Colocou na Bíblia (exemplos 165)

165 ocorrências nas traduções 3

'Colocou' na Bíblia

Deus colocou todas essas luzes nos céus a fim de iluminarem toda a terra,

Ora, Yahweh, Deus, havia plantado um jardim na região do Éden, no Oriente, para os lados do leste, e ali colocou o ser humano que formara.

Assim, Yahweh Deus, o SENHOR, tomou o homem e o colocou no jardim do Éden para zelar por ele e nele fazer suas plantações.

a Caim, sofrerá sete vezes a vingança.” E o SENHOR colocou em Caim um sinal, para que ninguém que viesse a encontrá-lo o matasse.

Abrão trouxe todos esses animais, cortou-os ao meio e colocou cada metade em frente à outra parte; as aves, no entanto, ele não cortou.

Tomou igualmente coalhada, leite, e o vitelo que preparara, e colocou tudo diante dos visitantes; entretanto, permaneceu de pé junto deles, sob a árvore, observando-os enquanto comiam.

Quando acabou a água do odre que carregava, ela colocou a criança debaixo de um arbusto

Então Abraão tomou a lenha do holocausto e a colocou sobre os ombros de seu filho Isaque, e ele mesmo levou as brasas para preparar o fogo, e o cutelo. E, enquanto caminhavam os dois juntos,

Finalmente, quando chegaram ao lugar que Deus lhe apontara, Abraão construiu o altar, dispôs a lenha, depois amarrou o filho e o colocou sobre o altar, em cima da lenha.

O servo, então, colocou a mão por baixo da coxa de Abraão, seu senhor, e, seguindo a tradição, jurou cumprir aquela palavra empenhada.

Quando os camelos acabaram de satisfazer a sede, o homem tomou um pingente de ouro, com seis gramas, em forma de aliança, e o colocou no nariz da moça. E também lhe deu duas pulseiras de ouro, que pesavam cerca de cento e vinte gramas.

Isaque questionou Jacó: “Como conseguiste encontrar a caça tão depressa, meu filho?” E ele replicou: “É que Yahweh, o teu Deus, a colocou no meu caminho!”

Levantando-se antes do raiar do sol, tomou a pedra que lhe servira de travesseiro, colocou-a em pé como um pilar e derramou óleo puro sobre seu topo.

Então, Jacó tomou uma pedra e a colocou em pé como se fosse um pilar.

colocou à frente as servas com seus filhos, mais atrás, Lia e seus filhos e por último, Raquel e José.

Lá Jacó construiu um altar e colocou o nome no lugar de El bêt El, O Deus de Betel, porque ali Deus havia se revelado a ele, quando estava fugindo com medo de seu irmão.

Então, Jacó escolheu uma pedra e a colocou como coluna no lugar em que Deus lhe falara, e derramou vinho e azeite sobre ela como uma oferta de libação.

Durante os trabalhos de parto, um dos gêmeos colocou uma das mãos para fora. A parteira pegou um fio vermelho e amarrou-o no pulso dele e afirmou: “Foi este quem saiu primeiro!”

E o Faraó tirou do dedo seu anel-selo e o colocou no dedo de José. Mandou que o vestissem com linho fino e colocou uma corrente de ouro fino em volta de seu pescoço.

Entretanto, nós o trouxemos de volta e mais outra quantia para comprar mantimentos. Nós realmente não sabemos quem colocou nosso dinheiro nas sacas de trigo!”

Contudo, o servo administrador simplesmente lhes assegurou: “Ficai em paz, e não tenhais medo! Foi o vosso Deus e o Deus de vosso pai quem vos colocou um tesouro nas sacas de cereal, pois recebi em minhas mãos toda a prata que pagastes”. Em seguida, mandou soltar Simeão e o conduziu à presença deles.

