Marcos 11



1 E LOGO que se aproximaram de Jerusalém, de Betfagé e de Betania, junto do monte das Oliveiras, enviou dois dos seus discípulos,

1 Ora, quando se aproximavam de Jerusalém, de Betfagé e de Betânia, junto do Monte das Oliveiras, enviou Jesus dois dos seus discípulos

1 Quando estavam se aproximando de Jerusalém, chegando a Betfagé e Betânia, perto do monte das Oliveiras, enviou então Jesus dois dos seus discípulos,

1 As they approached Jerusalem, at Bethphage and Bethany, near the Mount of Olives, He sent two of His disciples,

2 E disse-lhes: Ide à aldeia que está defronte de vós; e, logo que ali entrardes, encontrareis preso um jumentinho, sobre o qual ainda não montou homem algum; soltai-o, e trazei-mo.

2 e disse-lhes: Ide à aldeia que está defronte de vós; e logo que nela entrardes, encontrareis preso um jumentinho, em que ainda ninguém montou; desprendei-o e trazei-o.

2 e lhes recomendou: “Ide ao povoado que está logo adiante de vós e, assim que entrardes, achareis um jumentinho amarrado, sobre o qual ninguém ainda montou. Soltai-o e trazei-o aqui.

2 and said to them, "Go into the village opposite you, and immediately as you enter it, you will find a colt tied there, on which no one yet has ever sat; untie it and bring it here.

3 E, se alguém vos disser: Porque fazeis isso? Dizei-lhe que o Senhor precisa dele, e logo o deixará trazer para aqui.

3 E se alguém vos perguntar: Por que fazeis isso? respondei: O Senhor precisa dele, e logo tornará a enviá-lo para aqui.

3 Se alguém vos inquirir: ‘Por que fazeis isso?’. Replicai: ‘O Senhor precisa dele e sem demora o enviará de volta para aqui’.

3 "If anyone says to you, 'Why are you doing this?' you say, 'The Lord has need of it'; and immediately he will send it back here."

4 E foram, e encontraram o jumentinho preso fora da porta, entre dois caminhos, e o soltaram.

4 Foram, pois, e acharam o jumentinho preso ao portão do lado de fora na rua, e o desprenderam.

4 Eles partiram e logo encontraram um jumentinho na rua, amarrado a um portão, e o desprenderam.

4 They went away and found a colt tied at the door, outside in the street; and they untied it.

5 E alguns dos que ali estavam lhes disseram: Que fazeis, soltando o jumentinho?

5 E alguns dos que ali estavam lhes perguntaram: Que fazeis, desprendendo o jumentinho?

5 E alguns dos que ali estavam censuraram-lhes: “Que fazeis, soltando o jumentinho?”

5 Some of the bystanders were saying to them, "What are you doing, untying the colt?"

6 Eles, porém, disseram-lhes como Jesus lhes tinha mandado; e deixaram-nos ir.

6 Responderam como Jesus lhes tinha mandado; e lho deixaram levar.

6 Eles, todavia, justificaram-se conforme Jesus os orientara; diante do que lhes permitiram seguir.

6 They spoke to them just as Jesus had told them, and they gave them permission.

7 E levaram o jumentinho a Jesus, e lançaram sobre ele os seus vestidos, e assentou-se sobre ele.

7 Então trouxeram a Jesus o jumentinho e lançaram sobre ele os seus mantos; e Jesus montou nele.

7 E, assim, trouxeram o jumentinho até onde estava Jesus, selaram-no com seus mantos, e Jesus o montou.

7 They brought the colt to Jesus and put their coats on it; and He sat on it.

8 E muitos estendiam os seus vestidos pelo caminho, e outros cortavam ramos das árvores, e os espalhavam pelo caminho.

8 Muitos também estenderam pelo caminho os seus mantos, e outros, ramagens que tinham cortado nos campos.

8 Então, muitas pessoas estendiam seus mantos pelo caminho, outras espalhavam ramos que tinham cortado nos campos.

8 And many spread their coats in the road, and others spread leafy branches which they had cut from the fields.

9 E aqueles que iam adiante, e os que seguiam, clamavam, dizendo: Hosana, bem-dito o que vem em nome do Senhor;

9 E tanto os que o precediam como os que o seguiam, clamavam: Hosana! bendito o que vem em nome do Senhor!

9 Tanto os que caminhavam adiante dele, como os que seguiam após, proclamavam: “Hosana! Bendito é o que vem em Nome do Senhor!

