67 ocorrências nas traduções 3

'Bem' na Bíblia

E disse-me o SENHOR: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para cumpri-la.

“Vai e proclama aos ouvidos de todos em Jerusalém o seguinte: ‘Eu me recordo bem do teu profundo e leal amor como minha noiva nos tempos da tua juventude; como recém-casados, estavas apaixonada por mim e me seguias pelo deserto, por terras áridas e ainda não semeadas.

E eu vos introduzi numa terra fértil, para comerdes o seu fruto e o seu bem; mas quando nela entrastes contaminastes a minha terra, e da minha herança fizestes uma abominação.

Pois, passai às ilhas de Quitim, e vede; e enviai a Quedar, e atentai bem, e vede se jamais sucedeu coisa semelhante.

“Tende bem claro diante dos olhos que teu procedimento e tuas ações é que trouxeram esta punição sobre ti. Sim, este teu castigo é muito severo e amargo, atinge até o mais profundo do teu coração!”

Deveras o meu povo está louco, já não me conhece; são filhos néscios, e não entendidos; são sábios para fazer mal, mas não sabem fazer o bem.

Partirei em busca dos ilustres e dos mais cultos, falarei com eles, pois, com toda a certeza, eles devem conhecer bem o Caminho do SENHOR, as exigências do seu Deus. Entretanto, todos eles também rejeitaram o senhorio de Deus sobre eles e romperam os laços com o Eterno.

Como cavalos bem fartos, levantam-se pela manhã, rinchando cada um à mulher do seu próximo.

As vossas iniquidades desviam estas coisas, e os vossos pecados apartam de vós o bem.

Mas a ira do SENHOR dentro de mim ferve a ponto de transbordar, já não posso retê-la. “Derrama-a, pois, sobre as crianças na rua e sobre os jovens que se reúnem em grupos; porquanto eles também serão atingidos e capturados, assim como maridos, esposas, idosos e até aqueles de idade bem avançada.

Mas isto lhes ordenei, dizendo: Dai ouvidos à minha voz, e eu serei o vosso Deus, e vós sereis o meu povo; e andai em todo o caminho que eu vos mandar, para que vos vá bem.

Como podeis afirmar: ‘Nós somos sábios e conhecemos bem toda a Torá, Lei, de Yahweh!’, quando na realidade a pena fraudulenta dos escribas a transformou em mentira?1

Espera-se a paz, mas não há bem; o tempo da cura, e eis o terror.

Ah se existisse algum lugar de refúgio para mim no deserto, a fim de que eu pudesse deixar o meu povo e viver bem longe dele. Ora, são todos adúlteros, pessoas que não passam de um bando de traidores!

Agora, pois, escutai bem a Palavra que vos fala Yahweh, ó Casa de Israel!

São como a palmeira, obra torneada, porém não podem falar; certamente são levados, porquanto não podem andar. Não tenhais receio deles, pois não podem fazer mal, nem tampouco têm poder de fazer bem.

Escutai bem os termos desta Aliança e repeti-os a todo povo de Judá e aos habitantes de Jerusalém.

Tu, porém, me conheces bem, ó Yahweh, tu me observas e provas minha fidelidade para contigo. Arranca-os como ovelhas para o matadouro e separa-os para o Dia do Abate!

Portanto, dize-lhes esta palavra: Assim diz o SENHOR Deus de Israel: Todo o odre se encherá de vinho; e dir-te-ão: Porventura não sabemos nós muito bem que todo o odre se encherá de vinho?

Porventura pode o etíope mudar a sua pele, ou o leopardo as suas manchas? Então podereis vós fazer o bem, sendo ensinados a fazer o mal.

Disse-me mais o SENHOR: Não rogues por este povo para seu bem.

Porventura já de todo rejeitaste a Judá? Ou repugna a tua alma a Sião? Por que nos feriste de tal modo que já não há cura para nós? Aguardamos a paz, e não aparece o bem; e o tempo da cura, e eis aqui turbação.

Pois quem terá compaixão de ti, ó Jerusalém? Ou quem se entristecerá por ti? Quem se dará ao trabalho de cruzar o seu caminho para saber se está bem ou precisa de ajuda?

Disse o SENHOR: De certo que o teu remanescente será para o bem; de certo, no tempo da calamidade, e no tempo da angústia, farei que o inimigo te dirija súplicas.