Contudo, Israel estendeu a mão direita e a colocou sobre a cabeça de Efraim, que era o filho caçula, e a mão esquerda sobre a cabeça de Manassés, tendo de cruzar as mãos, mesmo considerando que o primogênito fosse Manassés.

E, assim, naquele dia, Israel os abençoou proferindo estas palavras: “O povo de Israel usará vossos nomes para abençoar uns aos outros com esta expressão: ‘Que Deus faça a ti como fez a Efraim e a Manassés!” E colocou Efraim à frente de Manassés.

E como não pudesse mais ocultá-lo, tomou um cesto de papiro, calafetou-o com betume e piche, colocou dentro seu filho e soltou o cesto entre os juncos, à beira do Rio.

E disse mais o SENHOR: “Põe a mão no peito”. E ele colocou a mão sobre o peito e, assim que a tirou, eis que a mão estava coberta com uma doença semelhante à lepra, esbranquiçada como a neve.

Moisés colocou metade do sangue recolhido em tigelas e outra metade derramou sobre o altar.

e colocou-as nas argolas laterais da Arca, para que pudesse ser transportada.

Fundiu para a mesa quatro argolas de ouro, e colocou-as nos quatro cantos formados pelos quatro pés.

colocou-as na argolas de bronze, fixadas nos dois lados do altar, a fim de que o pudessem locomover. O altar era, portanto, oco e feito de tábuas.

Moisés armou o Tabernáculo, colocou as bases em seus lugares, armou as molduras, colocou as vigas e levantou as colunas.

Em seguida, estendeu a tenda sobre o Tabernáculo e colocou a cobertura especial sobre ela, exatamente como o SENHOR havia orientado.

Tomou as Tábuas de pedra com os Mandamentos gravados e depositou-as na Arca da Aliança, instalou nela os varais para transporte, e colocou sobre ela a tampa, o propiciatório.

Moisés colocou a mesa na Tenda do Encontro, no lado norte do Tabernáculo, do lado de fora da cortina do véu,

Colocou o candelabro na Tenda do Encontro, em frente da mesa, no lado sul do Tabernáculo,

Moisés também colocou o altar de ouro na Tenda do Encontro, diante da cortina do véu,

Colocou a bacia entre a Tenda do Encontro e o altar, e encheu-a de água;

Finalmente, Moisés construiu o átrio, o grande pátio, ao redor do Tabernáculo, e colocou a cortina do véu à entrada desse átrio. E, assim, Moisés concluiu toda a obra.

pôs a túnica em Arão, colocou-lhe o cinto e o manto, e pôs sobre ele o colete sacerdotal; depois a ele prendeu o manto sacerdotal em volta da cintura com a faixa de obra esmerada.

Depois colocou-lhe o peitoral, no qual pôs também o Urim e o Tumim,

e lhe pôs a mitra, o turbante na cabeça, e na parte da frente da mitra colocou a placa de ouro, como coroa sagrada em sinal da ordenação de Arão como sacerdote. Tudo isso Moisés fez de acordo com a vontade expressa do SENHOR.

Em seguida mandou os filhos de Arão aproximarem-se, revestiu-os com túnicas, cingiu-os com os cinturões, e colocou-lhes as mitras sobre a cabeça, tudo conforme o SENHOR havia orientado.

Colocou tudo nas mãos de Arão e de seus filhos e fez o gesto de apresentação diante do SENHOR.

e Arão colocou tudo isso em cima do peito dos animais e levou ao altar. Queimou a gordura no altar.

E Arão procedeu deste modo: colocou as lamparinas de forma que iluminassem o espaço em frente do candelabro, conforme Yahweh havia ordenado a Moisés.

Saiu, pois, Moisés, e relatou ao povo as palavras do Senhor; e ajuntou setenta homens dentre os anciãos do povo e os colocou ao redor da tenda.

O SENHOR desceu na nuvem. Falou a Moisés e tomou do Espírito que pairava sobre Moisés e o colocou sobre as setenta autoridades. Assim que o Espírito veio sobre essas pessoas, profetizaram; porém nunca mais tornaram a fazê-lo.

