Salmos 59



1 Livra-me, meu Deus, dos meus inimigos; defende-me daqueles que se levantam contra mim.

1 Livra-me, Deus meu, dos meus inimigos; protege-me daqueles que se levantam contra mim.

1 Ao regente do coro, de acordo com a melodia “Não Destruas”. Poema de Davi, quando Saul mandou que lhe sitiassem a casa para o matar. Ó Deus, livra-me dos meus inimigos, protege-me dos meus agressores!

1 Deliver me from my enemies, O my God; Set me securely on high away from those who rise up against me.

2 Livra-me dos que praticam a iniquidade e salva-me dos homens sanguinários,

2 Livra-me do que praticam a iniqüidade, e salva-me dos homens sanguinários.

2 Livra-me dos malfeitores, salva-me dos homens sanguinários!

2 Deliver me from those who do iniquity And save me from men of bloodshed.

3 pois eis que armam ciladas à minha alma; os fortes se ajuntam contra mim, sem transgressão minha ou pecado meu, ó SENHOR.

3 Pois eis que armam ciladas à minha alma; os fortes se ajuntam contra mim, não por transgressão minha nem por pecado meu, ó Senhor.

3 Ei-los em emboscadas para tirar a minha vida! Poderosos me espreitam, sem transgressão alguma da minha parte, ó SENHOR.

3 For behold, they have set an ambush for my life; Fierce men launch an attack against me, Not for my transgression nor for my sin, O LORD,

4 Eles correm e se preparam, sem culpa minha; desperta para me ajudares e olha.

4 Eles correm, e se preparam, sem culpa minha; desperta para me ajudares, e olha.

4 Mesmo que não pesem sobre mim iniquidades, eles se apressam em preparar-se para agredir-me. Observa o que acontece e intervém em meu auxílio!

4 For no guilt of mine, they run and set themselves against me Arouse Yourself to help me, and see!

5 Tu, pois, ó SENHOR, Deus dos Exércitos, Deus de Israel, desperta para visitares todas as nações: não tenhas misericórdia de nenhum dos pérfidos que praticam a iniquidade. (Selá)

5 Tu, ó Senhor, Deus dos exércitos, Deus de Israel, desperta para punir todas as nações; não tenhas misericórdia de nenhum dos pérfidos que praticam a iniqüidade.

5 Ó Eterno, Senhor dos Exércitos, Deus de Israel, vem e julga o procedimento de todas as nações; não tenhas misericórdia desses traidores perversos!

5 You, O LORD God of hosts, the God of Israel, Awake to punish all the nations; Do not be gracious to any who are treacherous in iniquity. Selah.

6 Voltam à tarde; dão ganidos como cães, rodeando a cidade.

6 Eles voltam à tarde, uivam como cães, e andam rodeando a cidade.

6 Eles voltam ao cair da tarde; rosnando como cães, rodam a cidade.

6 They return at evening, they howl like a dog, And go around the city.

7 Eis que eles dão gritos com a boca; espadas estão nos seus lábios; porque dizem eles: Quem ouve?

7 Eis que eles soltam gritos; espadas estão nos seus lábios; porque (pensam eles), quem ouve?

7 Vê como de suas bocas provêm ameaças mortais; palavras cortantes como espadas estão em seus lábios, e bramem: “Há alguém que nos ouça?”

7 Behold, they belch forth with their mouth; Swords are in their lips, For, they say, "Who hears?"

8 Mas tu, SENHOR, te rirás deles; zombarás de todos os gentios.

8 Mas tu, Senhor, te rirás deles; zombarás de todas as nações.

8 Contudo, tu, ó Eterno, deles te ris, zombas da arrogância de todas as nações!

8 But You, O LORD, laugh at them; You scoff at all the nations.

9 Por causa da sua força eu te aguardarei; pois Deus é a minha alta defesa.

9 Em ti, força minha, esperarei; pois Deus é o meu alto refúgio.

9 Ó minha Fortaleza, em ti espero! Tu, ó Deus, és o meu supremo refúgio.

