Salmos 56



1 Tem misericórdia de mim, ó Deus, porque o homem procura devorar-me; e me oprime, pelejando todo o dia.

1 Compadece-te de mim, ó Deus, pois homens me calcam aos pés e, pelejando, me aflingem o dia todo.

1 Ao regente do coro: segundo a melodia “Uma Pomba em Carvalhos Longínquos”. Hino de Davi, quando os filisteus estavam para prendêlo em Gate. Tem piedade de mim, ó Deus! Porquanto há pessoas que me afligem. Eles me atacam e me oprimem sem trégua.

1 Be gracious to me, O God, for man has trampled upon me; Fighting all day long he oppresses me.

2 Os que me andam espiando procuram devorar-me todo o dia; pois são muitos os que pelejam contra mim, ó Altíssimo.

2 Os meus inimigos me calcam aos pés o dia todo, pois são muitos os que insolentemente pelejam contra mim.

2 Esses caluniadores me agridem sem parar; muitos se insurgem arrogantemente contra mim.

2 My foes have trampled upon me all day long, For they are many who fight proudly against me.

3 No dia em que eu temer, hei de confiar em ti.

3 No dia em que eu temer, hei de confiar em ti.

3 Todavia, quando o medo me atacar, confiarei em ti!

3 When I am afraid, I will put my trust in You.

4 Em Deus louvarei a sua palavra; em Deus pus a minha confiança e não temerei; que me pode fazer a carne?

4 Em Deus, cuja palavra eu lovo, em Deus ponho a minha confiança e não terei medo;

4 Em Deus, cuja Palavra eu louvo, em Deus, eu deposito toda a minha confiança, e nada temerei. O que poderá fazerme o simples mortal?

4 In God, whose word I praise, In God I have put my trust; I shall not be afraid What can mere man do to me?

5 Todos os dias torcem as minhas palavras; todos os seus pensamentos são contra mim para o mal.

5 Todos os dias torcem as minhas palavras; todos os seus pensamentos são contra mim para o mal.

5 Todo dia, escarnecem de minhas palavras; seus pensamentos são todos contra mim, para o mal.

5 All day long they distort my words; All their thoughts are against me for evil.

6 Ajuntam-se, escondem-se, espiam os meus passos, como aguardando a minha morte.

6 Ajuntam-se, escondem-se, espiam os meus passos, como que aguardando a minha morte.

6 Eles iniciam as hostilidades, espiam-me, vigiando meus passos. Porque atentaram contra a minha vida,

6 They attack, they lurk, They watch my steps, As they have waited to take my life.

7 Porventura, escaparão eles por meio da sua iniquidade? Ó Deus, derriba os povos na tua ira!

7 Escaparão eles por meio da sua iniqüidade? Ó Deus, derruba os povos na tua ira!

7 deixa-os escapar para a desgraça, derruba essa gente, ó Deus, em tua ira!

7 Because of wickedness, cast them forth, In anger put down the peoples, O God!

8 Tu contaste as minhas vagueações; põe as minhas lágrimas no teu odre; não estão elas no teu livro?

8 Tu contaste as minhas aflições; põe as minhas lágrimas no teu odre; não estão elas no teu livro?

8 Tu mesmo anotaste o meu lamento; recolhe em teu odre as minhas lágrimas! Ora, acaso não registras tudo em teu Livro?

8 You have taken account of my wanderings; Put my tears in Your bottle Are they not in Your book?

9 Quando eu a ti clamar, então, retrocederão os meus inimigos; isto sei eu, porque Deus está comigo.

9 No dia em que eu te invocar retrocederão os meus inimigos; isto eu sei, que Deus está comigo.

9 Meus inimigos baterão em retirada no dia em que eu clamar por socorro. E assim ficará claro que Deus está a meu favor!

9 Then my enemies will turn back in the day when I call; This I know, that God is for me.

10 Em Deus louvarei a sua palavra; no SENHOR louvarei a sua palavra.

10 Em Deus, cuja palavra eu louvo, no Senhor, cuja palavra eu louvo,

10 Em Deus, cuja Palavra eu exalto – no SENHOR, cuja Palavra eu proclamo –

10 In God, whose word I praise, In the LORD, whose word I praise,

11 Em Deus tenho posto a minha confiança; não temerei o que me possa fazer o homem.

11 em Deus ponho a minha confiança, e não terei medo; que me pode fazer o homem?

11 neste Deus, deposito toda a minha fé, e nada temerei: o que poderá fazer-me o ser humano?

11 In God I have put my trust, I shall not be afraid. What can man do to me?

12 Os teus votos estão sobre mim, ó Deus; eu te renderei ações de graças;

12 Sobre mim estão os votos que te fiz, ó Deus; eu te oferecerei ações de graças;

12 Assumo, ó Deus, os votos que te fiz; a Ti apresentarei as minhas ofertas de gratidão.

12 Your vows are binding upon me, O God; I will render thank offerings to You.

13 pois tu livraste a minha alma da morte, como também os meus pés de tropeçarem, para que eu ande diante de Deus na luz dos viventes.

13 pois tu livraste a minha alma da morte. Não livraste também os meus pés de tropeçarem, para que eu ande diante de Deus na luz da vida?

13 Porquanto me livraste da morte e os meus pés de tropeçarem, a fim de que eu caminhe diante de Deus, na luz que ilumina os vivos!

13 For You have delivered my soul from death, Indeed my feet from stumbling, So that I may walk before God In the light of the living.



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org