Versos Mais Populares da Bíblia em Filipenses

Filipenses Classificação:

1

Posso todas as coisas naquele que me fortalece.

2

Não estejais inquietos por coisa alguma: antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplicas, com acção de graças.

3

De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus.

4

Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.

5

Tendo por certo isto mesmo, que aquêle que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo;

6

De sorte que, meus amados, assim como sempre obedecestes, não só na minha presença, mas muito mais agora na minha ausência, assim também operai a vossa salvação com temor e tremor;

7

PORTANTO, se há algum conforto em Cristo, se alguma consolação de amor, se alguma comunhão no Espírito, se alguns entranháveis afectos e compaixões,

8

O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus.

9

Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,

10

Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos.

11

Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo.

12

Mas a nossa cidade está nos céus, donde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo,

13

Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho.

14

PAULO e Timóteo, servos de Jesus Cristo, a todos os santos em Cristo Jesus, que estão em Filipos, com os bispos e diáconos;

15

Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;

16

Para conhecê-lo, e à virtude da sua ressurreição, e à comunicação de suas aflições, sendo feito conforme à sua morte;

17

Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efectuar, segundo a sua boa vontade.

18

Circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; segundo a lei, fui fariseu;

19

Pela vossa cooperação no evangelho desde o primeiro dia até agora.

20

Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus,

21

Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão adiante de mim,

22

Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho.

23

Porque Deus me é testemunha das saudades que de todos vós tenho, em entranhável afeição de Jesus Cristo.

24

Cheios de frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus.

25

E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como esterco, para que possa ganhar a Cristo,

26

Sómente deveis portar-vos dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, quer vá e vos veja, quer esteja ausente, ouça acerca de vós que estais num mesmo espírito, combatendo juntamente com o mesmo ânimo pela fé do evangelho.

27

Dou graças ao meu Deus todas as vezes que me lembro de vós,

28

E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus.

29

E peço isto: que a vossa caridade abunde mais e mais em ciência e em todo o conhecimento.

30

Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo.

31

Para que aproveis as coisas excelentes, para que sejais sinceros, e sem escândalo algum até ao fim de Cristo;

32

Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,

33

Prossigo para o alvo, pelo prémio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.

34

Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;

35

De maneira que as minhas prisões em Cristo foram manifestadas por toda a guarda pretoriana, e por todos os demais lugares;

36

Segundo o zelo, perseguidor da igreja, segundo a justiça que há na lei, irrepreensível.

37

E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.

38

Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros.

39

Ora muito me regozijei no Senhor por finalmente reviver a vossa lembrança de mim, pois já vos tínheis lembrado; mas não tínheis tido oportunidade.

40

E muitos dos irmãos no Senhor, tomando ânimo com as minhas prisões, ousam falar a palavra mais confiadamente, sem temor.

41

Mas de ambos os lados estou em apêrto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor.

42

E quero, irmãos, que saibais que as coisas que me aconteceram contribuíram para maior proveito do evangelho.

43

Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas;

44

Sede também meus imitadores, irmãos, e tende cuidado, segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam.

45

Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas.

46

Uns por amor, sabendo que fui pôsto para defesa do evangelho,

47

Porque a vós vos foi concedido, em relação a Cristo, não somente crer nêle, como também padecer por êle.

48

E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé;

49

RESTA, irmãos meus, que vos regozijeis no Senhor. Não me aborreço de escrever-vos as mesmas coisas, e é segurança para vós.

50

Porque a circuncisão somos nós, que servimos a Deus em espírito, e nos gloriamos em Jesus Cristo, e não confiamos na carne.

51

Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com fingimento ou em verdade, nisto me regozijo, e me regozijarei ainda.

52

Mas outros, na verdade, anunciam a Cristo por contenção, não puramente, julgando acrescentar aflição às minhas prisões.

53

Para ver se de alguma maneira posso chegar à ressurreição dos mortos.

54

Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus, inculpáveis no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo;

55

Seja a vossa equidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor.

56

Mas, se o viver na carne me der fruto da minha obra, não sei então o que deva escolher.

57

Mas julgo mais necessário, por amor de vós, ficar na carne.

58

E, tendo esta confiança, sei que ficarei, e permanecerei com todos vós para proveito vosso e gozo da fé.

59

E em nada vos espanteis, dos que resistem, o que para êles, na verdade, é indício de perdição, mas para vós de salvação, e isto, de Deus.

60

Para que a vossa glória abunde por mim em Cristo Jesus, pela minha nova ida a vós.

61

Tendo o mesmo combate que já em mim tendes visto e agora ouvis estar em mim.