Arão colocou-se entre os mortos e os vivos, e a praga cessou!

Moisés tirou as roupas sacerdotais que Arão vestia e as colocou em seu filho Eleazar. E Arão morreu no alto da montanha. Depois disso, Moisés e Eleazar desceram do monte.

Moisés modelou a figura de uma serpente em bronze e a colocou no alto de um poste. Sempre que alguém era mordido por uma daquelas cobras venenosas e olhava para a figura da serpente de bronze, ficava curado e permanecia vivo.

Sua partida provocou a ira de Yahweh e o Anjo do SENHOR colocou-se na estrada, para barrar-lhe a passagem. Ele montava sua jumenta, e seus dois servos o acompanhavam.

O Anjo do SENHOR mudou de lugar e indo adiante, colocou-se em uma passagem ainda mais estreita, onde não havia espaço para desviar-se, nem para a direita nem para a esquerda.

Yahweh então colocou em sua boca uma palavra e ordenou: “Volta para junto de Balaque e assim lhe transmitirás”.

Josué tomou cerca de cinco mil homens e os colocou de emboscada entre Betel e Ai, a oeste da cidade.

Gideão usou o ouro para confeccionar um efod, manto sacerdotal, que colocou em sua cidade, Ofra. Entretanto, todo o povo de Israel passou a idolatrar este objeto, vindo a se prostituir em relação a Deus; o que se transformou numa armadilha para Gideão e toda a sua família.

ele e todos os seus homens subiram ao monte Zalmom. Ele apanhou um machado, cortou um galho de árvore e o colocou sobre os ombros. Em seguida ordenou aos seus comandados: “Depressa! Como me vistes fazer, fazei-o agora mesmo vós também!”

Ele lhe disse: “Levanta-te! Vamos embora daqui!” Mas não houve resposta. Então o homem a colocou sobre o seu jumento e partiram para casa.

Enquanto Samuel estava queimando completamente o sacrifício que oferecia a Deus, os filisteus atacaram Israel, mas, naquele dia, porém, o SENHOR trovejou com fortíssimo estrondo contra o exército filisteu, colocou todos os soldados em pânico e foram derrotados por Israel.

Logo que chegaram, assim que Samuel colocou os olhos sobre Eliav, Eliabe, disse consigo: “Deve ser este o homem que o SENHOR quer ungir.”

Saul vestiu Davi com sua própria túnica de combate, colocou-lhe uma armadura e lhe pôs um capacete de bronze na cabeça.

Em seguida, Davi tomou na mão o seu cajado, escolheu no riacho cinco pedras bem lisas e as colocou no seu bornal de pastor, isto é, numa espécie de sacola. Pegou sua atiradeira e partiu ao encontro do filisteu.

e a dona da casa colocou a tampa sobre a boca do poço. Para disfarçar, espalhou grãos de cereal por cima.

E Absalão colocou Amasa em lugar de Joabe sobre o exército. Ora, Amasa era filho de um homem que se chamava Itra, o jizreelita, o qual entrara a Abigail, filha de Naás e irmã de Zeruia, mãe de Joabe.

Respondeu-lhes Davi: “Farei o que vos parecer bem!” O rei se colocou ao lado da porta da cidade enquanto o exército saía em unidades de cem e de mil.

Quando Davi chegou ao seu palácio em Jerusalém, tomou as dez concubinas que deixara zelando do palácio e as colocou numa casa, sob guarda, e passou a sustentá-las, mas não coabitou com elas. Sendo assim, elas ficaram enclausuradas até o final de seus dias, vivendo como viúvas.

Ela então se levantou durante a noite, retirou meu filho do meu lado, enquanto tua serva dormia; colocou-o ao seu lado. E pôs o filho dela, morto, ao meu lado.