9 Those who went in front and those who followed were shouting: "Hosanna! BLESSED IS HE WHO COMES IN THE NAME OF THE LORD;

10 Bem-dito o reino do nosso pai Davi, que vem em nome do Senhor - Hosana nas alturas.

10 Bendito o reino que vem, o reino de nosso pai Davi! Hosana nas alturas!

10 Bendito seja o Reino vindouro de nosso pai Davi! Hosana nos mais elevados céus!”.

10 Blessed is the coming kingdom of our father David; Hosanna in the highest!"

11 E Jesus entrou em Jerusalém, no templo, e, tendo visto tudo em redor, como fosse já tarde, saiu para Betania com os doze.

11 Tendo Jesus entrado em Jerusalém, foi ao templo; e tendo observado tudo em redor, como já fosse tarde, saiu para Betânia com os doze.

11 Então, Jesus entrou em Jerusalém e dirigiu-se ao templo. Observou tudo à sua volta e, como já era tarde, partiu para Betânia com os Doze. Jesus purifica o templo

11 Jesus entered Jerusalem and came into the temple; and after looking around at everything, He left for Bethany with the twelve, since it was already late.

12 E, no dia seguinte, quando saíram de Betania, teve fome,

12 No dia seguinte, depois de saírem de Betânia teve fome,

12 No dia seguinte, enquanto estavam saindo de Betânia, Jesus teve fome.

12 On the next day, when they had left Bethany, He became hungry.

13 E, vendo de longe uma figueira que tinha folhas, foi ver se nela acharia alguma coisa; e, chegando a ela, não achou senão folhas, porque não era tempo de figos.

13 e avistando de longe uma figueira que tinha folhas, foi ver se, porventura, acharia nela alguma coisa; e chegando a ela, nada achou senão folhas, porque não era tempo de figos.

13 E, avistando ao longe uma figueira com folhas, foi verificar se encontraria nela algum fruto. Chegando perto dela, nada encontrou, a não ser folhas, porque não era a época de figos.

13 Seeing at a distance a fig tree in leaf, He went to see if perhaps He would find anything on it; and when He came to it, He found nothing but leaves, for it was not the season for figs.

14 E Jesus, falando, disse à figueira: Nunca mais coma alguém fruto de ti. E os seus discípulos ouviram isto.

14 E Jesus, falando, disse à figueira: Nunca mais coma alguém fruto de ti. E seus discípulos ouviram isso.

14 Então a repreendeu: “Nunca mais, em tempo algum, coma alguém fruto de ti!”. E os discípulos escutaram quando proferiu isso.

14 He said to it, "May no one ever eat fruit from you again!" And His disciples were listening.

15 E vieram a Jerusalém; e Jesus, entrando no templo, começou a expulsar os que vendiam e compravam no templo; e derribou as mesas dos cambiadores e as cadeiras dos que vendiam pombas.

15 Chegaram, pois, a Jerusalém. E entrando ele no templo, começou a expulsar os que ali vendiam e compravam; e derribou as mesas dos cambistas, e as cadeiras dos que vendiam pombas;

15 Assim que chegou a Jerusalém, Jesus entrou no templo e começou a expulsar os que ali estavam apenas comprando e vendendo. Derrubou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que comercializavam pombas.

15 Then they came to Jerusalem. And He entered the temple and began to drive out those who were buying and selling in the temple, and overturned the tables of the money changers and the seats of those who were selling doves;

16 E não consentia que alguém levasse algum vaso pelo templo.

16 e não consentia que ninguém atravessasse o templo levando qualquer utensílio;

16 Também não permitia que ninguém transportasse mercadorias pelo templo.

16 and He would not permit anyone to carry merchandise through the temple.

17 E os ensinava, dizendo: Não está escrito - A minha casa será chamada por todas as nações casa de oração? Mas vós a tendes feito covil de ladrões.

