best is a mere breath. Selah.

6 Na verdade, todo homem anda como uma sombra; na verdade, em vão se inquietam; amontoam riquezas e não sabem quem as levará

6 Na verdade, todo homem anda qual uma sombra; na verdade, em vão se inquieta, amontoa riquezas, e não sabe quem as levará.

6 Como uma sombra fugaz passa o ser humano pela vida, e fútil é sua luta fatigante; acumula riquezas, todavia não sabe quem, de fato, delas usufruirá.

6 "Surely every man walks about as a phantom; Surely they make an uproar for nothing; He amasses riches and does not know who will gather them.

7 Agora, pois, Senhor, que espero eu? A minha esperança está em ti.

7 Agora, pois, Senhor, que espero eu? a minha esperança está em ti.

7 E agora, SENHOR, que haverei de esperar? Toda a minha confiança está depositada em ti.

7 "And now, Lord, for what do I wait? My hope is in You.

8 Livra-me de todas as minhas transgressões; não me faças o opróbrio dos loucos.

8 Livra-me de todas as minhas transgressões; não me faças o opróbrio do insensato.

8 Livra-me de todos os meus pecados, não me exponhas às zombarias dos insensatos.

8 "Deliver me from all my transgressions; Make me not the reproach of the foolish.

9 Emudeci; não abro a minha boca, porquanto tu o fizeste.

9 Emudecido estou, não abro a minha boca; pois tu és que agiste,

9 Emudeci, minha boca não abri para reclamar de nada, pois tu fizeste tudo.

9 "I have become mute, I do not open my mouth, Because it is You who have done it.

10 Tira de sobre mim a tua praga; estou desfalecido pelo golpe da tua mão.

10 Tira de sobre mim o teu flagelo; estou desfalecido pelo golpe da tua mão.

10 Afasta de mim o teu flagelo; porquanto fui vencido pelo açoite poderoso da tua mão.

10 "Remove Your plague from me; Because of the opposition of Your hand I am perishing.

11 Se com repreensões castigas alguém, por causa da iniquidade, logo destróis, como traça, a sua beleza; de sorte que todo homem é vaidade. (Selá)

11 Quando com repreensões castigas o homem por causa da iniquidade, destróis, como traça, o que ele tem de precioso; na verdade todo homem é vaidade.

11 Como advertência, afliges a humanidade por causa da sua iniquidade; corróis, como a traça, o que o ser humano mais valoriza; quão vazia é a vida da pessoa que não confia em ti!

11 "With reproofs You chasten a man for iniquity; You consume as a moth what is precious to him; Surely every man is a mere breath. Selah.

12 Ouve, SENHOR, a minha oração, e inclina os teus ouvidos ao meu clamor; não te cales perante as minhas lágrimas, porque sou para contigo como um estranho, e peregrino como todos os meus pais.

12 Ouve, Senhor, a minha oração, e inclina os teus ouvidos ao meu clamor; não te cales perante as minhas lágrimas, porque sou para contigo como um estranho, um peregrino como todos os meus pais.

12 Ouve, SENHOR, minha oração, e atende a minha súplica; não ignores minhas lágrimas, porquanto, perante ti, sou um estrangeiro, como foram todos os meus antepassados.

12 "Hear my prayer, O LORD, and give ear to my cry; Do not be silent at my tears; For I am a stranger with You, A sojourner like all my fathers.

13 Poupa-me, até que tome alento, antes que me vá e não seja mais.

13 Desvia de mim o teu olhar, para que eu tome alento, antes que me vá e não exista mais.

13 Desvia de mim o teu olhar de censura, para que eu possa encontrar alívio, antes que me vá deste mundo, e termine minha existência!

13 "Turn Your gaze away from me, that I may smile again Before I depart and am no more."



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org