Jó 24



1 Visto que do Todo-poderoso se não encobriram os tempos, por que não vêem os seus dias os que o conhecem?

1 Por que o Todo-Poderoso não designa tempos? e por que os que o conhecem não vêem os seus dias?

1 “Por que o Todo-Poderoso não estabelece um tempo de julgamento geral sobre a terra? E por que os que o conhecem sequer sabem quando esse dia chegará?

1 "Why are times not stored up by the Almighty, And why do those who know Him not see His days?

2 Há os que até os limites removem; roubam os rebanhos e os apascentam.

2 Há os que removem os limites; roubam os rebanhos, e os apascentam.

2 Há aqueles que fraudam as fronteiras de seus pastos, mudam os marcos que limitam o gado e assim roubam os rebanhos de outrem.

2 "Some remove the landmarks; They seize and devour flocks.

3 Levam o jumento do órfão; tomam em penhor o boi da viúva.

3 Levam o jumento do órfão, tomam em penhor o boi da viúva.

3 Sequestram o jumento que pertence ao órfão e levam o boi da viúva como penhor.

3 "They drive away the donkeys of the orphans; They take the widow's ox for a pledge.

4 Desviam do caminho os necessitados; e os miseráveis da terra juntos se escondem.

4 Desviam do caminho os necessitados; e os oprimidos da terra juntos se escondem.

4 Forçam os necessitados a sair do caminho e os pobres da terra a esconder-se.

4 "They push the needy aside from the road; The poor of the land are made to hide themselves altogether.

5 Eis que, como jumentos monteses no deserto, saem à sua obra, madrugando para a presa; o campo raso dá mantimento a eles e aos seus filhos.

5 Eis que, como jumentos monteses no deserto, saem eles ao seu trabalho, procurando no ermo a presa que lhes sirva de sustento para seus filhos.

5 Como se fossem jumentos selvagens no deserto, os pobres partem em busca do pão de cada dia; na terra deserta encontram o que dar de comer a seus filhos.

5 "Behold, as wild donkeys in the wilderness They go forth seeking food in their activity, As bread for their children in the desert.

6 No campo, segam o seu pasto e vindimam a vinha do ímpio.

6 No campo segam o seu pasto, e vindimam a vinha do ímpio.

6 Juntam forragem nos campos e trabalham duro nas colheitas dos maus; respingam nas vinhas dos ímpios.

6 "They harvest their fodder in the field And glean the vineyard of the wicked.

7 Ao nu fazem passar a noite sem roupa, não tendo ele coberta contra o frio.

7 Passam a noite nus, sem roupa, não tendo coberta contra o frio.

7 Passam a noite desprovidos de roupas; não têm como agasalhar-se no frio.

7 "They spend the night naked, without clothing, And have no covering against the cold.

8 Pelas correntes das montanhas são molhados e, não tendo refúgio, abraçam-se com as rochas.

8 Pelas chuvas das montanhas são molhados e, por falta de abrigo, abraçam-se com as rochas.

8 Encharcados pelas chuvas das montanhas, abraçam-se às rochas por falta de abrigo.

8 "They are wet with the mountain rains And hug the rock for want of a shelter.

9 Ao orfãozinho arrancam do peito e aceitam o penhor do pobre.

9 Há os que arrancam do peito o órfão, e tomam o penhor do pobre;

9 As crianças órfãs são arrancadas do seio de suas mães para servirem como escravos; o recém nascido do pobre é tomado à força, em pagamento de dívidas.

9 "Others snatch the orphan from the breast, And against the poor they take a pledge.

10 Fazem com que os nus vão sem veste e aos famintos tiram as espigas.

10 fazem que estes andem nus, sem roupa, e, embora famintos, carreguem os molhos.

10 Por falta de roupas, andam nus; transportam pesados feixes, mas continuam esfomeados.

10 "They cause the poor to go about naked without clothing, And they take away the sheaves from the hungry.

11 Dentro dos seus muros fazem o azeite; pisam os lagares e ainda têm sede.

11 Espremem o azeite dentro dos muros daqueles homens; pisam os seus lagares, e ainda têm sede.

11 Esmagam azeitonas entre as pedras de moinho, pisam uvas nos lagares, contudo, mesmo assim, padecem de sede.

11 "Within the walls they produce oil; They tread wine presses but thirst.

12 Desde as cidades gemem os homens, e a alma dos feridos clama; e, contudo, Deus lho não imputa como loucura.

12 Dentro das cidades gemem os moribundos, e a alma dos feridos clama; e contudo Deus não considera o seu clamor.

12 Desde as cidades ouvem-se os gemidos dos que estão prestes a morrer, e a alma dos feridos clama; e, mesmo assim, Deus não escuta os seus pedidos de socorro.

12 "From the city men groan, And the souls of the wounded cry out; Yet God does not pay attention to folly.

13 Eles estão entre os que se opõem à luz; não conhecem os seus caminhos e não permanecem nas suas veredas.

13 Há os que se revoltam contra a luz; não conhecem os caminhos dela, e não permanecem nas suas veredas.

13 Os perversos são adversários da luz, não conhecem os seus caminhos, nem permanecem nas suas veredas.

13 "Others have been with those who rebel against the light; They do not want to know its ways Nor abide in its paths.

