Salmos 104



1 Bendize, ó minha alma, ao SENHOR! SENHOR, Deus meu, tu és magnificentíssimo; estás vestido de glória e de majestade.

1 Bendize, ó minha alma, ao Senhor! Senhor, Deus meu, tu és magnificentíssimo! Estás vestido de honra e de majestade,

1 Bendize, ó minha alma, o Eterno: “SENHOR, meu Deus, Tu és deveras grandioso! Estás vestido de majestade e magnificência!”

1 Bless the LORD, O my soul! O LORD my God, You are very great; You are clothed with splendor and majesty,

2 Ele cobre-se de luz como de uma veste, estende os céus como uma cortina.

2 tu que te cobres de luz como de um manto, que estendes os céus como uma cortina.

2 Vestido de esplendorosa luz, como num manto, Ele estende os céus como uma tenda,

2 Covering Yourself with light as with a cloak, Stretching out heaven like a tent curtain.

3 Põe nas águas os vigamentos das suas câmaras, faz das nuvens o seu carro e anda sobre as asas do vento.

3 És tu que pões nas águas os vigamentos da tua morada, que fazes das nuvens o teu carro, que andas sobre as asas do vento;

3 e deposita sobre as águas dos céus as vigas dos seus aposentos. Faz das nuvens a sua carruagem, e cavalga nas asas do vento.

3 He lays the beams of His upper chambers in the waters; He makes the clouds His chariot; He walks upon the wings of the wind;

4 Faz dos ventos seus mensageiros, dos seus ministros, um fogo abrasador.

4 que fazes dos ventos teus mensageiros, dum fogo abrasador os teus ministros.

4 Dos ventos faz seus mensageiros, e de seus ministros, labaredas de fogo.

4 He makes the winds His messengers, Flaming fire His ministers.

5 Lançou os fundamentos da terra, para que não vacile em tempo algum.

5 Lançaste os fundamentos da terra, para que ela não fosse abalada em tempo algum.

5 Criaste a terra, assentando-a sobre base firme, para que seja para sempre indestrutível!

5 He established the earth upon its foundations, So that it will not totter forever and ever.

6 Tu a cobriste com o abismo, como com uma veste; as águas estavam sobre os montes;

6 Tu a cobriste do abismo, como dum vestido; as águas estavam sobre as montanhas.

6 Como se estendesses sobre ela um manto, assim a cobriste com os oceanos; as águas cobriam as montanhas.

6 You covered it with the deep as with a garment; The waters were standing above the mountains.

7 à tua repreensão, fugiram; à voz do teu trovão, se apressaram.

7 Â tua repreensão fugiram; à voz do teu trovão puseram-se em fuga.

7 Diante da tua repreensão, as muitas águas começaram a refluir, puseram-se em fuga ao ribombar dos teus trovões;

7 At Your rebuke they fled, At the sound of Your thunder they hurried away.

8 Subiram aos montes, desceram aos vales, até ao lugar que para elas fundaste.

8 Elevaram-se as montanhas, desceram os vales, até o lugar que lhes determinaste.

8 subiram pelos montes e escorreram pelos vales, para os lugares que tu mesmo lhes designaste.

8 The mountains rose; the valleys sank down To the place which You established for them.

9 Limite lhes traçaste, que não ultrapassarão, para que não tornem mais a cobrir a terra

9 Limite lhes traçaste, que não haviam de ultrapassar, para que não tornassem a cobrir a terra.

9 Estabeleceste um limite que não podem ultrapassar; nunca mais voltarão a cobrir a terra.

9 You set a boundary that they may not pass over, So that they will not return to cover the earth.

10 Tu, que nos vales fazes rebentar nascentes que correm entre os montes.

10 És tu que nos vales fazes rebentar nascentes, que correm entre as colinas.

10 É Ele quem faz jorrar as fontes nos vales; elas correm por entre os montes;

10 He sends forth springs in the valleys; They flow between the mountains;

11 Dão de beber a todos os animais do campo; os jumentos monteses matam com elas a sua sede.

11 Dão de beber a todos os animais do campo; ali os asnos monteses matam a sua sede.

11 delas bebem todos os animais selvagens, e os jumentos selvagens saciam sua sede.

