Salmos 90



1 SENHOR, tu tens sido o nosso refúgio, de geração em geração.

1 Senhor, tu tens sido o nosso refúgio de geração em geração.

1 Oração de Moisés, homem de Deus. Senhor, tu tens sido o nosso abrigo, sempre, de geração em geração.

1 Lord, You have been our dwelling place in all generations.

2 Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, sim, de eternidade a eternidade, tu és Deus.

2 Antes que nascessem os montes, ou que tivesses formado a terra e o mundo, sim, de eternidade a eternidade tu és Deus.

2 Antes que se originassem os montes e formasses o universo e a terra, de eternidade a

2 Before the mountains were born Or You gave birth to the earth and the world, Even from everlasting to everlasting, You are God.

3 Tu reduzes o homem à destruição; e dizes: Volvei, filhos dos homens.

3 Tu reduzes o homem ao pó, e dizes: Voltai, filhos dos homens!

3 Tu reduzes o ser humano ao pó, afirmando: “Retornai ao pó, filhos dos homens!”

3 You turn man back into dust And say, "Return, O children of men."

4 Porque mil anos são aos teus olhos como o dia de ontem que passou, e como a vigília da noite.

4 Porque mil anos aos teus olhos são como o dia de ontem que passou, e como uma vigília da noite.

4 Verdadeiramente, mil anos aos teus olhos, são como o dia de ontem, que já passou, e como as poucas horas das primeiras vigílias da noite.

4 For a thousand years in Your sight Are like yesterday when it passes by, Or as a watch in the night.

5 Tu os levas como corrente de água; são como um sono; são como a erva que cresce de madrugada;

5 Tu os levas como por uma torrente; são como um sono; de manhã são como a erva que cresce;

5 Tu arrastas os homens na correnteza da vida; são breves como o sono; são todos como a relva que brota com a alvorada,

5 You have swept them away like a flood, they fall asleep; In the morning they are like grass which sprouts anew.

6 de madrugada, cresce e floresce; à tarde, corta-se e seca

6 de manhã cresce e floresce; à tarde corta-se e seca.

6 germina e floresce pela manhã, mas, ao pôr-do-sol, murcha e seca.

6 In the morning it flourishes and sprouts anew; Toward evening it fades and withers away.

7 Pois somos consumidos pela tua ira e pelo teu furor somos angustiados.

7 Pois somos consumidos pela tua ira, e pelo teu furor somos conturbados.

7 Porquanto somos consumidos por tua ira e perante tua indignação ficamos pasmos!

7 For we have been consumed by Your anger And by Your wrath we have been dismayed.

8 Diante de ti puseste as nossas iniquidades; os nossos pecados ocultos, à luz do teu rosto.

8 Diante de ti puseste as nossas iniqüidades, à luz do teu rosto os nossos pecados ocultos.

8 Tu conheces bem nossas iniquidades; nossos pecados mais secretos não escapam à luz da tua face.

8 You have placed our iniquities before You, Our secret sins in the light of Your presence.

9 Pois todos os nossos dias vão passando na tua indignação; acabam-se os nossos anos como um conto ligeiro.

9 Pois todos os nossos dias vão passando na tua indignação; acabam-se os nossos anos como um suspiro.

9 Sim, todos os nossos dias dissipam-se diante do teu furor, findamos os anos como um suspiro.

9 For all our days have declined in Your fury; We have finished our years like a sigh.

10 A duração da nossa vida é de setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o melhor deles é canseira e enfado, pois passa rapidamente, e nós voamos.

10 A duração da nossa vida é de setenta anos; e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, a medida deles é canseira e enfado; pois passa rapidamente, e nós voamos.

10 De fato, os dias de nossa vida chegam a setenta anos, ou a oitenta para os que têm mais saúde; entretanto, a maior parte dos anos é de labuta e sofrimentos, porquanto a vida passa muito depressa, e nós voamos!

10 As for the days of our life, they contain seventy years, Or if due to strength, eighty years, Yet their pride is but labor and sorrow; For soon it is gone and we fly away.

11 Quem conhece o poder da tua ira? E a tua cólera, segundo o temor que te é devido?

11 Quem conhece o poder da tua ira? e a tua cólera, segundo o temor que te é devido?

11 Quem é capaz de conhecer a força da tua ira e de tua cólera, segundo o temor que te é devido?

11 Who understands the power of Your anger And Your fury, according to the fear that is due You?

12 Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos coração sábio.

12 Ensina-nos a contar os nossos dias de tal maneira que alcancemos corações sábios.

12 Sendo assim, ensina-nos, pois, a contar nossos dias, a fim de que possamos alcançar um coração verdadeiramente sábio!

12 So teach us to number our days, That we may present to You a heart of wisdom.

13 Volta-te para nós, SENHOR; até quando? E aplaca-te para com os teus servos.

13 Volta-te para nós, Senhor! Até quando? Tem compaixão dos teus servos.

13 Volta-te para nós, ó Eterno! Até quando haveremos de esperar? Tem compaixão dos teus servos!

13 Do return, O LORD; how long will it be? And be sorry for Your servants.

14 Sacia-nos de madrugada com a tua benignidade, para que nos regozijemos e nos alegremos todos os nossos dias.

14 Sacia-nos de manhã com a tua benignidade, para que nos regozijemos e nos alegremos todos os nossos dias.

14 Sacia-nos, desde o romper da aurora, com teu amor infinito, e exultaremos de alegria, todos os nossos dias.

14 O satisfy us in the morning with Your lovingkindness, That we may sing for joy and be glad all our days.

15 Alegra-nos pelos dias em que nos afligiste, e pelos anos em que vimos o mal.

15 Alegra-nos pelos dias em que nos afligiste, e pelos anos em que vimos o mal.

15 Alegra-nos na proporção dos dias em que nos puniste, pelos anos em que passamos sob grande sofrimento.

15 Make us glad according to the days You have afflicted us, And the years we have seen evil.

16 Apareça a tua obra aos teus servos, e a tua glória, sobre seus filhos.

16 Apareça a tua obra aos teus servos, e a tua glória sobre seus filhos.

16 Que as tuas realizações se manifestem aos teus servos, e a teus filhos, a tua maravilhosa

16 Let Your work appear to Your servants And Your majesty to their children.

17 E seja sobre nós a graça do Senhor, nosso Deus; e confirma sobre nós a obra das nossas mãos; sim, confirma a obra das nossas mãos.

17 Seja sobre nós a graça do Senhor, nosso Deus; e confirma sobre nós a obra das nossas mãos; sim, confirma a obra das nossas mãos.

17 Que a graça do Senhor, nosso Deus, pouse sobre nós; faze prosperar as obras das nossas mãos; sim, confirma a obra das nossas mãos!

17 Let the favor of the Lord our God be upon us; And confirm for us the work of our hands; Yes, confirm the work of our hands.



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org