62

Pelo que todos quantos já somos perfeitos sintamos isto mesmo; e, se sentis alguma coisa de outra maneira, também Deus vo-lo revelará.

63

Mas, naquilo a que já chegámos, andemos segundo a mesma regra, e sintamos o mesmo.

64

E bem sabeis também vós, ó filipenses, que, no princípio do evangelho, quando parti da Macedónia, nenhuma igreja comunicou comigo com respeito a dar e a receber, senão vós somente;

65

Todavia fizestes bem em tomar parte na minha aflição.

66

Ora a nosso Deus e Pai seja dada glória para todo o sempre. Amen.

67

De sorte que espero enviar-vo-lo logo que tenha provido a meus negócios.

68

A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com vós todos. Amen.

69

Porque também uma e outra vez me mandastes o necessário a Tessalónica.

70

E, ainda que seja oferecido por libação sobre o sacrifício e serviço da vossa fé, folgo e me regozijo com todos vós.

71

E vós também regozijai-vos e alegrai-vos comigo por isto mesmo.

72

Mas bastante tenho recebido, e tenho abundância: cheio estou, depois que recebi de Epafrodito o que da vossa parte me foi enviado, como cheiro de suavidade e sacrifício agradável e aprazível a Deus.

73

Mas bem sabeis qual a sua experiência, e que serviu comigo no evangelho, como filho ao pai.

74

Não que procure dádivas, mas procuro o fruto que abunde para a vossa conta.

75

Porquanto tinha muitas saudades de vós todos, e estava muito angustiado de que tivésseis ouvido que ele estivera doente.

76

Porque todos buscam o que é seu, e não o que é de Cristo Jesus.

77

Porque a ninguém tenho de igual sentimento, que sinceramente cuide do vosso estado;

78

Todos os santos vos saúdam, mas principalmente os que são da casa de César.

79

Saudai a todos os santos em Cristo Jesus. Os irmãos que estão comigo vos saúdam.

80

Mas confio no Senhor, que também eu mesmo em breve irei ter convosco.

81

E de facto esteve doente, e quase à morte; mas Deus se apiedou dele e não somente dele, mas também de mim, para que eu não tivesse tristeza sobre tristeza.

82

Por isso vo-lo enviei mais depressa, para que vendo-o outra vez, vos regozijeis, e eu tenha menos tristeza.

83

Recebei-o pois no Senhor com todo o gozo, e tende-o em honra.

84

PORTANTO, meus amados e mui queridos irmãos, minha alegria e coroa, estai assim firmes no Senhor, amados.

85

Porque sei que disto me resultará salvação, pela vossa oração e pelo socorro do Espírito de Jesus Cristo,

86

Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.

87

Segundo a minha intensa expectação e esperança, de que em nada serei confundido; antes, com toda a confiança, Cristo será, tanto agora como sempre, engrandecido no meu corpo, seja pela vida, seja pela morte.

88

Ainda que também podia confiar na carne: se algum outro cuida que pode confiar na carne, ainda mais eu:

89

Guardai-vos dos cães, guardai-vos dos maus obreiros, guardai-vos da circuncisão;

90

Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo.

91

E peço-te também a ti, meu verdadeiro companheiro, que ajudes essas mulheres que trabalharam comigo no evangelho, e com Clemente, e com os outros cooperadores, cujos nomes estão no livro da vida.

92

Completai o meu gozo, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa.

93

Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, mas outros de boamente;

94

Rogo a Evodia, e rogo a Sintique, que sintam o mesmo no Senhor.

95

E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.

96

E espero no Senhor Jesus que em breve vos mandarei Timóteo, para que também eu esteja de bom animo sabendo dos vossos negócios.

97

Como tenho por justo sentir isto de vós todos, porque vos retenho em meu coração, pois todos vós fôstes participantes da minha graça, tanto nas minhas prisões como na minha defesa e confirmação do evangelho.

98

Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai e da do Senhor Jesus Cristo.

99

Julguei, contudo, necessário mandar-vos Epafrodito, meu irmão, e cooperador, e companheiro nos combates e vosso enviado para prover às minhas necessidades.

100

O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso fazei; e o Deus de paz será convosco.

101

Cujo fim é a perdição; cujo Deus é o ventre; e cuja glória é para confusão deles, que só pensam nas coisas terrenas.

102

Retendo a palavra da vida, para que no dia de Cristo possa gloriar-me de não ter corrido nem trabalhado em vão.

103

Fazendo sempre com alegria oração por vós em todas as minhas súplicas,

104

Porque pela obra de Cristo chegou até bem próximo da morte, não fazendo caso da vida para suprir para comigo a falta do vosso serviço.