Ele colocou três mil e trezentos capatazes que tinham a responsabilidade de supervisionar a obra e comandar os trabalhadores.

E Salomão colocou os querubins, com as asas abertas, no santuário interno do Templo. A asa de um querubim tocava levemente uma parede e a asa do outro encostava na outra. As demais asas encostavam uma na outra no meio do santuário.

Hurão colocou essas duas grandes colunas de bronze na frente da entrada do Templo. A que ficava no lado sul se chamava Iahim, Jaquim, Ele estabelece. A que ficava no lado norte se chamava Bôaz, Ele é poderoso.

Hurão colocou cinco carretas no lado sul, à direita do Templo e as outras cinco no lado norte, à esquerda. Quanto ao Mar, o tanque, ele o firmou no lado sul, no canto sudeste do Templo.

Quando chegou, acompanhada de uma enorme caravana, com camelos carregados de especiarias, grande quantidade de ouro e pedras preciosas, colocou diante de Salomão todas as indagações que havia preparado.

Bendito seja o SENHOR, o teu Deus, que se agradou de ti e te colocou no trono de Israel. Por causa do amor leal e eterno do SENHOR para com Israel, Ele te elevou à majestade e te fez rei, para estabelecer a justiça e tudo o que é verdadeiro!”

Ora, Jeroboão era homem forte e valente; e vendo Salomão que este mancebo era laborioso, colocou-o sobre toda a carga imposta à casa de José.

Indagou-lhes: “Que aconselhais que se responda a este povo que me trouxe esta solicitação: ‘Alivia o jugo que teu pai colocou sobre nossas costas’?”

E pôs um em Betel e colocou o outro em Dã.

Ergueu o cadáver do homem de Deus, colocou-o sobre o jumento e conduziu-o para a cidade onde morava, para as lamentações fúnebres e sepultamento.

E colocou o seu cadáver no seu próprio sepulcro; e prantearam-no, dizendo: Ah! Irmão meu!

Em seus dias Hiel, o betelita, edificou Jericó. Quando lançou os seus alicerces, morreu-lhe Abirão, seu primogênito; e quando colocou as suas portas, morreu-lhe Segube, seu filho mais moço; conforme a palavra do Senhor, que ele falara por intermédio de Josué, filho de Num.

Ao que Elias lhe rogou: “Dá-me teu filho!” Tomando-o gentilmente dos braços dela, levou-o ao quarto de cima onde estava hospedado e colocou-o sobre seu leito.

Então, arrumou toda a lenha, cortou o novilho em pedaços, colocou-o sobre a lenha e ordenou: “Enchei de água quatro grandes cântaros e derramai-a sobre todo o holocausto e a lenha armada!”

Enquanto Acabe caminhava para seu desjejum, Elias subiu ao cume do monte Carmelo, prostrou-se, inclinou-se até o chão e colocou o rosto entre os joelhos.

O profeta partiu e ficou aguardando o rei na entrada; tinha ficado irreconhecível com a atadura que colocou sobre os olhos.

até que, finalmente, um espírito colocou-se diante de Yahweh e declarou: “Sou eu que haverei de enganá-lo!” E Yahweh, o SENHOR, lhe questionou: “De que modo pretendes realizar isso?”

Agora, portanto, Yahweh colocou um espírito mentiroso na boca de todos estes teus profetas; mas Yahweh é quem pronunciou contra ti a desgraça!”

Diante disso, enviou o rei, pela terceira vez, um outro capitão com sua tropa de cinquenta guerreiros. E o terceiro oficial, subindo até o profeta, colocou-se de joelhos diante de Elias e rogou-lhe: “Ó homem de Deus, suplico-te que considere por preciosa a minha vida e a vida destes cinquenta homens que me acompanham, pois somos teus servos.

Contudo, Geazi chegou primeiro e colocou o cajado sobre o rosto do menino sem vida, mas ele não disse uma palavra, nem reagiu de forma alguma. Então Geazi saiu correndo de volta e encontrou-se com Eliseu no caminho e exclamou: “Mestre, o menino não volta a si!”