Porque será como a tamargueira no deserto, e não verá quando vem o bem; antes morará nos lugares secos do deserto, na terra salgada e inabitável.

Um trono de glória, posto bem alto desde o princípio, é o lugar do nosso santuário.

Como o vaso, que ele fazia de barro, quebrou-se na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos olhos do oleiro fazer.

Se fizer o mal diante dos meus olhos, não dando ouvidos à minha voz, então me arrependerei do bem que tinha falado que lhe faria.

Porventura pagar-se-á mal por bem? Pois cavaram uma cova para a minha alma. Lembra-te de que eu compareci à tua presença, para falar a favor deles, e para desviar deles a tua indignação;

Mas tu, ó Yahweh, observas bem o procedimento deles, e conheces todas as suas conspirações para me exterminarem. Sendo assim, não os perdoes nem aos seus crimes, tampouco apagues de diante da tua vista os seus pecados; mas sejam todos atirados ao chão e derrotados diante da tua presença. Age, pois, contra essas pessoas más durante o tempo da tua ira!

Porque ouvi a murmuração de muitos, terror de todos os lados: Denunciai, e o denunciaremos; todos os que têm paz comigo aguardam o meu manquejar, dizendo: Bem pode ser que se deixe persuadir; então prevaleceremos contra ele e nos vingaremos dele.

Pergunta agora por nós ao SENHOR, por que Nabucodonosor, rei de Babilónia, guerreia contra nós; bem pode ser que o SENHOR trate conosco segundo todas as suas maravilhas, e o faça retirar-se de nós.

Porque pus o meu rosto contra esta cidade para mal, e não para bem, diz o SENHOR; na mão do rei de Babilónia se entregará, e ele queimá-la-á a fogo.

Porventura reinarás tu, porque te encerras em cedro? Acaso teu pai não comeu e bebeu, e não praticou o juízo e a justiça? Por isso lhe sucedeu bem.

Julgou a causa do aflito e necessitado; então lhe sucedeu bem; porventura não é isto conhecer-me? diz o SENHOR.

Em sepultura de jumento será sepultado, sendo arrastado e lançado para bem longe, fora das portas de Jerusalém.

Nos profetas de Samaria bem vi loucura; profetizavam da parte de Baal, e faziam errar o meu povo Israel.

Assim diz o SENHOR, o Deus de Israel: Como a estes bons figos, assim também conhecerei aos de Judá, levados em cativeiro; os quais enviei deste lugar para a terra dos caldeus, para o seu bem.

Porei os meus olhos sobre eles, para o seu bem, e os farei voltar a esta terra, e edificá-los-ei, e não os destruirei; e plantá-los-ei, e não os arrancarei.

Bem pode ser que ouçam, e se convertam cada um do seu mau caminho, e eu me arrependa do mal que intento fazer-lhes por causa da maldade das suas ações.

Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais.

Portanto assim diz o SENHOR: Eis que castigarei a Semaías, o neelamita, e a sua descendência; ele não terá ninguém que habite entre este povo, e não verá o bem que hei de fazer ao meu povo, diz o SENHOR, porque falou em rebeldia contra o SENHOR.

Sendo assim, virão e cantarão de júbilo nos lugares altos de Sião, ficarão radiantes de alegria por causa da bondade e com os muitos bens oferecidos pelo SENHOR: os cereais, o bom vinho, o azeite puro, as crias das ovelhas e das vacas. Serão como um jardim bem cuidado e não mais se entristecerão.

Bem ouvi eu que Efraim se queixava, dizendo: Castigaste-me e fui castigado, como novilho ainda não domado; converte-me, e converter-me-ei, porque tu és o SENHOR meu Deus.

Peguei a escritura, a cópia selada com os termos e condições da compra, bem como a cópia não selada,

E lhes darei um mesmo coração, e um só caminho, para que me temam todos os dias, para seu bem, e o bem de seus filhos, depois deles.

E farei com eles uma aliança eterna de não me desviar de fazer-lhes o bem; e porei o meu temor nos seus corações, para que nunca se apartem de mim.

E alegrar-me-ei deles, fazendo-lhes bem; e plantá-los-ei nesta terra firmemente, com todo o meu coração e com toda a minha alma.

