Salmos 65



1 A ti, ó Deus, espera o louvor em Sião, e a ti se pagará o voto.

1 A ti, ó Deus, é devido o louvor em Sião; e a ti se pagará o voto.

1 Ao mestre de música. Salmo de Davi, um cântico. A ti, ó Deus, é dedicado todo o louvor, em Sião, mesmo quando íntimos e silenciosos, cumprem-se os votos diante de Ti.

1 There will be silence before You, and praise in Zion, O God, And to You the vow will be performed.

2 Ó tu que ouves as orações! A ti virá toda a carne.

2 Ó tu que ouves a oração! a ti virá toda a carne.

2 A ti, que acolhes as orações, virão todos os seres humanos.

2 O You who hear prayer, To You all men come.

3 Prevalecem as iniquidades contra mim; mas tu perdoas as nossas transgressões.

3 Prevalecem as iniqüidades contra mim; mas as nossas transgressões, tu as perdoarás.

3 Quando nossos pecados pesavam sobre nossos ombros, tu mesmo fizeste propiciação

3 Iniquities prevail against me; As for our transgressions, You forgive them.

4 Bem-aventurado aquele a quem tu escolhes e fazes chegar a ti, para que habite em teus átrios; nós seremos satisfeitos da bondade da tua casa e do teu santo templo.

4 Bem-aventurado aquele a quem tu escolhes, e fazes chegar a ti, para habitar em teus átrios! Nós seremos satisfeitos com a bondade da tua casa, do teu santo templo.

4 Bem-aventurados são todos aqueles que escolhes e trazes a Ti para viverem da tua Casa, do teu santo Templo!

4 How blessed is the one whom You choose and bring near to You To dwell in Your courts We will be satisfied with the goodness of Your house, Your holy temple.

5 Com coisas tremendas de justiça nos responderás, ó Deus da nossa salvação; tu és a esperança de todas as extremidades da terra e daqueles que estão longe sobre o mar;

5 Com prodígios nos respondes em justiça, ó Deus da nossa salvação, a esperança de todas as extremidades da terra, e do mais remoto mar;

5 Tu nos respondes com tremendos feitos de justiça, ó Deus, nosso Salvador, que sustentas a terra até seus confins e os mares até o mais longínquo e profundo.

5 By awesome deeds You answer us in righteousness, O God of our salvation, You who are the trust of all the ends of the earth and of the farthest sea;

6 o que pela sua força consolida os montes, cingido de fortaleza;

6 tu que pela tua força consolidas os montes, cingido de poder;

6 Tu que formaste as montanhas pela tua força criativa, por meio do teu infinito poder.

6 Who establishes the mountains by His strength, Being girded with might;

7 o que aplaca o ruído dos mares, o ruído das suas ondas e o tumulto das nações.

7 que aplacas o ruído dos mares, o ruído das suas ondas, e o tumulto dos povos.

7 Tu que acalmas o rugido dos oceanos, o bramido das ondas dos mares e o tumulto dos povos das nações.

7 Who stills the roaring of the seas, The roaring of their waves, And the tumult of the peoples.

8 E os que habitam nos confins da terra temem os teus sinais; tu fazes alegres as saídas da manhã e da tarde.

8 Os que habitam os confins da terra são tomados de medo à vista dos teus sinais; tu fazes exultar de júbilo as saídas da manhã e da tarde.

8 Temor por teus portentosos feitos despertas nos habitantes das terras longínquas, e júbilo trazes aos habitantes dos países do Oriente e do Ocidente.

8 They who dwell in the ends of the earth stand in awe of Your signs; You make the dawn and the sunset shout for joy.

9 Tu visitas a terra e a refrescas; tu a enriqueces grandemente com o rio de Deus, que está cheio de água; tu lhe dás o trigo, quando assim a tens preparada;

9 Tu visitas a terra, e a regas; grandemente e enriqueces; o rio de Deus está cheio d`água; tu lhe dás o trigo quando assim a tens preparado;

9 Cuidaste da terra e a irrigaste, enriquecendo-a com cursos de água por Ti abastecidos; provês os grãos para alimento do ser humano, pois para isso a terra preparaste.

9 You visit the earth and cause it to overflow; You greatly enrich it; The stream of God is full of water; You prepare their grain, for thus You prepare the earth.

10 tu enches de água os seus sulcos, regulando a sua altura; tu a amoleces com a muita chuva; tu abençoas as suas novidades;

10 enches d`água os seus sulcos, aplanando-lhes as leivas, amolecendo-a com a chuva, e abençoando as suas novidades.

10 Regas seus sulcos, fazes por seus canais correr água; com as gotas da chuva a fazes germinar e sua flora abençoas.

10 You water its furrows abundantly, You settle its ridges, You soften it with showers, You bless its growth.

11 tu coroas o ano da tua bondade, e as tuas veredas destilam gordura;

11 Coroas o ano com a tua bondade, e as tuas veredas destilam gordura;

11 Com tua bondade a cobres por todo o ano e abundância extravasa de tuas veredas.

11 You have crowned the year with Your bounty, And Your paths drip with fatness.

12 destilam sobre os pastos do deserto, e os outeiros cingem-se de alegria.

12 destilam sobre as pastagens do deserto, e os outeiros se cingem de alegria.

12 Pastagens brotam nos desertos e de júbilo se cingem as colinas.

12 The pastures of the wilderness drip, And the hills gird themselves with rejoicing.

13 Os campos cobrem-se de rebanhos, e os vales vestem-se de trigo; por isso, eles se regozijam e cantam.

13 As pastagens revestem-se de rebanhos, e os vales se cobrem de trigo; por isso eles se regozijam, por isso eles cantam.

13 As campinas se revestem de rebanhos, os vales se vestem de trigais viçosos e ecoam vozes uníssonas em jubilosos cânticos de louvor a Ti!

13 The meadows are clothed with flocks And the valleys are covered with grain; They shout for joy, yes, they sing.



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org