Um deles saiu ao campo para apanhar verdura e encontrou uma espécie de trepadeira silvestre. Apanhou alguns de seus frutos e encheu deles seu manto. Assim que retornou, cortou-os em pedaços e colocou-os no caldeirão do ensopado, embora ninguém soubesse o que era.

Diante do que Naamã respondeu generosamente: “Aceita, pois, dois talentos!” Ele insistiu com Geazi para que aceitasse aquela oferta e colocou os setenta quilos de prata em duas sacolas, com as duas mudas de roupas finas, e entregou tudo a dois de seus servos, os quais foram à frente de Geazi, transportando as sacolas.

Mas o sacerdote Joiada tomou uma caixa, fez um buraco na tampa e a colocou ao lado do altar, do lado direito de quem entrava no templo do SENHOR. Os sacerdotes que guardavam a entrada depositavam ali todo dinheiro que se trazia ao templo do SENHOR.

E o altar de bronze, que estava perante o Senhor, ele o tirou da parte fronteira da casa, de entre o seu altar e a casa do Senhor, e o colocou ao lado setentrional do seu altar.

Também o rei Acaz cortou as almofadas das bases, e de cima delas removeu a pia; tirou o mar de sobre os bois de bronze, que estavam debaixo dele, e o colocou sobre um pavimento de pedra.

Entretanto, o rei da Assíria descobriu que Oseias o traía: é que este havia mandado mensageiros a Sô, rei do Egito, e não pagava mais os tributos anualmente ao rei da Assíria, como fazia antes; então este o deteve e o colocou em correntes em uma prisão.

Contudo, cada nação edificou para si seus próprios deuses e os colocou nos templos dos montes que os samaritanos haviam construído, e assim procedeu cada povo, segundo sua cultura, nas cidades em que habitou.

Depois o rei da Assíria levou Israel cativo para a Assíria, e os colocou em Hala, e junto ao Habor, rio de Gozã, e nas cidades dos medos;

Manassés ainda tomou o poste sagrado que havia feito e o colocou na Casa de Yahweh, sobre o qual o SENHOR havia dito expressamente a Davi e a seu filho Salomão: “Neste templo e em Jerusalém, que escolhi dentre todas as tribos de Israel, estabelecerei o meu Nome para sempre!

Então, o rei colocou-se em pé junto à coluna e celebrou uma nova aliança com o SENHOR, comprometendo-se a seguir Yahweh e a obedecer de todo o coração e de todo o entendimento aos seus mandamentos, aos seus preceitos e aos seus decretos, confirmando assim as Palavras da Aliança escritas naquele Livro. E, da mesma forma, todo o povo firmou compromisso com essa Aliança.

E todo o exército dos babilônios, que acompanhava o comandante Nebuzaradão, colocou abaixo os muros ao redor de Jerusalém.

Então o rei Davi se colocou em pé diante de todos e proclamou em alta voz: “Ouvi-me, irmãos meus e povo meu! Eu tinha o propósito de construir um templo de repouso para a Arca da Aliança de Yahweh, nosso SENHOR, e para o estrado dos pés do nosso Deus, e fiz os preparativos para edificá-lo.

Salomão ajuntou carros e cavaleiros; teve mil e quatrocentos carros e doze mil cavaleiros, que colocou nas cidades dos carros e junto de si em Jerusalém.

Fez também dez pias e colocou cinco à direita e cinco à esquerda, para lavar tudo o que pertencia ao sacrifício. Porém o tanque era usado para os sacerdotes se banharem.

Também construiu dez mesas e as colocou no templo, cinco à direita, no lado Sul e cinco à esquerda, no lado Norte; e fez ainda cem bacias de ouro para aspersão.



Public Domain - Portuguese Bible [Almeida:1628-1691]

Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

n/a