Porque assim diz o SENHOR: Como eu trouxe sobre este povo todo este grande mal, assim eu trarei sobre ele todo o bem que lhes tenho declarado.

E este lugar me servirá de nome, de gozo, de louvor, e de glória, entre todas as nações da terra, que ouvirem todo o bem que eu lhe faço; e espantar-se-ão e perturbar-se-ão por causa de todo o bem, e por causa de toda a paz que eu lhe dou.

Então os líderes sugeriram imediatamente ao rei: “Eis que este homem deve ser condenado à morte! Deste modo ele está desencorajando todos os soldados que restaram na cidade, bem como todo o povo, com a mensagem que está pregando! Ora, este homem não está buscando o bem deste povo, mas a sua ruína!”

E disse Jeremias: Não te entregarão; ouve, peço-te, a voz do SENHOR, conforme a qual eu te falo; e bem te irá, e viverá a tua alma.

Toma-o, e trata-o bem, e não lhe faças mal algum; mas como ele te disser, assim procederás para com ele.

Vai, e fala a Ebede-Meleque, o etíope, dizendo: Assim diz o SENHOR dos Exércitos, Deus de Israel: Eis que eu trarei as minhas palavras sobre esta cidade para mal e não para bem; e cumprir-se-ão diante de ti naquele dia.

Agora pois, eis que te solto hoje das cadeias que estão sobre as tuas mãos. Se te apraz vir comigo para Babilônia, vem, e eu velarei por ti; mas, se não te apraz vir comigo para Babilônia, deixa de vir. Olha, toda a terra está diante de ti; para onde te parecer bem e conveniente ir, para ali vai.

E jurou Gedalias, filho de Aicão, filho de Safã, a eles e aos seus homens, dizendo: Não temais servir aos caldeus; ficai na terra, e servi o rei de Babilónia, e bem vos irá.

Eu, porém, continuarei vivendo em Mispá, para vos representar perante os babilônios que vierem a nós. Vós, contudo, colhei boas uvas para fazer vinho e as frutas de verão, bem como as olivas para o azeite puro. Armazenai tudo isso nos vossos jarros e estabelecei-vos em paz nas cidades que ocupastes!”

E disseram-lhe: Bem sabes que Baalis, rei dos filhos de Amom, enviou a Ismael, filho de Netanias, para tirar-te a vida. Mas, Gedalias, filho de Aicão, não lhes deu crédito.

Seja ela boa, ou seja má, à voz do SENHOR nosso Deus, a quem te enviamos, obedeceremos, para que nos suceda bem, obedecendo à voz do SENHOR nosso Deus.

Eis que velarei sobre eles para mal, e não para bem; e serão consumidos todos os homens de Judá, que estão na terra do Egito, pela espada e pela fome, até que de todo se acabem.

Atacai, ó cavalos; avançai, ó carruagens de guerra; e saí, valentes que manejam bem o escudo. Homens valorosos de Cuxe, Etiópia e Fute, Líbia, e os guerreiros de Lídia, que empunham o arco!

Mas tu, não temas, ó meu servo Jacó! Tampouco te apavores, ó Israel; pois Eu mesmo salvarei e livrarei a ti, ainda que de um lugar muito distante, bem como a tua descendência, da terra do cativeiro; então Jacó retornará e viverá em paz e segurança, e ninguém o perturbará.

A calvicie é vinda sobre Gaza; foi desarraigada Asquelom, bem como o resto do seu vale; até quando te sarjarás?

Eu conheço bem o teu descaramento”, afirma Yahweh. “A tua tagarelice sem fundamento e as suas atitudes sem valor, e que não chegam a parte alguma!

Pois das terras do Norte, Eu mesmo haverei de organizar e mobilizar uma poderosa coalizão de fortes nações. Eis que elas tomarão posição de combate contra ela e a tomarão completamente. Suas flechas serão como valentes bem treinados que sempre cumprem cabalmente suas missões.

Cortai da Babilônia o que semeia, e o que trabalha bem com a foice na época da colheita; por causa da espada do opressor, cada um retornará para o seu povo e fugirá para a sua própria terra.

Afiai bem vossas flechas! Preparai os escudos! Eis que Yahweh despertou o espírito dos reis medos; porque o seu intento contra a Babilônia é destruí-la totalmente; afinal, esta é a Vingança do SENHOR, a vingança do seu templo.

Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a