11 They give drink to every beast of the field; The wild donkeys quench their thirst.

12 Junto delas habitam as aves do céu, cantando entre os ramos.

12 Junto delas habitam as aves dos céus; dentre a ramagem fazem ouvir o seu canto.

12 As aves do céu fazem ninho junto às águas e, entre os galhos, põem-se a cantar.

12 Beside them the birds of the heavens dwell; They lift up their voices among the branches.

13 Ele rega os montes desde as suas câmaras; a terra farta-se do fruto das suas obras.

13 Da tua alta morada regas os montes; a terra se farta do fruto das tuas obras.

13 É Ele quem, dos seus altos patamares, rega as montanhas, e a terra se sacia do fruto de suas obras;

13 He waters the mountains from His upper chambers; The earth is satisfied with the fruit of His works.

14 Ele faz crescer a erva para os animais e a verdura, para o serviço do homem, para que tire da terra o alimento

14 Fazes crescer erva para os animais, e a verdura para uso do homem, de sorte que da terra tire o alimento,

14 faz brotar a erva para o gado, as plantas que o homem cultiva, tirando da terra o alimento,

14 He causes the grass to grow for the cattle, And vegetation for the labor of man, So that he may bring forth food from the earth,

15 e o vinho que alegra o seu coração; ele faz reluzir o seu rosto com o azeite e o pão, que fortalece o seu coração.

15 o vinho que alegra o seu coração, o azeite que faz reluzir o seu rosto, e o pão que lhe fortalece o coração.

15 o vinho que alegra o coração, o óleo que dá brilho às faces e o pão que sustenta o vigor dos seres humanos.

15 And wine which makes man's heart glad, So that he may make his face glisten with oil, And food which sustains man's heart.

16 Satisfazem-se as árvores do SENHOR, os cedros do Líbano que ele plantou,

16 Saciam-se as árvores do Senhor, os cedros do Líbano que ele plantou,

16 As árvores do SENHOR saciam-se e os cedros do Líbano que Ele plantou,

16 The trees of the LORD drink their fill, The cedars of Lebanon which He planted,

17 onde as aves se aninham; quanto à cegonha, a sua casa é nas faias.

17 nos quais as aves se aninham, e a cegonha, cuja casa está nos ciprestes.

17 nos quais os pássaros fazem seu ninho, em cujos cimos a cegonha tem pousada.

17 Where the birds build their nests, And the stork, whose home is the fir trees.

18 Os altos montes são um refúgio para as cabras monteses, e as rochas, para os coelhos.

18 Os altos montes são um refúgio para as cabras montesas, e as rochas para os querogrilos.

18 As altas montanhas pertencem às cabras montesas, os penhascos dão abrigo aos roedores de várias espécies.

18 The high mountains are for the wild goats; The cliffs are a refuge for the shephanim.

19 Designou a lua para as estações; o sol conhece o seu ocaso.

19 Designou a lua para marcar as estações; o sol sabe a hora do seu ocaso.

19 Foi Ele quem fez a lua para marcar as estações, e o sol conhece seu ocaso.

19 He made the moon for the seasons; The sun knows the place of its setting.

20 Ordenas a escuridão, e faz-se noite, na qual saem todos os animais da selva.

20 Fazes as trevas, e vem a noite, na qual saem todos os animais da selva.

20 Quando desdobras as trevas, faz-se noite, na qual rondam as feras da selva.

20 You appoint darkness and it becomes night, In which all the beasts of the forest prowl about.

21 Os leõezinhos bramam pela presa e de Deus buscam o seu sustento.

21 Os leões novos os animais bramam pela presa, e de Deus buscam o seu sustento.

21 Os leões rugem por alguma presa, buscando de Deus seu alimento;

21 The young lions roar after their prey And seek their food from God.

22 Nasce o sol e logo se recolhem e se deitam nos seus covis.

22 Quando nasce o sol, logo se recolhem e se deitam nos seus covis.

22 mas ao nascer do sol recolhem-se e vão se deitar nos covis.

22 When the sun rises they withdraw And lie down in their dens.

23 Então, sai o homem para a sua lida e para o seu trabalho, até à tarde.

23 Então sai o homem para a sua lida e para o seu trabalho, até a tarde.

23 O homem sai para seu trabalho, para o seu labor até o pôr-do-sol.

23 Man goes forth to his work And to his labor until evening.

24 Ó SENHOR, quão variadas são as tuas obras! Todas as coisas fizeste com sabedoria; cheia está a terra das tuas riquezas.

24 Ó Senhor, quão multiformes são as tuas obras! Todas elas as fizeste com sabedoria; a terra está cheia das tuas riquezas.

24 Quão numerosas são as tuas obras, ó SENHOR! Fizeste-as todas com perfeita sabedoria. A terra está repleta de tuas criaturas.