14 De madrugada se levanta o homicida, mata o pobre e necessitado e de noite é como o ladrão.

14 O homicida se levanta de madrugada, mata o pobre e o necessitado, e de noite torna-se ladrão.

14 De manhã o assassino se levanta e parte em busca de suas vítimas: os pobres e os necessitados; de noite age como ladrão.

14 "The murderer arises at dawn; He kills the poor and the needy, And at night he is as a thief.

15 Assim como os olhos do adúltero aguardam o crepúsculo, dizendo: Não me verá olho nenhum, e oculta o rosto,

15 Também os olhos do adúltero aguardam o crepúsculo, dizendo: Ninguém me verá; e disfarça o rosto.

15 Os olhos do adúltero ficam à espreita do cair da tarde; este diz consigo: ‘Ninguém me reconhecerá’ e cobre o rosto.

15 "The eye of the adulterer waits for the twilight, Saying, 'No eye will see me.' And he disguises his face.

16 nas trevas minam as casas que de dia assinalaram; não conhecem a luz.

16 Nas trevas minam as casas; de dia se conservam encerrados; não conhecem a luz.

16 Em meio às trevas os homens maus invadem as casas, mas de dia se enclausuram; a luz para eles é um desprazer.

16 "In the dark they dig into houses, They shut themselves up by day; They do not know the light.

17 Porque a manhã, para todos eles, é como sombra de morte; porque, sendo conhecidos, sentem os pavores da sombra da morte.

17 Pois para eles a profunda escuridão é a sua manhã; porque são amigos das trevas espessas.

17 O romper da aurora para tais pessoas é como a sombra da morte; contudo, se sentem em casa em meio aos horrores das trevas.

17 "For the morning is the same to him as thick darkness, For he is familiar with the terrors of thick darkness.

18 São ligeiros sobre a face das águas; maldita é a sua porção sobre a terra; não voltam pelo caminho das vinhas.

18 São levados ligeiramente sobre a face das águas; maldita é a sua porção sobre a terra; não tornam pelo caminho das vinhas.

18 Entretanto, os maldosos são como espuma que é levada e logo se dissipa na superfície das águas; a porção dos perversos sobre a terra é amaldiçoada, e por isso já não andam pelo caminho a trabalhar nas vinhas.

18 "They are insignificant on the surface of the water; Their portion is cursed on the earth They do not turn toward the vineyards.

19 A secura e o calor desfazem as águas da neve; assim desfará a sepultura aos que pecaram.

19 A sequidão e o calor desfazem as, águas da neve; assim faz o Seol aos que pecaram.

19 A secura e o calor desfazem as águas da neve; assim é a ação do Sheol, da sepultura, consumindo rapidamente os que pecaram.

19 "Drought and heat consume the snow waters, So does Sheol those who have sinned.

20 A madre se esquecerá deles, os vermes os comerão gostosamente; nunca mais haverá lembrança deles, e a iniquidade se quebrará como a árvore.

20 A madre se esquecerá dele; os vermes o comerão gostosamente; não será mais lembrado; e a iniqüidade se quebrará como árvore.

20 Sua própria mãe os esquecerá, os vermes se banquetearão com seus corpos; jamais alguém se lembrará dessas pessoas; como árvore seca será quebrado o injusto.

20 "A mother will forget him; The worm feeds sweetly till he is no longer remembered And wickedness will be broken like a tree.

21 Afligem a estéril que não dá à luz e à viúva não fazem bem;

21 Ele despoja a estéril que não dá à luz, e não faz bem à viúva.

21 Os maus despojam a estéril e sem filhos e não demonstram a menor consideração para com a viúva.

21 "He wrongs the barren woman And does no good for the widow.

22 até aos poderosos arrastam com a sua força; se eles se levantam, não há vida segura.

22 Todavia Deus prolonga a vida dos valentes com a sua força; levantam-se quando haviam desesperado da vida.

22 Contudo, é Deus, mediante seu poder, que destrói os ímpios ainda que firmemente estabelecidos; Deus os arranca de seus lugares e acaba com as vidas dos perversos.

22 "But He drags off the valiant by His power; He rises, but no one has assurance of life.

23 Se Deus lhes dá descanso, estribam-se nisso; seus olhos, porém, estão nos caminhos deles.

23 Se ele lhes dá descanso, estribam-se, nisso; e os seus olhos estão sobre os caminhos deles.

23 Deus permite que vivam seguros, entretanto vigia com toda atenção os caminhos que escolhem seguir.

23 "He provides them with security, and they are supported; And His eyes are on their ways.

24 Por um pouco se alçam e logo desaparecem; são abatidos, encerrados como todos os outros e cortados como as pontas das espigas.

24 Eles se exaltam, mas logo desaparecem; são abatidos, colhidos como os demais, e cortados como as espigas do trigo.

24 Assim, durante algum tempo os malignos prosperam, mas em um momento secam como o capim, e são cortados como as espigas de trigo.

24 "They are exalted a little while, then they are gone; Moreover, they are brought low and like everything gathered up; Even like the heads of grain they are cut off.

25 Se agora não é assim, quem me desmentirá e desfará as minhas razões?

25 Se não é assim, quem me desmentirá e desfará as minhas palavras?

25 Quem, pois, pode afirmar que o que estou dizendo não corresponde à realidade? Quem poderá provar que estou mentindo ou corrigir minhas palavras?

25 "Now if it is not so, who can prove me a liar, And make my speech worthless?"



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org