17 e ensinava, dizendo-lhes: Não está escrito: A minha casa será chamada casa de oração para todas as nações? Vós, porém, a tendes feito covil de salteadores.

17 E os admoestava exclamando: “Não está escrito: ‘A minha casa será chamada casa de oração para todos os povos’? Vós, contudo, a tendes transformado em ‘covil de ladrões’”.

17 And He began to teach and say to them, "Is it not written, 'MY HOUSE SHALL BE CALLED A HOUSE OF PRAYER FOR ALL THE NATIONS'? But you have made it a ROBBERS' DEN."

18 E os escribas e príncipes dos sacerdotes, tendo ouvido isto; buscavam ocasião para o matar; pois eles o temiam, porque toda a multidão estava admirada acerca da sua doutrina.

18 Ora, os principais sacerdotes e os escribas ouviram isto, e procuravam um modo de o matar; pois o temiam, porque toda a multidão se maravilhava da sua doutrina.

18 Os chefes dos sacerdotes e os mestres da lei escutaram essas críticas e começaram a tramar um meio para assassiná-lo, pois o temiam, haja vista que todo o povo estava maravilhado com o seu saber e ministração.

18 The chief priests and the scribes heard this, and began seeking how to destroy Him; for they were afraid of Him, for the whole crowd was astonished at His teaching.

19 E, sendo já tarde, saiu para fora da cidade.

19 Ao cair da tarde, saíam da cidade.

19 E, ao pôr-do-sol, eles saíram da cidade. O poder da oração de fé

19 When evening came, they would go out of the city.

20 E eles, passando pela manhã, viram que a figueira se tinha secado desde as raízes.

20 Quando passavam na manhã seguinte, viram que a figueira tinha secado desde as raízes.

20 E, caminhando eles pela manhã, viram que a figueira secara desde as raízes.

20 As they were passing by in the morning, they saw the fig tree withered from the roots up.

21 E Pedro, lembrando-se, disse-lhe: Mestre, eis que a figueira, que tu amaldiçoaste, se secou.

21 Então Pedro, lembrando-se, disse-lhe: Olha, Mestre, secou-se a figueira que amaldiçoaste.

21 Pedro, recordando-se do ocorrido, informou a Jesus: “Rabbi! Eis que a figueira que amaldiçoaste secou!”.

21 Being reminded, Peter said to Him, "Rabbi, look, the fig tree which You cursed has withered."

22 E Jesus, respondendo, disse-lhes: Tende fé em Deus;

22 Respondeu-lhes Jesus: Tende fé em Deus.

22 Observou-lhes Jesus: “Tende fé em Deus!

22 And Jesus answered saying to them, "Have faith in God.

23 Porque em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar; e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito.

23 Em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar; e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, assim lhe será feito.

23 E, com toda a certeza eu vos asseguro, que se qualquer pessoa ordenar a este monte: ‘Levanta-te e lança-te no mar, e não houver dúvida em seu coração, mas crer que se realizará o que pede, assim lhe será feito’.

23 "Truly I say to you, whoever says to this mountain, 'Be taken up and cast into the sea,' and does not doubt in his heart, but believes that what he says is going to happen, it will be granted him.

24 Por isso vos digo que tudo o que pedirdes, orando, crede que o recebereis, e tê-lo-eis;

24 Por isso vos digo que tudo o que pedirdes em oração, crede que o recebereis, e tê-lo-eis.

24 Portanto, vos afirmo: Tudo quanto em oração pedirdes, tenhais fé que já o recebestes, e assim vos sucederá.

24 "Therefore I say to you, all things for which you pray and ask, believe that you have received them, and they will be granted you.

25 E, quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe as vossas ofensas;

25 Quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que também vosso Pai que está no céu, vos perdoe as vossas ofensas.

25 Mas, quando estiverdes orando, se tiverdes algum ressentimento contra alguma pessoa, perdoai-a, para que, igualmente, vosso Pai celestial vos perdoe as vossas ofensas.

25 "Whenever you stand praying, forgive, if you have anything against anyone, so that your Father who is in heaven will also forgive you your transgressions.