24 O LORD, how many are Your works! In wisdom You have made them all; The earth is full of Your possessions.

25 Tal é este vasto e espaçoso mar, onde se movem seres inumeráveis, animais pequenos e grandes.

25 Eis também o vasto e espaçoso mar, no qual se movem seres inumeráveis, animais pequenos e grandes.

25 Eis o mar, vasto e profundo. Nele vivem inúmeras criaturas, seres vivos, minúsculos e enormes!

25 There is the sea, great and broad, In which are swarms without number, Animals both small and great.

26 Ali passam os navios; e o leviatã que formaste para nele folgar.

26 Ali andam os navios, e o leviatã que formaste para nele folgar.

26 Por ele singram os navios e também o Leviatã que criaste, para com ele se divertir.

26 There the ships move along, And Leviathan, which You have formed to sport in it.

27 Todos esperam de ti que lhes dês o seu sustento em tempo oportuno.

27 Todos esperam de ti que lhes dês o sustento a seu tempo.

27 Todos esperam em ti que lhes dês alimento no devido tempo.

27 They all wait for You To give them their food in due season.

28 Dando-lho tu, eles o recolhem; abres a tua mão, e enchem-se de bens.

28 Tu lho dás, e eles o recolhem; abres a tua mão, e eles se fartam de bens.

28 Tu lhes dás, e eles o recolhem; abres a mão, e eles se fartam de bens.

28 You give to them, they gather it up; You open Your hand, they are satisfied with good.

29 Escondes o teu rosto, e ficam perturbados; se lhes tiras a respiração, morrem e voltam ao próprio pó.

29 Escondes o teu rosto, e ficam perturbados; se lhes tiras a respiração, morrem, e voltam para o seu pó.

29 Escondes a tua face, e eles se perturbam; se retiras o seu alento, perecem e voltam a seu pó.

29 You hide Your face, they are dismayed; You take away their spirit, they expire And return to their dust.

30 Envias o teu Espírito, e são criados, e assim renovas a face da terra.

30 Envias o teu fôlego, e são criados; e assim renovas a face da terra.

30 Quando envias o teu fôlego, eles são criados, e renovas a face da terra.

30 You send forth Your Spirit, they are created; And You renew the face of the ground.

31 A glória do SENHOR seja para sempre! Alegre-se o Senhor em suas obras!

31 Permaneça para sempre a glória do Senhor; regozije-se o Senhor nas suas obras;

31 Perdure para sempre a glória do SENHOR! Alegre-se o SENHOR em suas realizações maravilhosas!

31 Let the glory of the LORD endure forever; Let the LORD be glad in His works;

32 Olhando ele para a terra, ela treme; tocando nos montes, logo fumegam.

32 ele olha para a terra, e ela treme; ele toca nas montanhas, e elas fumegam.

32 Ele olha para a terra, e ela treme; Ele toca as montanhas, e elas fumegam.

32 He looks at the earth, and it trembles; He touches the mountains, and they smoke.

33 Cantarei ao SENHOR enquanto eu viver; cantarei louvores ao meu Deus, enquanto existir.

33 Cantarei ao Senhor enquanto eu viver; cantarei louvores ao meu Deus enquanto eu existir.

33 Enquanto eu viver, cantarei ao SENHOR; entoarei louvores ao meu Deus, enquanto eu existir.

33 I will sing to the LORD as long as I live; I will sing praise to my God while I have my being.

34 A minha meditação a seu respeito será suave; eu me alegrarei no SENHOR.

34 Seja-lhe agradável a minha meditação; eu me regozijarei no Senhor.

34 Que as minhas meditações lhes sejam agradáveis, pois no SENHOR depositarei toda a minha satisfação!

34 Let my meditation be pleasing to Him; As for me, I shall be glad in the LORD.

35 Desapareçam da terra os pecadores, e os ímpios não sejam mais. Bendize, ó minha alma, ao SENHOR. Louvai ao SENHOR. 

35 Sejam extirpados da terra os pecadores, e não subsistam mais os ímpios. Bendize, ó minha alma, ao Senhor. Louvai ao Senhor.

35 Que os pecadores desapareçam da terra, e os ímpios sejam extinguidos! Bendize, ó minha alma, ao SENHOR. Louvado seja o Eterno! Aleluia!

35 Let sinners be consumed from the earth And let the wicked be no more Bless the LORD, O my soul Praise the LORD!



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a

New American Standard Bible Copyright ©1960, 1962, 1963, 1968, 1971, 1972, 1973, 1975, 1977, 1995 by The Lockman Foundation, La Habra, Calif. All rights reserved. For Permission to Quote Information visit http://www.lockman.org