9 Because of his strength I will watch for You, For God is my stronghold.

10 O Deus da minha misericórdia virá ao meu encontro; Deus me fará ver o meu desejo sobre os meus inimigos.

10 O meu Deus com a sua benignidade virá ao meu encontro; Deus me fará ver o meu desejo sobre os meus inimigos.

10 Meu Deus misericordioso, certamente, virá em meu resgate; Ele me proporcionará

10 My God in His lovingkindness will meet me; God will let me look triumphantly upon my foes.

11 Não os mates, para que o meu povo se não esqueça; espalha-os pelo teu poder e abate-os, ó Senhor, nosso escudo.

11 Não os mates, para que meu povo não se esqueça; espalha-os pelo teu poder, e abate-os ó Senhor, escudo nosso.

11 Todavia, não os mates, ó Senhor, nosso escudo, para que meu povo não esqueça como nos salvaste. Em teu poder faze-os vaguearem humilhados.

11 Do not slay them, or my people will forget; Scatter them by Your power, and bring them down, O Lord, our shield.

12 Pelo pecado da sua boca e pelas palavras dos seus lábios fiquem presos na sua soberba; e pelas maldições e pelas mentiras que proferem.

12 Pelo pecado da sua boca e pelas palavras dos seus lábios fiquem presos na sua soberba. Pelas maldições e pelas mentiras que proferem,

12 Por causa de suas palavras mentirosas e seus lábios pecadores, sejam vitimados por sua própria arrogância, e pelas maldições e calúnias que propagaram.

12 On account of the sin of their mouth and the words of their lips, Let them even be caught in their pride, And on account of curses and lies which they utter.

13 Consome-os na tua indignação, consome-os de modo que não existam mais, para que saibam que Deus reina em Jacó até aos confins da terra. (Selá)

13 consome-os na tua indignação; consome-os, de modo que não existem mais; para que saibam que Deus reina sobre Jacó, até os confins da terra.

13 Destrói-os em tua ira santa, dá-lhes fim para que não mais possam existir, e para que até os confins da terra se possa saber que o Eterno é quem reina sobre o povo de Jacó!

13 Destroy them in wrath, destroy them that they may be no more; That men may know that God rules in Jacob To the ends of the earth. Selah.

14 E tornem a vir à tarde e dêem ganidos como cães, rodeando a cidade.

14 Eles tornam a vir à tarde, uivam como cães, e andam rodeando a cidade;

14 Eles retornam ao pôr-do-sol, rosnando e rondando a cidade.

14 They return at evening, they howl like a dog, And go around the city.

15 Vagueiem buscando o que comer, passem a noite sem se fartarem.

15 vagueiam buscando o que comer, e resmungam se não se fartarem.

15 Em busca de comida perambulam e, se não ficam satisfeitos, uivam pela noite.

15 They wander about for food And growl if they are not satisfied.

16 Eu, porém, cantarei a tua força; pela manhã, louvarei com alegria a tua misericórdia, porquanto tu foste o meu alto refúgio e proteção no dia da minha angústia.

16 Eu, porém, cantarei a tua força; pela manhã louvarei com alegria a tua benignidade, porquanto tens sido para mim uma fortaleza, e refúgio no dia da minha angústia.

16 No entanto, eu cantarei louvores à tua fidelidade, porquanto tu és o meu alto refúgio, abrigo seguro, especialmente nas épocas de crise.

16 But as for me, I shall sing of Your strength; Yes, I shall joyfully sing of Your lovingkindness in the morning, For You have been my stronghold And a refuge in the day of my distress.

17 A ti, ó fortaleza minha, cantarei louvores; porque Deus é a minha defesa, é o Deus da minha misericórdia.

17 A ti, ó força minha, cantarei louvores; porque Deus é a minha fortaleza, é o Deus que me mostra benignidade.

17 Ó minha Fortaleza, hinos cantarei em teu louvor, pois tu és, ó Deus, a minha suprema proteção, ó Deus cujo amor tem me abençoado!

17 O my strength, I will sing praises to You; For God is my stronghold, the God who shows me lovingkindness.



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org