26 Mas, se vós não perdoardes, também vosso Pai, que está nos céus, vos não perdoará as vossas ofensa.

26 [Mas, se vós não perdoardes, também vosso Pai, que está no céu, não vos perdoará as vossas ofensas.]

26 Entretanto, se não perdoardes, vosso Pai que está nos céus também não vos perdoará os vossos pecados”. A autoridade de Jesus é divina

26 ["But if you do not forgive, neither will your Father who is in heaven forgive your transgressions."]

27 E tornaram a Jerusalém, e, andando ele pelo templo, os principais dos sacerdotes, e os escribas, e os anciãos se aproximaram dele,

27 Vieram de novo a Jerusalém. E andando Jesus pelo templo, aproximaram-se dele os principais sacerdotes, os escribas e os anciãos,

27 Mais tarde, chegaram outra vez a Jerusalém. E Jesus, ao caminhar pelo templo, foi abordado pelos chefes dos sacerdotes, os mestres da lei e os líderes religiosos, que lhe questionaram:

27 They came again to Jerusalem. And as He was walking in the temple, the chief priests and the scribes and the elders came to Him,

28 E lhe disseram: Com que autoridade fazes tu estas coisas? Ou, quem te deu tal autoridade para fazeres estas coisas?

28 que lhe perguntaram: Com que autoridade fazes tu estas coisas? ou quem te deu autoridade para fazê-las?

28 “Com que autoridade ages como vens agindo? Ou quem te outorgou tal autoridade para fazeres o que fazes?

28 and began saying to Him, "By what authority are You doing these things, or who gave You this authority to do these things?"

29 Mas Jesus, respondendo, disse-lhes: Também eu vos perguntarei uma coisa, e respondei-me; e então vos direi com que autoridade faço estas coisas:

29 Respondeu-lhes Jesus: Eu vos perguntarei uma coisa; respondei-me, pois, e eu vos direi com que autoridade faço estas coisas.

29 Jesus lhes replicou: “Eu também vos proporei uma questão; respondei-me, e Eu vos revelarei com que autoridade tenho ministrado.

29 And Jesus said to them, "I will ask you one question, and you answer Me, and then I will tell you by what authority I do these things.

30 O baptismo de João era do céu ou dos homens? Respondei-me.

30 O batismo de João era do céu, ou dos homens? respondei-me.

30 O batismo de João provinha do céu ou dos seres humanos? Respondei-me pois!”.

30 "Was the baptism of John from heaven, or from men? Answer Me."

31 E eles arrazoavam entre si, dizendo: Se dissermos: Do céu, ele nos dirá: Então porque o não crestes?

31 Ao que eles arrazoavam entre si: Se dissermos: Do céu, ele dirá: Então por que não o crestes?

31 E aconteceu que eles passaram a discutir entre si: “Se afirmarmos: Do céu, ele nos indagará: ‘Então, por qual razão não acreditastes nele?’.

31 They began reasoning among themselves, saying, "If we say, 'From heaven,' He will say, 'Then why did you not believe him?'

32 Se, porém, dissermos: Dos homens tememos o povo: porque todos sustentavam que João verdadeiramente era profeta.

32 Mas diremos, porventura: Dos homens? - É que temiam o povo; porque todos verdadeiramente tinham a João como profeta.

32 Se, por outro lado, declararmos: Dos seres humanos...” Neste caso, temiam as multidões, pois todos realmente consideravam João um profeta.

32 "But shall we say, 'From men'?"--they were afraid of the people, for everyone considered John to have been a real prophet.

33 E, respondendo, disseram a Jesus: Não sabemos. E Jesus lhes replicou: Também eu vos não direi com que autoridade faço estas coisas.

33 Responderam, pois, a Jesus: Não sabemos. Replicou-lhes ele: Nem eu vos digo com que autoridade faço estas coisas.

33 Finalmente declararam a Jesus: “Não sabemos!”. E, Jesus, por sua vez, concluiu-lhes: “Ora, nem Eu tampouco vos revelarei com que autoridade estou realizando estas obras!”.

33 Answering Jesus, they said, "We do not know." And Jesus said to them, "Nor will I tell you by what authority I do these things."



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org